4.08.2010

conversa 1478

Ela - Se eu fosse rica era incapaz de deixar de trabalhar. Detesto estar sem fazer nada.
Eu - Eu, se fosse rico, não trabalhava de certeza, mas também não ficava sem fazer nada.
Ela - Fazias o quê?
Eu - Escrevia, viajava...
Ela - Só isso? E mais?
Eu - Continuava na política...
Ela - Só isso? E mais?
Eu - Continuava dj...
Ela - Só isso? E mais?
Eu - Cozinhava bastante para os amigos...
Ela - Pois... sexo nada...
Eu - Acho que sexo seria mais ou menos o mesmo que tenho agora.
Ela - Pois, vês? Não vale a pena deixar de trabalhar

31 comentários:

Salsa disse...

Lol, e depois os homens e que sao os tarados sexuais.
Concordo plenamente contigo nas tuas escolhas, excepto na da politica que tenho uma opiniao muito ma de eles todos.

Paty disse...

???

rsrsrs

redonda disse...

:)

bagaco amarelo disse...

salsa, de eles todos é também de mim. :)

paty, lol. :)

redonda, :)

Salsa disse...

Sabes bagaco, falo como falo porque infelizmente todos os politicos que conheci sao uns incompetentes, corruptos e hipocritas, falo apenas daqueles que conheco dentro do meu universo, se te ofendi desculpa a ti nao te conheco de lado nenhum nem conheco a tua obra fora deste blog.

GiGi disse...

Poxa vida...

Poxa vida...

Poxa vida...

Não tem o que falar, depois dessa. LOL

Pocahontas na Cidade disse...

Política? :|

primeiro assassino de coelhos e agora política... pronto

Mas quem não trabalha tem mais sexo de quem trabalha?!

Onde é que ela desencantou essa ideia? Non compriendo sinhori...

Do género... Hummm não tenho nada para fazer... vamos fazer amor... wird!

Fatyly disse...

Pois, sem comentários ;

EJSantos disse...

:-) Ah, ah, ah. Genial!

Nox Lilin disse...

Se o trabalho fosse de, actor de filme pornográfico, eu entederia porque é que não valia a pena deixar de trabalhar...

bagaco amarelo disse...

salsa, tudo bem. não me senti ofendido. acho é que a política diz e deve dizer respeito a todos. a todos mesmo, e às vezes há quem se limite a dizer mal dos políticos que têm poder (o que eu até compreendo) mas não fazem nada para alterar o que está mal. não estou a dizer que é o teu caso... :)

gigi, lol. :)

pocahontas na cidade, sobre política digo-te o mesmo que disse à salsa. :)

fatyly, lol. :)

ejsantos, :)

nox lilin, lol. :)

Malena disse...

Ela está numa de ninfomaníaca, não?
Mas eu também arranjava muiiiiito que fazer sem ser trabalhar! Força aí, bloquista Aveirense! :))

bagaco amarelo disse...

malena, está sim... mas é mais conversa que outra coisa. :)

Pintas disse...

ai concordo plenamente contigo...eu se fosse rica primeiro ajudava aqueles que me são próximos e depois pegava NELE e ia para a austrália:)

Bang disse...

atrevo-me a perguntar qual o é trabalho da "ela"? ;)

abraço

i disse...

Bagaço, o que fazes em termos de política? só comecei a ler o blog recentemente e não faço ideia

Anónimo disse...

Querido bagaco
Ontem aprendi com um amigo meu que ninfomaníaca não é ser viciada em sexo ( como eu pensava) mas sim alguém que se pensa apetecível aos olhos de todos! ( Só um aparte).

A literatura
O bichinho de viajar
A politica
A musica
E a gastronomia
São todas grandes paixões que partilho contigo, embora talvez em parâmetros diferentes.

falando particularmente da politica,( uma vez que algumas pessoas aqui parecem um bocadinho chocadas com tal facto)
A politica é realmente um direito de todos,mas...nem todos deveriam de ter direito a ela, há quem não saiba nada nadinha de politica que não entenda o A e o B da mesma e depois va la colocar uma cruzinha!
Ou cai na cilada classica de "todos os políticos são iguais". Os políticos não são todos iguais nem a politica é toda igual.
A politica é uma arte é uma paixão.

