1.19.2009

unhas

Era mais um blind date. Só isso...
Espero que sejas daqueles homens que cortam as unhas dos pés, disse-me ela no primeiro café que tomámos. Pousei a chávena quente e olhei para ela, analisando-lhe minuciosamente o rosto para tentar perceber se falava a sério ou a brincar. Não descortinei a mínima vontade de sorrir, ou seja, falava a sério.
Que fiquei a saber que havia dois grandes grupos de homens: os que cortam as unhas dos pés e o que não cortam as unhas dos pés. Agradeci-lhe por me ter ensinado isto e não respondi, na esperança que a dialéctica sobre unhas dos pés ficasse por ali, com aquele pequeno e desenxabido travo de humor.
Não ficou. Ela limpou as paredes internas da chávena dela com o dedo indicador da mão direita e lambeu-o lentamente. Depois disse-me que adorava lamber também os dedos dos pés mas que, nos escuro, às vezes se feria nos lábios por causa de unhas demasiado compridas, e fiquei ainda a saber que tinha deixado o marido por causa disso.
Aproveitei o inócuo telefonema de um amigo para a informar que tinha que sair urgentemente, prometendo ligar-lhe mais tarde mas sem a mínima intenção de o fazer. Já no carro, enquanto conduzia, não percebia porque é uma mulher tão bonita começara uma conversa comigo a falar sobre unhas dos pés, e nunca percebi se fugir daquela maneira foi a melhor opção.

27 comentários:

3Picuinhas disse...

Foi a decisão mais acertada :D:D:D tenho a certeza...já agora, agradece a quem te arranjou o "blind date" e pede-lhe que a próxima candidata seja menos "exótica"

toma lá Fresquinho disse...

fosga-se!!

assim de repente parece-me que fizeste bem .... mas isto sou só eu a pensar ....

MRF disse...

devias ter ficado. não sei se sabes, mas ir à pedicure sai caro________ e talvez ela, antes do banho aos pés, pudesse começar a cortar as unhas, os calos,...

seria uma excelente razão para partilhares o resto da tua vida com alguém... :P

bagaco amarelo disse...

3picuinhas, fui eu que arranjei... mas nunca mais me meto nisso. :)

toma lá fresquinho, ufa! estava na dúvida.:)

mrf, prefiro partilhar a minha vida com alguém que durma de meias. :)

Anónimo disse...

Nodjooooo
Su

Red disse...

lá há melhor tema de conversa do que unhas dos pés... isso e hemorróidas, claro..

Assurancetourix disse...

Não conhecia esse tipo de aproximação... claramente inovador! :P

Recomendaria ainda assim acompanhamento médico ;)

bagaco amarelo disse...

su, lol. :)

red, sim, com impostos pelo meio. :)

assurancetourix, eu recomendaria um sex toy. :)

Ventania disse...

Fui só eu que fiquei com a sensação de que a senhora pretendia apenas um mote para ter desculpa de lamber o dedo e enveredar por caminhos mais sugestivos?...

[Eu cá também não entendo as mulheres, mas às vezes ainda entendo menos os homens.]

Lúcia disse...

Quer-me cá parecer que ela estava preocupada porque realmente isso lhe interessa...se bem que para "quebrar o gelo" não deve ser das melhores conversas lol

Patrícia disse...

Pois, cá a mim, parece-me que "dar de frosques" foi a melhor opção! Nem quero imaginar o que viria a seguir... que mais ela gostaria de ver "limado"!! É com cada vedeta...

sara disse...

Uma "mulher tão bonita" começa uma conversa a falar sobre unhas dos pés ou porque é (muuiiiitttooo) doida ou porque quer afastar (de vez) o homem... Que hipótese prefere? ;)

"Nunca mais" se mete nisso?! hummm... Não sei se acredito... :P

Um beijo (atrasadíssimo) de bom ano... :)

bagaco amarelo disse...

ventania, pelos vistos a mim nunca me entenderás... se foi isso, não acho nada sugestivo. a sério... :)

lúcia, não é. a sério que não. :)

patrícia, pelo menos estou vivo e não saí no jornal, lol. :)

sara, preferir, prefiro a primeira, mas acredito que tenha sido a segunda. também prefiro que me tratem por tu, principalmente se por um motivo ou outro me derem beijos. :)

Closet disse...

Os blind dates têm sempre riscos, e vendo bem há coisas piores que falar nas unhas dos pés...de pêlos nas costas, micoses,cera nos ouvidos, e assuntos ainda mais deprimentes...mas depois do dedo a limpar a chávena... eu também fugia!

bagaco amarelo disse...

closet, então estamos de acordo.:)

bia disse...

decisão sensata...!!

CS disse...

Adoro o teu blog... e acontece-te com cada coisa... :D

bagaco amarelo disse...

bia, foi. :)

CS, este fim de semana, a jantar comuns amigos, percebi que acontece a todos... é preciso é não esquecer. :) obrigado pela simpatia

sara disse...

Não tratar por "tu" é um hábito profissional (compatível com beijos, acho eu). Mas se prefere que o trate, ou melhor, se preferes que te trate por tu, pois assim seja. :) (claro que também posso parar de deixar beijos... há sempre "cumprimentos" e afins...:P)

bagaco amarelo disse...

sara, prefiro por tu e com beijos. :)

Evey disse...

Eu já comecei um blind date com uma conversa assustadora mas foi porque a pessoa não me apelava nem um bocadinho aos sentidos...
Mas não sei, as pessoas têm diferentes concepções do que é inadequado numa conversa (embora unhas dos pés dificilmente seja considerado um bom tema para primeiro encontro) =)

bagaco amarelo disse...

evey, os blin dates começam sempre por ser um bocadinho assustadores, e isso até tem piada. de facto, quando percebemos logo que não nos vamos interessar pela pessoa em causa, as conversas podem ficar insípidas. :)

pieces of me (Luna) disse...

eu acho que ela gosta de mulheres....

Laidita disse...

Fizeste muito bem!

bagaco amarelo disse...

pieces of me (Luna), lol... e vai a um blid date com um homem? :)

laidia, :)

pieces of me (Luna) disse...

Eu não referi o facto de ela saber que gosta... ainda está na fase da negação...

bagaco amarelo disse...

pieces of me (Luna), ah! :)