1.14.2009

coincidência das coincidências

Coincidência das coincidências: ausentei-me do país para visitar uma amiga minha que vive em França e é casada com um muçulmano albanês e, quando regressei, a primeira coisa de que ouvi falar foi do aviso feito pelo José Policarpo às mulheres portuguesas que é um "monte de sarilhos" casar com muçulmanos.
Eu até acho que o José tem razão. Esqueceu-se foi de referir que o casamento é sempre um monte de sarilhos, seja com muçulmanos, cristãos ou outra coisa qualquer. A não ser, claro, que as pessoas se possam divorciar quando muito bem entenderem. Pena é que o José não concorde com o divórcio...
A minha amiga lá vai vivendo feliz, ele muçulmano e ela cristã, basicamente porque cada um respeita o outro. Em tom de brincadeira, ela até me disse que é uma maravilha viver com um muçulmano, porque os muçulmanos não bebem e é sempre ele a conduzir quando vão jantar fora e ela bebe uma garrafa de tinto sozinha. Fiquei seriamente a pensar nisso...

20 comentários:

Lizard King disse...

Este país é mesmo de contradições: num ano em que somos "respónsaveis" e estamos a apostar tudo na luta da Comissão para a Cidadania e Igualdade de genero, tendo por base a não violência domestica e nas relações de namoro e a não discriminação, de genero, racial e whatever...lá aparece alguém a dizer que a xenofobia é o caminho, que são os "muçulmanos" o "problema"...bem já passamos os africanos, brasileiros, chineses, de leste...faltava-nos os muçulmanos...oh valha-me a Santa, quem será a seguir: etiopes, equatorianos ??!? o melhor é não casar mesmo, não se vá ter o azar de errar a "raça" :/

Pax disse...

Bagacinho, há quem não beba e também não reze virado para Meca... lol.

Mas no resto tens razão: é um sarilho. (Se bem que eu até sei que o divórcio com um muçulmano até pode ser bem fácil :)

MrsA.T. disse...

Acho muito bem que ele avise :-) e eu agora aviso tb outras coisas - pq tenho experiência p falar disto: não namorem com aquários que eles são forretas; homens q comem muito dão bons maridos especialmente se souberem cozinhar...
foi um momento à bruno aleixo patrocinado pela tasca do aires que fica ao lado da estação de coimbra B :-)
LOL
casar ou namorar já de si é um sarilho. ele teria feito melhor figura se tivesse dito assim e pronto: não se casem q é tudo um sarilho mto grande! não devia ter começado a especificar com quem e - ainda por cima - ter só incluido um tipo de homem na lista... é injusto! os homens portugueses deveriam estar todos ofendidos :-)

bagaco amarelo disse...

lizard king, isso é verdade mas não somos 'nós'. eu sou português e não tenho nada a ver com as declarações do josézito... :)

pax, há sim... mas pouco. :)

MrsA.T., tens toda a razão, andamos aqui nós, portugueses cristãos, a encher as mulheres de nódoas negras todos os dias e depois este gajo nem se lembra disso. só fala dos muçulmanos... não há direito. :)

Ventania disse...

Eu por acaso acho é que as religiões em conflito é que são um grande sarilho... Já dizia um ex-namorado meu "Graças a Deus que sou Satânico!"

sagher disse...

anda a beber do tal vinho com coca pela certa

bagaco amarelo disse...

ventania, lol... eu sou ateu mas não é graças a Deus. É graças a Marx, por exemplo. :)

sagher, se foi isso, está desculpado. :)

maria_arvore disse...

Sabes... o patriarca não compreende os Homens: qualquer um/uma é um monte de sarilhos. ;)

ComoHacerElAmor disse...

Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é.

(Caetano Veloso).

Anónimo disse...

Ó bagaço, olha que isso não é bem assim, pessoalmente conheço 4 muçulmanos ( 3 homens e 1 mulher) e todos bebem alcool, ainda sábado passado apanhei uma tosga com a Westa e olha que ela não se fez nada rogada. Abraço, Renato (ex-AMC)

lluna nena disse...

vou ter k arranjar um muculmano.. xD

bagaco amarelo disse...

maria árvore, eu acho fixe é um gajo que nem sequer sabe o que é de facto casar, vir opinar... :)

como hacer el amor, nem mais. é isso mesmo. :)

Renato, epá. ainda bem... se bem que me estraga um bocado a estratégia. grande abraço. :)

lluna lena, e eu uma muçulmana. :)

Anónimo disse...

bagaço, um aparte que não tem a ver com o blog, eu agora tenho um bar no porto e estamos a progamar uma noite por mês de world music, o project tem pernas para vir ao Porto? Renato

bagaco amarelo disse...

renato, já fomos ao Contagiarte e ao festival B&W no Porto. manda-me um email... bagacoamarelo@gmail.com abraço

Pantas disse...

Boas,
a ideia é coerente, entendo, mas foi mal recebida, vivemos uma epoca que é imperativo medir a intensidade/objectivo das palavras...ser do contra e interpretar da forma que lhes convem, a comunidade em Portugal até é bastante afável, não estraguem.

bagaco amarelo disse...

pantas, acho é que estamos normalmente muito mal informados sobre religiões. :)

heidy disse...

Bem... sabes o que me deixou fula? ele só ter falado naquele ar paternalista meio toto que ele tem, nas meninas. E os homens? das duas uma... ou nós temos muito mau feitio, e ele quis defender os pobres e inocentes muçulmanos... ou... está a considerar as solteiras deste país como se tratando de umas parvas. Que precisam de uma voz superiora, para lhe dizer quem deve amar. Fiquei vermelha de raiva! Odeio esses preconceitos idiotas. Quem somos nós para julgar uma crença?se calhar queria chamar o mr Bush para governar isto...

Era o que mais me faltava!

bagaco amarelo disse...

heidy, tens razão... mas ele é padre, logo é machista como o caraças. :)

yskisu disse...

Eu sou ateu graças a Deus...

AS religiões qd não têm força de lei, valem o que valem, em alguns países não é assim e aí são um grande sarilho...

bagaco amarelo disse...

yskisu, eu também sou ateu. :)