Quanto ao sexo, eu sou da opinião que quanto mais apaixonados estamos (pela vida) mais e melhor sexo temos.
beijo x
P.S.

Maguita disse...

Eu deixava o trabalho, mas não de trabalhar :)
Quanto ao resto ... just new places ;)

bagaco amarelo disse...

bang, lol... se eu dissesse ela matava-me. :)

pintas, para a austrália? só nisso é que não concordamos. :)

i, neste momentinho sou deputado municipal do BE em Aveiro. :)

anónima, eu percebo o que dizes... mas a verdade é que isso dava uma noite de discussão. eu não desisto de acreditar que a política vai acabar por ser um tema de todos, e acho que actualmente há um esvaziamento propositado da discussão política séria, precisamente para que as pessoas se limitem a votar de vez em quando. é o maior defeito da democracia representativa... :)

maguita, era como eu, então. :)

i disse...

ah! aveiro é uma bela cidade e simpatizo com o BE. boa sorte

Anónimo disse...

Querido bagaco
sim , daria realmente pano para mangas...
acho muito bonita essa tua esperanca, se bem que é uma utopia.
O direito de voto é realmente um direito de todos, mas... todos os direitos significam deveres e o direito de voto não é gratuito.
Não existem democracias, podera é existir ditaduras mais democraticas que outras, e isso é uma necessidade, não pode ser diferente, as pessoas tem que ter consciencia disso.
Quando se põe uma cruzinha ela significa vidas, muitas vidas...e não somente a nivel da politica interna.
Quando se pergunta por ex. a um americano onde fica o Iraque, e ele aponta te na direcao do brasil, esta tudo dito infelizmente, é porque a cruzinha dele acabou de matar centenas de pessoas e ele nem se da conta disso.
Temos que ter consciencia de que somos todos responsaveis e temos o dever de fazer uma escolha minimamente educada, e claro la entra o grande alicerce de qualquer sociedade que é a educacão e que infelizmente toda a gente sabe que não se encomtra construido em terra firme, e comeca o ciclo...mas ha que deixar de ser sempre vitima pois ha uma educacão que nos é dada e outra mais importante que é a que damos a nos proprios. Tudo é politica, tudo,e todos nos somos corruptos de uma maneira ou de outra, ex. enquanto consumidores queremos sempre mais e mais barato e isso faz com que milhares de pessoas trabalhem por uma caneca de arroz...mas...se não consumimos talvez morram de fome...somos todos vitimas colaterais de um regime global, mas temos que ter a nocão disso mesmo e quando se põe a cruzinha ela significa vidas muitas vidas e todos nos temos a obrigacao de o fazer em consciencia e tentar minimizar os danos.Somos todos responsaveis.Temos que comecar a entender isso.
Beijo x
P.S.

Anónimo disse...

Sou uma daquelas que não percebo nada de politica ...e de quem é a culpa?...minha??...Juro que já tentei...mas o enredo é de tal ordem,que mais parece uma novela mexicana,Vemos insultos,acusações,injurias,gestos menos próprios,teatrinhos,etc etc etc.


Os políticos proferem um tipo de discurso muito agressivo com o intuito de destruir(verbalmente) o opositor assumindo sempre o papel de vitimas,sabem(pensam eles) sempre mais que os outros e principalmente mais que o eleitor passando um atestado de estupidez a cada um de nós.
Mas que bela maneira de cativar os eleitores...Haja paciência.

