4.14.2010

respostas a perguntas inexistentes (81)

Uma vez disse-te que ia ficar tudo por fazer entre nós e tu silenciaste. O silêncio é sempre o melhor dos argumentos quando não se ama alguém, quando não me amas a mim. E tudo era o quê? Tudo: comprar peixe fresco na Praça, apanhar amoras, aspirar a mesma carpete várias vezes, embebedarmo-nos e fazer amor. Depois os nossos olhos tocaram-se numa imensa solidão, como se entre eles estivesse todo o Universo ou, mais do que isso, o nosso não amor.
Uma vez zanguei-me contigo e tu comigo porque não nos amávamos e tu achaste injusto. E era injusto, sim, mas não nos podemos zangar nunca com o Amor. É demasiado perigoso. Se nos zangarmos com o Amor ele pode zangar-se também connosco, disse-te eu. Depois ri sem ser um riso qualquer e tu acalmaste. Encostaste a cabeça ao meu ombro sem me amares e eu abracei-te sem te amar. Depois fizemos não amor.
Uma vez acabámos à janela a olhar para as sombras das árvores . Estavas nua de frio como elas de folhas e eu aconcheguei-te um casaco qualquer. Perguntaste-me se podias dormir ali. Que sim. Perguntaste-me se eu tinha gostado. Que sim. Perguntaste-me se nos amávamos. Que não. Depois fechaste os olhos. Pelo menos não ia ficar tdo por fazer entre nós. Pelo menos, respondi eu afirmativamente. Às vezes, quando se está só, sabe bem um não amor, não sabe?

26 comentários:

Eli disse...

Sim

bagaco amarelo disse...

eli, :)

GiGi disse...

Oh... Que triste! :-(

Neuronio Perdido disse...

Sinceramente, sabe bem qualquer coisa... mesmo um não amor!

Fatyly disse...

Sabe sim!

Olga disse...

O silêncio é o argumento que mais custa "ouvir".

Muito bom este post.

Anónimo disse...

O amor é sempre o mesmo as formas de amar é que poderão ser difrentes.
Beijo x
P.S.

A Voar disse...

fantástico, continuo a ser fã destes teus textos, vou partilhar :)

Remedios-e-venenosblogspot disse...

um não amor... genial este texto... talvez por ser espelho de mim, de o meu "nós"...

bagaco amarelo disse...

gigi, não era para ser triste. :)

neurónio perdido, às vezes... só às vezes. :)

fatyly, às vezes... :)

olga, pois é. :)

anónima, aí está uma coisa que me pode pôr a pensar. :)

a voar, obrigado. :)

Remedios-e-venenosblogspot, :)

Paula Raposo disse...

Não sei. Não sei se sabe.

bagaco amarelo disse...

paula raposo, pois... acho que às vezes sabe, outras vezes nem por isso. :)

remedios-e-venenos@blogspot.com disse...

quanto mais leio este texto mais gosto dele...
tanto que não resisti à redundância do comentário )))))

o bloguista de serviço que me desculpe )))

(( ah e ontem vi a reportagem na revista... com atenção e acho que não fez a devida justiça a este cantinho, tão delicioso))

Jil disse...

Sabe sim. Assim, assumido e aceite por ambos, sabe sim :')

(O melhor post dentro das 'respostas a perguntas inexistentes' até agora, definitivamente!)

bagaco amarelo disse...

remedios-e-venenos@blogspot.com, obrigado pela simpatia. para mim serviu a divulgação e pronto, teve piada ter uma reportagem no CM... :)

jil, obrigado... eu acho que sabe bem normalmente... mas algumas vezes já me soube mal. :)

GiGi disse...

Depende do leitor! Essa é a graça do texto: despertar emoções variadas em interpretações diversas por pessoas diferentes! E vc faz isso. Por isso sou sua fã.

:-)

bagaco amarelo disse...

gigi, lá está a tua simpatia. :)

GiGi disse...

Já disse que não é por simpatia. É porque o sou e pronto.

:-P

Jo disse...

sem duvida, o meu texto preferido

redonda disse...

resolvi virar também seguidora de nome com quadradinho :)

SadLonelyCat ^_ _^ disse...

Bagacinho,

Às vezes, quando se está só, só sabe bem um não amor... O amor só sabe bem quando já não estamos sós.

Tenho andado preguiçosa para comentar, mas este texto tão bonito disse-me tanto. Continuas a fascinar-me com as tuas palavras :)

Xi-Coração.

bagaco amarelo disse...

gigi, :)

jo, :)

redonda, ena... e és a 700. :)

SadLonelyCat ^_ _^, sim... tens razão, aliás, acho que uma coisa implica a outra. :)

memyselfandi disse...

Magnífico! :)

bagaco amarelo disse...

memyselfandi, :)

supertux disse...

posso partilhar no facebook ? adoro este texto.

bagaco amarelo disse...

supertux, claro que sim. :)