8.06.2008

olha o robô

O Público pergunta se é possível apaixonarmo-nos por um robô. Talvez seja. Imagino até um robô tão perfeito, daqui a uns anos, que vai ficar com enxaqueca antes do sexo e amuado logo a seguir, quando adormecermos.

10 comentários:

Pax disse...

Esse futuro robot vai ser tão perfeito, tão perfeito, que reagirá ao sexo (com dor de cabeça ou não) de acordo com a qualidade demonstrada pelo artista que o pratica. Muitos já sairão da loja com a enxa-queca.
:)

bagaco amarelo disse...

pax, lol... eu dispenso a enxa, pelo sim pelo não. :)

Pax disse...

Antes da queca vem sempre a enxa. Faz parte do pacote.
:)

Evey disse...

Ai a minha vida!! é o que digo, começamos a esquecermo-nos de que as pessoas é que foram feitas para serem amadas...
Qual a piada de gostar de algo que vem com manual de instruções?

Carla disse...

...se for perfeito não te deixa adormecer :)

bagaco amarelo disse...

pax, como sou um génio de marketing, vou lançar um produto novo: a quecaenxa. :)

evey, por acaso, agora que falas nisso, se algumas mulheres trouxessem livro de instruções era fixe. :)

carla, lol. tens razão. :)

Pax disse...

Bagaço... desde que não se torne na quecaincha...
:)

bagaco amarelo disse...

pax, não tornará... ou então faço um seguro. :)

Evey disse...

Bagaço, se trouxessemos manual perdiamos logo 2/3 do fascinio natural que os homens têm por nós. E tu não tinhas um blog eheh =)

bagaco amarelo disse...

evey, tinha um blog chamado "não compreendo os manuais".