11.21.2008

conversa 1076

Ela - À mesa não se discute política nem religião nem futebol.
Eu - E porquê?
Ela - Porque são campos em que raramente as pessoas estão de acordo.
Eu - Então para ti só se discute com outro quando se está de acordo com ele...
Ela - É uma forma de ver as coisas.
Eu - O Salazar, o Mussolini, o Estaline e o Hiltler concordariam contigo...
Ela - Estás a ver?

20 comentários:

M disse...

faz imeeensoo sentido, claro...ou não fosse uma 'discussão' um diálogo entre duas ou mais pessoas que estão de acordo com os pontos 'discutidos'...

Paula disse...

eu acho a mesa exactamente o sítio ideal para se debater, falar conversar...tudo. gosto de estar à mesa mesmo depois da refeição acabada.

Ivar C disse...

sayuri, exactamente. :)

paula, também é um dos meus passatempos preferidos: jantar e continuar a conversa. :)

Anónimo disse...

Eu à mesa adoro conversar... seja lá do que for! Uma boa conversa e uma boa refeição valem por muita coisa! Sempre é melhor do que o novo hábito de estar tudo calado atento á tv.

Anónimo disse...

Estou a ler os teus textos desde as sete e tal, de meados de 2006 até este último. Até pode ser que não tenha nada para fazer (porque não tenho mesmo) mas acho que nunca me entreti tanto a ler blogs como li o teu..

Francesa disse...

À mesa partilha-se coisas importantes: a comida:P
Mas como disse não sei quem: "o objectivo da discussão não é a vitória mas sim o progresso"

Unknown disse...

estavas a jantar com a manuela ferreira leite? loool
(ok, esta piada foi fácil e gratuita)

Anónimo disse...

Ora!

Dizia o meu pai, "que é à mesa que se educa".
É à mesa, a comer que tens uma visão mais igualitária do teu semelhante. Ele está contigo. Está ao mesmo nível.
Come contigo.
Tal como à mesa não se nega a comida. Também não se deve negar a palavra. Mesmo que seja diferente da nossa...
[Claro que os que comem mais falam menos e vice-versa...]

O Salazar, o Mussolini, o Estaline e o Hitler, comiam sozinhos. Tenho quase a certeza...

;)
Um Beijo
Ana

Olga disse...

Cada um é livre de pensar o que quiser e de concordar ou não com o que o outro diz e defende.
A discussão, a troca de impressões e ideias é saudável e não tem que se transformar num conflito do género "se não estás comigo estás contra mim"!

Anónimo disse...

eu cá concordo com a parte do futebol... mas não é só à mesa... é sempre que se queira evitar o tédio... ihihih

marco costa disse...

grande bagaço! 14?! genial! mas isso não é um satisfaz muito ou um bom menos?... pelo menos no periodo anterior à reforma educativa deste governo... seria certamente um satisfaz plenamente!

folgo em ver-te de boa forma!!!

abraço.

Maria Poppins disse...

Não te esqueças do Pinochet

Ivar C disse...

angela soeiro, deve ser por isso que nem tenho televisão em casa. :)

adriana, meados de 2006 é o princípio... ena. :)

francesa, foi Marx, praí.... :)

cesar, lol... :)

Ana, concordo. eles viviam sozinhos, basicamente... :)

olga, exactamente. :)

that's all folks, eu também acho... pelo menos sóbrio. :)

marco costa, é um "está-se bem" depois da reforma, lol. abraço. :)

maria poppins, tens razão... aliás principalmente esse, que colocou o Milton Friedman na pasta das finaças... :)

R.L. disse...

eu também não as compreendo! e sou uma delas!

Ivar C disse...

R.L. mas espero que isso não te preocupe... lol. :)

heidy disse...

O problema não é só desses senhores... é de toda a socidades. se não concordas com algo... és afastado. Não fazes parte da mesma seita. És um joio. E essa posição de que não se pode tagarelar sobre esses três temas, está tão incutido na nossa mente... que até nos assusta pensar nisso. É tipo um tabu. Algo perigoso... que pode queimar.

sagher disse...

pois mas discutir com a noção de que sendo temas diferentes, politica- o mundo das ideias, futebol- o mundo irracional. religião-o mundo em que se pode apelar á razão mas raramente se foje da cegueira,
terão que ser trtados de forma diferente.

Ivar C disse...

heidy, pois está... por causa de décadas de fascismo... :)

sagher, a política está ligada a tudo... pois é a forma como nos organizamos. :)

heidy disse...

Achas que é só por causa disso? então diz-me uma coisa... há quantos anos é que se deu a revolução dos cravos? já não tivemos tempo mais que suficiente para sairmos dessa caverna? ou, será que essa desculpa do fascismo agora serve para tudo? digo eu...

Ivar C disse...

heidy, durante o fascismo promoveu-se a não discussão censurando-a, agora promove-se a não discussão despolitizando a população. não se incentiva a discussão em nenhuma escola, por exemplo. :)