5.19.2009

coisas que fascinam (87)

Ela disse-me que acha que tem trocado a vida por pequenas coisas. Por exemplo: coleccionando pirilampos mágicos de cores diferentes no tablier do carro, aprendendo a fazer um unicórnio de papel, decorando os nomes das capitais de todos os países do mundo ou experimentando roupa nova quase todos os dias. E eu percebi o que ela me disse. Percebi que ela engana a passagem do tempo com essas pequenas coisas.
Eu disse-lhe que tenho trocado as pequenas coisas pela vida. Por exemplo: fazendo a declaração de rendimentos, indo ao dentista branquear os dentes, fingindo que gosto muito do meu trabalho para ver se sou aumentado, fazendo e refazendo o meu curriculum vitae e fazendo a contabilidade do meu condomínio. E ela percebeu o que eu lhe disse. Percebeu que o melhor que temos a fazer na vida é enganar a passagem do tempo.
E eu ri-me. E ela riu-se. E acabámos a saborear essa pequena coisa que é podermos tomar um café juntos de vez em quando. E agora? Agora nada...

14 comentários:

RPM disse...

Fez-te bem o fim-de-semana. Vieste (muito) inspirado. Gosto tanto de te ler...

bagaco amarelo disse...

rpm, e eu gosto tanto que me leias... :)

Lili disse...

A meu ver, ideal seria ter tempo para as duas coisas: trocar a vida por pequenas coisas e as pequenas coisas pela vida.

Não dando para isso, já é bom se formos capazes de saborear todas as pequenas coisas que a vida nos oferece, porque a vida não passa disso mesmo - um amontoado de pequenas coisas.

bagaco amarelo disse...

lili, exactamente... era mais ou menos o que eu queria dizer. :)

Teresa Queiroz disse...

gosto sempre de ler :)
divirto-me imenso :)

pirilampos mágicos no tablier do carrrro ... e não fugiste quando viste tal coisa ??

bagaco amarelo disse...

teresa queiroz, sou da geração do USA for Africa. Não fujo de nada. :)

Giovana disse...

Certa vez, ouvi que é através das pequenas coisas que chegamos às grandes. Eu não duvido...

:-)

Bichana disse...

Pelo menos houve sintonia...que é muito importante. Entenderam-se.

zeni disse...

O segredo é arranjar pequenas coisas, como "essa pequena coisa que é podermos tomar um café juntos de vez em quando" e fazer delas grandes, e minimizar pequenas coisas como "fazer a contabilidade do meu condomínio".

bagaco amarelo disse...

giova, eu por acaso também acredito nisso... :)

bichana, se esquecermos a pequena briga para decidir de quem era a vez de pagar o café... lol. :)

zeni, exactamente... :)

Miss Kin disse...

E agora aproveitam-se os singelos bons momentos, pq afinal, é disso q vivemos!

bagaco amarelo disse...

miss kin, exactamente. :)

Helenikon disse...

Grande texto, mas analiza-o por outra perspectiva: quando entre duas pessoas não existe comunicação eficaz nem sintonia, será o ir saborear um café em conjunto o melhor meio de reforçar o laço que as une?

bagaco amarelo disse...

helenikon, entre mim e ela existe comunicação... :)