O tempo que perdem em lavar a roupa suja em praça publica (parecem peixeiras)sobre o que aconteceu no passado,deviam de investir(agora dirijo-me directamente aos politicos) as vossas energias cerebrais uma vez que são tão inteligentes,em propostas para PRESENTE e FUTURO e deixem-se de novelas que não passam do mesmo capitulo há anos

...agora fiquei chateada...confesso que fiquei...(até vou partir uma cebola para ver se choro...snif-snif)

Ass Papalagui

bagaco amarelo disse...

i, obrigado. :)

anónima, as utopias não existem por definição. não podes assumir que uma coisa não é atingível antes do mundo acabar. a única utopia política que existe, por tanto, é o próprio capitalismo, já que os teóricos neoliberais assumem que chegámos ao último estado da evolução (Fukuyama - "O Fim da História") e socialmente o mundo é um caos.
O que dizes, de resto, é verdade. é por isso que precisamos de uma mudança política profunda, ao nível do sistema social e do sistema económico, e não apenas de meras decisões de gestão. O problema é que hoje o discurso do mercado internacional confunde-se com o discurso político.
A tua lógica universal reflecte isso mesmo, e ainda bem que a tens (eu também tenho) já que essa mudança só será possível à escala planetária. aliás Marx já dizia isso mesmo.
Se tiveres paciência podes ler aqui um artigo que escrevi no DA sobre política representativa e participativa: http://amigosdavenida.blogs.sapo.pt/421558.html :)

papalagui, o problema é mesmo esse: achares que o que os políticos mediáticos dizem é que é política. não é. política é a forma como nos organizamos, só isso, e durante toda a História houve várias teorias sobre isso. Actualmente vivemos num período onde o neoliberalismo económico falhou e por isso é que os seus defensores, que no fundo são os que formam o senso comum, andam um pouco agressivos. :)

Anónimo disse...

Um pouco agressivos??nooota-se,principalmente em meios pequenos...parece uma batalha campal!

Bacaco eu (e talvez muitos outros)não acredito na politica porque vejo isso mesmo,já não é politica,é um desenterrar constante do que correu mal,e nós eleitores estamos saturados!

E friso mais uma vez, não percebo nada de politica, mas...voto(supostamente)

Ps na minha terra um candidato apontou 5 erros(promessas não cumpridas)esquecendo-se como é obvio de apontar as cumpridas e foi esta a campanha que fez! Criticas, criticas e mais criticas. Possivelmente até seria tempo de uma mudança,e até quiçá o candidato fosse a escolha mais assertiva,mas o seu discurso não foi o melhor.

Isto é o que eu"outsider "percepciono da politica de hoje!

quanto ao sexo e o dinheiro(mudando de assunto muito subtilmente para não ser "comida")dizem que o dinheiro atrai o sexo.
Segundo estudiosos(as) na matéria, até provoca "BÍCIO".

Como é que se chama aquele golfista rico?

Bolas... e aquele?...acho que é presidente de um clube de futebol qualquer...talvez do porto ou assim...




Ass Papalagui

bagaco amarelo disse...

papalagui, o que eu te estoi a dizer é que ao desistires da política estás a desistir de ti mesma e de todos. tanto, que normalmente são desistentes que votam em massa nos partidos que vencem e por isso é que isto nunca mais muda. :)

Anónimo disse...

Meu caro pelo QUE percebi está na politica não é?MUDEM VOÇÊS na maneira como fazem a politica que nós de certeza iremos votar!

Hum-hum,...vamos falar de sexo e dinheiro?

Ass Papalagui

bagaco amarelo disse...

papalagui, já percebi... ao tratar por "vocês" e "nós" as pessoas não percebes mesmo o que eu quero dizer, que é que TODOS devem estar na política. :)

Anónimo disse...

Qual é a porta de entrada?


Hum-hum hum hum sexo e dinheiro?

Ass Palagui

bagaco amarelo disse...

papalagui, lol... não... para mim foi mais o oposto. :)

Anónimo disse...

Vou fazer um comentário estúpido:
vocês são as carroças.
Nós somos os bo..burros!
são diferentes mas um não funciona sem o outro, por isso em principio era suposto estarmos todos a trabalhar em sintonia (todos estarmos na politica, não é)mas...a carroça além de pesada está com a direcção avariada e os travões não funcionam e o burro já está a ficar cansado!

E pronto desisto do sexo...posso ficar com o dinheiro?(é a brincar)

Ass Papalagui

bagaco amarelo disse...

palagui, lol... tudo bem, podes ficar com o dinheiro... acho que ficas a perder. :)