1.08.2011

conversa 1681

Ela - Li num livro que a maior parte dos homens não confia numa mulher com quem tenham tido sexo demasiado cedo. Isso é verdade?
Eu -Não confiam como? Não percebo...
Ela - Não confiam que uma mulher com quem tenham tido sexo demasiado cedo seja boa para uma relação.
Eu - Bem, se uma mulher me acordar cedo todos os dias para ter sexo, também não acho que ela seja boa para uma relação, mas isso sou eu que gosto de dormir até tarde...
Ela - Esquece! Nem sequer percebes o que eu estou a dizer.

28 comentários:

Quadrada disse...

bagaço? what's wrong with you?
Lol

bagaco amarelo disse...

quadrada, ebricingue. :)

Ana dos cabelos da cor que calha disse...

Eu vinha perguntar exactamente o mesmo que a Quadrada... lol!

kitty disse...

compreendi exactamente a que se referia, pois será que se tornará, aos vossos olhos, demasiado oferecida, e portanto não adequada para uma relação, por terem feito sexo cedo demais?

Amarela disse...

Não podes ter respondido isso :D

Fatyly disse...

Whatiiiiiiiiii? Nem tu percebeste nem eu lol e como a língua de Camões é dificil para xuxu:):):)

Little Knight disse...

As mulheres são muito complicadas... Querem que nós homens as entendemos mas na verdade elas também têm de fazer um esforço para nos entender a nós...

Lilith disse...

*facepalm*

Mas a sério, também tenho a mesma impressão que ela. Tenho a noção que os homens preferem uma mulher que se guarde mais, em vez da mulher que se entrega logo nos primeiros (ou no primeiro) dias da relação.

Anita disse...

Ou não percebeste mesmo ou não interessava responder... :D

bagaco amarelo disse...

Ana dos cabelos da cor que calha, lol. :)

kitty, essa perspectiva do "demasiado oferecida" é coisa que não tenho. :)

amarela, posso, posso... :)

fatyly, o que eu não percebi é como é que se consegue pensar que a data em que uma mulher tem sexo influencia o que um homem pode ou não gostar dela. :)

little knight, mas esse esforço nunca fazem. :)

lilith, olha que não... :)

anita, exacto. :)

Me,myself & I! disse...

Tu a fazeres-te de despercebido...
Eh,eh!

bagaco amarelo disse...

memyselfandi, às vezes é o melhor. :)

Malena disse...

Essa rapariga não tem muito sentido de humor, pois não? ;)

bagaco amarelo disse...

malena, nenhum mesmo. ainda bem que tu percebeste. estava a ficar preocupado. :)

Anita disse...

Bagaço, tenho de comentar o teu comentário à Kitty: nem tu nem nenhum homem ao cimo desta terra!!!
ahahahahahahahahah tá bem abelha!! "ah e tal para mãe dos meus filhos quero uma senhora séria!" ahn ahn...

bagaco amarelo disse...

anita, o 'melhor' disto tudo é que um homem nunca é demasiado oferecido. só uma mulher é que o pode ser. :)

Anita disse...

Não percebi... referes-te que os homens não o podem ser ou nunca são?

bagaco amarelo disse...

anita, refiro que isto é uma tristeza. uma mulher é vista como uma meretriz pelo mesmo motivo que um homem é visto como um garanhão. é mais ou menos isso. :)

António disse...

Parece que é mesmo assim. Os livros de psicologia dizem que nós humanos damos mais valor aquilo pelo qual temos de lutar, trabalhar e desenvolver esforço para obter do que aquilo que nos é "oferecido". E a sociedade impõe diversos constrangimentos às mulheres para as impedir de usufruírem da sua sexualidade. É a tal cisa da "p^ta" e do garanhão, consoante falemos de mulheres ou de homens e elas, naturalmente, resguardam-se. São os nossos próprios preconceitos (enquanto homens que busca uma mulher de valor e não uma "cadela") que nos tramam...
É por isso q eu prefiro passar por arrogante e insensível no primeiro encontro, eles não me vêem como um namorado potencial... Com as últimas 4 namoradas (+1 mês) foi assim...

Anita disse...

aaaaaaahhhhh ok
então partilhamos da mesma linha de pensamento...
mas neste caso até é a amiga que se inclui nesse estereotipo...
que raio de mania tem um individuo de se preocupar com o meio mundo diz ou pensa do ele faz na vida...
rótulos... uma pancada minha é arrancá-los das embalagens, dado que não os posso arrancar das mentes das pessoas.

bagaco amarelo disse...

antónio, gostei de saber que uma namorada é quem nos 'atura' durante pelo menos um mês. :)

anita, exactamente. :)

jmdamas disse...

Devo confessar que passei a últimas horas a ler e rir-me das "conversas" do teu blog (e também alguns comentários). Fico surpreendido como é que tu consegues decorar algumas das conversas...
Vou continuara seguir o blog.
Cumps

bagaco amarelo disse...

jmdamas, obrigado. bem vindo. :)

António disse...

Ups,... não queria dizer namoradas, lol... Como é que se diz? "Amigas"? parece-me perjorativo, "FB"s como diz o Jimmy no video abaixo tb n me parece grande coisa. São mais de 10 anos a viver fora...

Como podes ver isto das meretrizes e dos garanhões não é sequer especificidade portuguesa:

http://www.youtube.com/...

bagaco amarelo disse...

antónio, eu gostei de saber e, em abono da verdade, acho uma medida temporal justa, embora não a aplique a mim mesmo. :)

António disse...

Pois, a questão é mesmo essa, eu tb não a aplico, por isso não seria esse o termo... ;)

Alexandra disse...

Também não suporto rótulos, e não tenho a mínima pachorra para tais julgamentos de valor. Homem que me julgasse pela "rapidez" com que fosse para a cama com ele, não era com certeza homem que eu quisesse manter muito tempo. Claro que a minha rapidez seria a mesma que a dele, mas uma vez mais o estereótipo da oferecida vs garanhão faz com que esse facto se torne irrelevante aos olhos dos/das idiotas que se preocupam com prazos.
Além disso, os (felizmente cada vez menos) homens que se preocupam mesmo com essas coisas, geralmente são os mesmos que fazem de tudo para a mulher "ceder" o mais depressa possível, pois isso faz deles "garanhões". Convém saberem o que querem!

bagaco amarelo disse...

antónio, compreendido. :)

alexandra, exactamente. :)