8.05.2008

a abelha Maia e o complexo de Cassandra



Cassandra, uma figura mitológica grega, adivinhava e predizia o futuro mas ninguém acreditava nela. A sua sensação de impotência quando dizia a verdade e ninguém lhe dava ouvidos, ficou conhecida como O Complexo de Cassandra.
Quando eu era pequenino, aí com uns cinco ou seis anos de idade, seguia com atenção os episódios da série "A Abelha Maia", a história duma abelha desde o seu primeiro dia de vida. A professora da Abelha Maia chamava-se Cassandra e eu, que já tinha ouvido falar no assunto, não descansei enquanto não percebi o que era isso do complexo de Cassandra. Foi assim que os meus pais me explicaram a coisa: o complexo de Cassandra é dizer a verdade e ninguém nos ligar.
A associação entre a constante distracção da pequena abelha Maia e o nome da sua professora, que se cansava de repetir as coisas sem ser ouvida, pareceu-me óbvia. O que eu não adivinhei na altura foi que a primeira reguada que levei na escola primária foi precisamente por causa disso. A professora apanhou-me distraído e eu expliquei-lhe que não fazia mal nenhum eu distrair-me. Até havia um nome para um complexo que as professoras tinham por não serem ouvidas. Ela não gostou, chamou-me à sua secretária e mandou-me esticar as mãos. Apanhei. Terá sido uma das primeiras vezes que não compreendi uma mulher, porque para mim tinha dito uma das maiores verdades do mundo...

5 comentários:

Pax disse...

As maiores verdades do mundo sao, normalmente, as mais incompreendidas e castigadoras.
Infelizmente, foi um ensinamento na mesma.
:)

Isa disse...

E eu aprendo sempre qq coisinha, sempre que aqui passo:)

bagaco amarelo disse...

pax, foi um ensinamento à moda antiga: reguada. :)

isa, lol. :)

Soph!a ღ disse...

FANTÁSTICO!! ADOREI O BLOG!! ;)

bagaco amarelo disse...

soph!a, obrigado. :)