11.25.2008

eu não sou cúmplice

A UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta está, através deste blogue, a fazer um abaixo-assinado para homens que não sejam cúmplices da violência doméstica contra as mulheres. O objectivo é mobilizar as energias masculinas para esta batalha dos direitos humanos que está longe de estar ganha. A violência doméstica é uma forma de terror que não tem desculpa, e quem não é cúmplice não deve contornar a questão.
Eu podia pôr aqui o número crescente de vítimas desta forma cobarde de violência mas como havendo uma já é demais, não ponho. Eu não sou cúmplice e já assinei...

16 comentários:

miss_j0 disse...

é um madrugador? ;) se assim for cá nos encontraremos muitas vezes..
descobri o blog ontem e amei! :)

Cesar disse...

Já vão em 352 assinaturas, incluindo a minha. :)

I.D.Pena disse...

Já assinei.

Quanto ao post tens razão, às vezes quase que apetece haja uma justiça popular, mas não é preciso ;) Acho.

bia disse...

sem dúvida Bagaço que estas iniciativas são fundamentais para que todos conheçamos este tipo de Organizações... A UMAR já existe há mais de 30 anos e muitas mulheres nunca sequer ouviram falar...

bia disse...

Ivar, já depois de ter deixado o comentário anterior, fui à minha faculdade e cruzei-me com a professora Maria José Magalhães (que faz parte da direcção da UMAR) e com quem estive a falar algum tempo sobre estas questões.
Vou deixar-te alguns números que ela me passou (dados do Observatório de Mulheres Assassinadas da UMAR) que penso serem assustadores:

Em 2008:
43 mulheres foram assassinadas;
5 vítimas associadas (filho, irmão, clientes);
64 sofreram tentativas de homicídio.

Ana Camarra disse...

Eu não sou homem mas já há muito tempo que luto contra a violência doméstica.
Subiste uns pontos na minha consideração.

beijos

Sobrevivente disse...

assinado!

desenhos disse...

já está assinamo. afinal ler este blogue duas ou três vezes por dia pode ser útil... ;]

bagaco amarelo disse...

miss_j0, ou isso ou deito-me tarde. depende... obrigado. :)

cesar, boa. :)

i.d.pena, não é a melhor forma... mas às vezes... :)

bia, eu tenho andado a par... os números, para mim, tornam-se assustadores a partir da primeira vítima. :)

ana camarra, independentemente do género, esta tem que ser uma causa de todos... é a única forma da vergonha passar da vítima para o agressor. :)

sobrevivente, boa. :)

desenhos, lol. :)

joaninha versus escaravelho disse...

Comemoram-se os 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Aproveitando o tema deste blog e porque andamos aqui numa de consciencialização, abuso para aproveitar este espaço, já que é tão lido, para divulgar uma Associação que precisa também muito do apoio de todos nós:

http://www.es.amnesty.org/

Sejam atentos, inscrevam-se, passem palavra e sejam activos no nosso mundo, mexendo apenas os dedinhos das vossas mãos.

Obrigada Ivar :)

Bela Isabel disse...

Não conhecia a UMAR. Vi o site, os nºs são alarmates. Dói só de ler...bj

bagaco amarelo disse...

joaninha versus escaravelho, está ali ao lado durante algum tempo... obrigado. :)

bela isabel, os números crescente, de facto, não o são. acredito que cada vez há mais denúncias... este é um problema antigo... :)

joaninha versus escaravelho disse...

Eu é que agradeço :).
Obrigada!

bagaco amarelo disse...

joaninha versus escaravelho, :)

Cristina disse...

Grande IVAR

bagaco amarelo disse...

cristina, :)