1.21.2009

ia ao cabeleireiro, diz ela

Uma mulher norte-americana atropelou um motociclista, mas não parou para ajudar porque tinha hora marcada no cabeleireiro. [ler notícia no Portugal Diário]. Eu até a compreendo, isto de ajudar os outros quando se está despenteado é difícil de certeza.

8 comentários:

Lizard King disse...

Faz todo o sentido...pior que ser presente às autoridades com um mau penteado é ir parar ao hospital com má lingerie :/

Richard disse...

Ah.. uma mulher com a lista de prioridades bem definidas :)

bagaco amarelo disse...

lizard king, lol :)

richard, eu gosto destas... com personalidade. :)

pieces of me (Luna) disse...

ja viste o que era se o homem a visse assim? reconhcia-a de certeza... talvez da noite anterior..sei la...

Canuck disse...

Conheço um polícia da BT que, ao multar uma senhora que andava de mota sem capacete, ficou sabendo a razão da infracção: tinha acabado de sair do cabeleireiro...

bagaco amarelo disse...

pieces of me (Luna), lol. tens razão. :)

canuck, é legítimo, lol. :)

Cisne Negro disse...

Quem é que manda as mulheres gastarem mais de uma fortuna cada vez que vão ao corte (e cose)??? Depois dá nisto tudo... não pensam em mais nada... oh god!

bagaco amarelo disse...

cisne negro, realmente... eu vou aos barbeiros mais baratos que encontro. :)