1.27.2009

papel, papel e mais papel...

Acordo de manhã e descubro que a minha vida se tornou num monte de papéis desordenados, todos com uma obrigação qualquer inerente: pagar a água, pagar a luz, pagar o gás, avaliar a casa, pagar o seguro automóvel, passar os recibos dos condóminos do meu prédio, comprar alhos e cebolas, ir ao médico, fazer mais isto e mais aquilo...
Fico com saudades de quando não havia papéis na minha vida. Mais, fico zangado com quem inventou o papel. Em vez de dedicar a minha vida a algo decente como uma mulher, tenho que andar a perder tempo com coisas que detesto. Depois faz-se luz... vou ver quem inventou o papel e foi um eunuco chinês chamado Ts'ai Lun... tinha que ser um gajo sem tomates...

9 comentários:

Mister.io disse...

Se não fosse o papel higiénico, que seria de nós? :)
Ab

bagaco amarelo disse...

mister, i.o. lol... água, sabão e um dedo. :)

Red disse...

qual papel? o papel. qual papel? o papel. mas qual papel? o papel.

Red disse...

qual papel? o papel. qual papel? o papel. mas qual papel? o papel.

Pax disse...

Se fores ver quem inventou a mulher... é pior ainda: nem tomates nem o resto do corpo! Lol.

bagaco amarelo disse...

red, lol. :)

pax, só que eu não acredito nessa teoria, com excepção das freiras, claro. :) :)

Cisne Negro disse...

Duas sugestões para mudar a tua vida, bagaco:
- Facturas electrónicas;
- PDA;

;)

Clara disse...

Bem, eu pessoalmente gosto do papel. Teria dado em doida durante a minha adolescência se não fosse o meu diário!
Mas também não gosto do papel em que vêm as contas:)
Bjks

bagaco amarelo disse...

cisne negro, pda já tenho e a sério que não me habituei. :)

clara, é desse papel que eu não gosto. :I