1.21.2011

conversa 1695

Ela - Sabes o que é que me faz mais confusão nas minhas paixões?
Eu - O quê?
Ela - Preciso muito pouco, mas mesmo muito pouco,  para me apaixonar por um homem, mas preciso ainda de menos para me desapaixonar dele.
Eu - E porque é que achas que és assim?
Ela - Porque os homens me decepcionam sempre pouco tempo depois de os conhecer.
Eu - Todos?
Ela - Todos.
Eu - Todos mesmo?
Ela - Todos os que eu namorei a sério até hoje, pelo menos.
Eu - Quantos foram?
Ela - Dois.

21 comentários:

EJSantos disse...

"Porque os homens me decepcionam sempre "

É muito raro alguém me decepcionar. E normalmente só me decepcionam aquelas pessoas relativamente às quais, por alguma razão, tenho expectativas. Coincidência?

Há muitos anos atrás, em conversa de familia, num jantar bem regado, confidenciei que as pessoas normalmente não me decepcionam. A minha Mãe (pessoa de refinada psicologia) respondeu-me: Pois é. Também não esperas muito das pessoas...

Grande senhora.

Tulipa Negra disse...

É uam questão de qualidade e não de quantidade... :)

Anónimo disse...

Ahahahah, ja me fizeste soltar uma gargalhada logo de manhã.Boa.
Beijo x
P.S.

bagaco amarelo disse...

ejsantos, sim, a tua mãe sabe... :)

tulipa negra, no Amor, é. :)

anónima, :)

Anónimo disse...

Paixão que surge de pouco precisa de pouco para desaparecer. Isso é como dizer que um copo quase vazio precisa de pouco para ficar vazio. Estranho seria se uma paixão que surge de muito precisasse de pouco para desaparecer.

bagaco amarelo disse...

anónimo, isso para mim não é assim tão óbvio. acho que uma paixão forte pode surgir do quase nada. :)

Anónimo disse...

Falamos de coisas diferentes. Continuando com os copos (salvo seja :-), tu dizes que é possível encher o copo depressa e eu não discordo. O que eu disse é que o copo pode estar quase vazio e ainda assim chamar a isso paixão.

bagaco amarelo disse...

anónimo, continuando com os copos parece-me bem. e sim, aí és capaz de ter razão. :)

ac disse...

Penso que, durante uma relação, é natural as pessoas decepcionarem-se sempre um pouco com alguma coisa. Afinal, todos somos diferentes e pensamos de maneira diferente. Mas têm também que considerar as coisas com que surpreendem! E o ser humano tem uma terrível tendência para dar mais importância às coisas que o decepcionam do que às coisas que o surpreendem (pela positiva, claro!), nem que o resultado decepção-surpresa positiva seja uma cabazada de 1-8! E isso está errado!

Quando as pessoas conseguem relativizar mais o menos bom, mantém-se por muito mais tempo no "mais bom"!

Maria disse...

As tuas conversas fazem-me sempre rir :)

Ruben Alves disse...

Ou percebi mal, ou esta menina tem problemas de personalidade, (eventualmente bipolar)?

redonda disse...

Talvez esta Ela tenha de arranjar mais alguns namorados apenas para depois chegar (ou não) à mesma conclusão...

bagaco amarelo disse...

ac, muito bem dito. :)

maria, que sirvam para isso. :)

ruben alves, de bipolar todos temos um pouco. :)

redonda, pois tem... :)

Sol disse...

acho que ela precisa de um terceiro namoro a sério para poder tirar conclusões mais "fundamentadas".

o mal é criarmos expectativas... mas também não vejo como poderemos não as criar...

Ta' disse...

Olha, tu não compreendes as mulheres e eu não compreendo os homens! Já desisti. Fiz uma referência a ti e ao teu blog no meu, a proposito disso, espero que não te importes ;)

bagaco amarelo disse...

sol, até pode precisar dum décimo... :)

ta', obrigado. até agradeço. :)

Malena disse...

Ena,2! Tantos! Um autêntico estudo de caso... :P

Fatyly disse...

e de facto é para sentir confusa, porque das duas uma: ou pensa que é uma paixão e encara como namoro a sério ou não passa de uma simples atracção física.

bagaco amarelo disse...

malena, lol. :)

fatyly, perdida anda de certeza. :)

Gasosa disse...

Ena, com tanta experiência é melhor desistir e virar lésbica

XD

bagaco amarelo disse...

gasosa, lol. :)