11.25.2008

conversa 1083

Ela - Não fizeste árvore de natal?
Eu - Não. Este ano ainda não.
Ela - E não vais fazer?
Eu - Acho que não.
Ela -Porquê?
Eu - Não me apetece.
Ela - Homens... pensas que só porque não te apetece tens o direito de privar a tua filha duma árvore de Natal? Vou comprar uma e trazer-te aqui.
Eu - Agradeço-te mas não faças isso. Eu tinha uma e dei-a.
Ela - Anda lá, para a tua filha. Uma pequenina...
Eu - A sério que não quero.
Ela - Diz-me só até que tamanho é que posso comprar uma. Eu ofereço-te...
Eu - Quinze centímetros...
Ela - E com uma árvore dessas onde é que pões as prendas?
Eu - Não vou comprar prendas de Natal...
Ela - Sabia que às vezes não tens piadinha nenhuma?

22 comentários:

Tagaxinho disse...

Epah e esse indice a 14 hum? É um Suficiente + quase Bom...

Abraço

Fá disse...

Também não faço arvore de Natal...

Paula disse...

já percebi que se nem uma amiga tua te convence, eu ainda estarei mais longe de o fazer.
mas não achas que valia esse pequeníssimo sacrifício pela tua filhota? e uma prendinha só para ela?...

supertux disse...

a sério , não vai haver arvore de natal nem coisas natal-related? é que se assim for já não me sinto como único em Portugal.

Ana Sofia Santos disse...

pois não, não tens piada alguma por não entrar no espirito do consumo, há quem diga natalício e as empresas agradecem :)

Joana disse...

Bagaço, pelo menos compra uma prendinha para a tua filha, tá?

ceptic disse...

e a filha nao leva prenda de natal tambem?!

bia disse...

LOL

é incrível como até o Natal já está estereotipado... Se não vives esta época como toda a gente estás "out"!!

Além disso ainda é tão cedo para essas coisas... :s não entendo a pressa!!

Vício disse...

15 centímetros, segundo a estatística, está dentro da média!

Anónimo disse...

Epá Bagaço, faz lá a árvore de natal!
Pelo menos a de 15 cm...

Quanto às prendas... estou contigo!
Não compres!
[Se bem que eu já prometi a umas 5 pessoas o livro "Não compreendo as mulheres". Vou ter portanto, que fazer compras de natal...]
;)
Um beijo
Ana

bagaco amarelo disse...

tagaxinho, é um índice que está quase a subir. :)

fá, fixe!. :)

paula, a minha filhota precisa doutro tipo de sacrifícios neste momento. :)

supertux, a sério... :)

ana sofia santos, exacto. :)

joana, um livro ou assim. :)

ceptic, leva... sem exageros. :)

bia, a mim o Natal deprime-me. :)

vício, lol. :)

Ana, lol... não cumpras. :)

Bela Isabel disse...

Vá lá...pensa na tua filhota...atira a depressão para o espsaço. Eu pessoalmente gosto mto desta quadra. bj

Paula disse...

sim eu sei, talvez melhor que ninguém...
mas esse pequenino sacrificio da tua parte era capaz de a fazer um pouco mais feliz..não sei. digo eu!

I.D.Pena disse...

Eu também não vou celebrar o Natal, recuso-me.

Mas não recuso o Bacalhau cozido. Nem a festa com a familia, recuso prendas, e quanto às crianças cada um que dê o que quiser, se houver palhaços vestidos de vermelho e de barbas, entro na brincadeira, mas não a idolatro, é apenas uma história de crianças, como o capuchinho vermelho.

Aqui em Sintra esmeraram-se ... Para mim as luzes de natal dão óptimas fotos.

(:

SunGod disse...

por acaso... o povo todo parece que apanha algum tipo de virus nesta época... é triste mas a verdade é que as pessoas afectadas pelo parvovirus (não, não é o dos cães mas sim um vírus que faz uma pessoa ficar parva, estupida, efim um ser humano dos tempos modernos) por esta altura ficam tão melosas que dá nojo...mas enfim...

bagaço... natal, consumismo, etc... não! tou contigo :P

bagaco amarelo disse...

bela isabel, eu gosto de janeiro... já acabou isto tudo. :)

paula, talvez, ainda vou ver isso. :)

I.D.Pena, bacalhau não recuso em momento nenhum... :)

sungod, fixe. haja alguém... :)

D. Figueiredo disse...

o Natal deve ser comemorado como festa religiosa que é! Eu como Cristã não celebro o Ramadão ainda que estivesse no Islão. Não se deve falar de "gente melosa" porque é normal que épocas mais dedicadas à família e ao outro tragam felicidade, o que eu apoio sim é a ideia do consumismo e do dar prendinha só porque a maioria o faz. Se achas que o que a tua filha precisa não é material, então esse presente é o indicado :) Só não nos podemos centrar é só em nós e, não sabendo que idade tem a tua filha digo, tens que ter atenção à forma como lhe explicas porque é que o natal dela é diferente... é realmente importante educarmos as crianças segundo os nossos (bons) princípios, mas nunca esquecendo o padrão cultural onde estamos inseridos e todas as suas pressões.

bagaco amarelo disse...

D. Figueiredo, concordo contigo, mas eu não sou católico e nem sequer sou cristão. Sou ateu e o Natal não me diz mesmo nada... para mim é só um período em que as lojas estão mais cheias e a mim chateia-me ter que ir comprar um pacote de manteiga :)

Red disse...

já tenho árvore à uma semana. a minha mãe é precoce.

bagaco amarelo disse...

red, eu ainda sou mais precoce, já não tenho e o natal ainda não acabou. :)

Isa disse...

Nao vais comprar presentes? Nem pa tua filha.. as vezes tb n pensas no que dizes, depois queres compreende-las rs :P

bagaco amarelo disse...

isa, a minha filha tem sempre tantos... que nem pela falta dá. :)