8.07.2008

conversa 895

Ela - Lembras-te da aposta que fizemos? Se arranjasses uma namorada até às férias de 2008 pagavas-me um fim de semana em Salamanca...
Eu - Não era até ao fim do ano?
Ela - Era mas isso não interessa. Fica até agora e tu perdeste. Tens que me pagar um fim de semana em Salamanca.
Eu - Mas eu não tenho namorada, por isso ganhei.
Ela - E eu já não tenho namorado, por isso ganhei eu.
Eu - A aposta era só eu ter namorada ou não.
Ela - Pronto, está bem. Pago-te eu a merda do fim de semana, mas vens comigo? Estou a desesperar...
Eu - A desesperar?
Ela - Sim, preciso esquecer o meu ex com um gajo qualquer...

21 comentários:

Pax disse...

Eu cá (se fosse a ti) aproveitava o desespero...
:)

Paula disse...

booooaaaaa!!!!!

vita disse...

looooooool

que simpática...um gajo qualquer, bem a mandava ir pescar..;P

bagaco amarelo disse...

pax, o meu desespero? :)

paula, boa?! eu não acho assim muito, passe o termo claro. :)

vita, eu até curto pescar. :)

Pax disse...

O dela...:)

Isa disse...

Tenho um amigo que diz: "em tempo de guerra, todo o buraco é trincheira"...
[e pk raio me terei eu lmbrado de disparar uma destas aqui...?
queimei os fusíveis c/o calor...]

ComoHacerElAmor disse...

Lol...

Paula disse...

desculpa bagaço...estava a ser irónica!
não queria por-te mais em baixo, passe o termo.
hehehehehe
mas achei piada à expressão "um gajo qualquer..." que é para não serem sempre os homens a dizê-la.

bagaco amarelo disse...

pax, ah! juro que não tinha percebido. :)

isa, não faço a mínima ideia como é que te lembraste disso. :)

comohacerelamor, :)

paula, eu pensava que era sempre as mulheres... :)

Ana Sofia Santos disse...

vê a honra "com um gajo qualquer" lolol

Gato Aurélio disse...

No bar dos desesperados o desespero é enganado, e, por uma fração de tempo incerta, tudo é misturado com alegria, prazer e consenso . No balcão do bar do desespero as historias são infinitas.

André Araújo

;O)

Isa disse...

Outra isa por aqui?:/ humpf lol

Manda-a passear sozinha pa Salamanca... (Dassilva!!!!!)

Romualdo Alizando Cresce disse...

És o maior, bagaço. Todos dias. E olha que eu gosto mais de Medronho.

bagaco amarelo disse...

ana sofia santos, às vezes, ser um gajo qualquer não é assim tão mau. :)

gato aurélio, é mais ou menos como na cama dos desesperados. :)

is, lol... eu é que já não sei com quem falo, às vezes, lol lol lol

romualdo alizando cresce, ena, eu curto éne medronhos. nem imaginas. então aquela aguardente do algarve... :)

ArabianShark disse...

Eu ainda estou a tentar perceber os termos da aposta.

Quanto a "um gajo qualquer", se ela falou contigo em vez de ser, por exemplo, comigo, que sou um gajo qualquer (já que, tanto quanto sei, nem ela me conhece nem eu a ela), é porque esse "gajo qualquer" está sujeito a critérios à partida, e, a partir daí, já não é "um qualquer", é só "um", e de "um" a "o" vai uma custa distância.

bagaco amarelo disse...

arabianshark, estou a ver que também és um optimista. ainda bem. eu passo a vida a sentir-me "um" e não "o". :)

quase Eu disse...

uuui... ahhhah
tá uma pérola esse post... ahhha.. aguardo ansiosamente o post acerca da ida a Salamanca entao... =P

CARMO disse...

Eheheheh! Típico de mulher... Como ir de Aveiro a Salamanca passando por Vila Real de Santo António...

bagaco amarelo disse...

quase eu, eu tb aguardo... lol. :)

carmo, lol... :)

MYA disse...

Ivarzepan, Ivarnuron, Ivarzac, kê?
Anti-depressivo, analgésico ou calmante ?
Olha que tu tens poderes !

bagaco amarelo disse...

mya, lol...