1.18.2011

conversa 1692

Ela - Tens a mania de falar do amor mas acho que a melhor fase da vida é aquela em que estou agora.
Eu - Qual é?
Ela - Não me apaixono, não me quero apaixonar e quero é que me deixem em paz que estou muito bem assim.
Eu - Só isso?
Ela - Só isso?! Não imaginas o esforço que foi chegar até aqui.

26 comentários:

Gelatina de morango disse...

Pois eu acho que ela está cheia de razão. Estar bem sozinho é mesmo uma fase difícil de atingir, mas quando se consegue estamos preparados para tudo o que vier =).

Nuno . disse...

Tens a mania de falar do amor?! xD
Diz à tua amiga para rezar. Rezar para não me conhecer :P

EK disse...

E daqui a pouco começa tudo outra vez...

Anónimo disse...

"Ela" mente :)
mj

redonda disse...

Não sei não, mas desconfio que esta fase vai passar...

Carla disse...

Quem é que nunca sentiu isso?
Mas depois passa...

;)

Anónimo disse...

humm...
Todas as fases são boas quando nos entregamos de corpo e alma e quando há correspondência pela outra parte ;)
L.

Anónimo disse...

cheira-me que essa rapariga/senhora (?) sofreu com relacionamentos ou então simplesmente apredeu a ser auto-suficiente e a estar bem consigo própria sem ter companheiro, namorado ou marido na vida dela ;)
Cumprimentos bagaço!
Laura

obagagem disse...

Ela sabe do que fala... é um estádio difícil mas difícil de alcançar!

B disse...

O comodismo é pai de todos os males... Eu que o diga...

LM disse...

Esforço, Dedicação e Glória- já diziam os meus compadres Sportinguistas. Essa é que é essa.

Carlota de Brito Graça disse...

concordo (:
em primeiro lugar, identifico-me com a fuga do amor e, depois, é de facto um grande esforço desprendermos-nos desse sentimento de necessidade e dependência do amor - não gosto da forma como (a maioria d)as pessoas ama e é amada

Cindy disse...

Eu tb estou +/- assim... e é bom!
Beijocas

bagaco amarelo disse...

gelatina, acredito que seja bom. também já o fiz. só nunca me senti preparado para tudo. :)

nuno, ela é ateia. :)

ek, é provável. :)

mj, mente sem querer, provavelmente. :)

redonda, acho que tens razão. :)

carla, também acho que tens razão. :)

L, sim... com tristezas pelo meios mas isso é verdade. :)

Laura, andas perto, sim. :)

obagagem, é difícil ou, às vezes, inevitável? :)

B, sim, é. mas isto pode não ser só comodismo. :)

lm, da maneira que o sporting está, não sei se bata palmas. :)

carlota de brito graça, eu nem me apercebo da forma como a maior parte das pessoas ama e é amada. mas tento. :)

cindy, beijos. :)

joao madail veiga disse...

As mulheres deviam vir com livro de instruções

bagaco amarelo disse...

joao madail, pois deviam... mesmo assim era preciso que nós conseguíssemos lê-lo. :)

Fatyly disse...

Como é que se pode ter tantas certezas quando a vida é feita de tantas incertezas...e pela boca morre o peixe:):):) e um dia qualquer ela virá a piscar os olhos, aos saltinhos, com mil luzinhas e corações a piscarem e diz-te: estou apaixonada:):):)

bagaco amarelo disse...

fatyly, também acho que sim. aliás, espero que sim. :)

obagagem disse...

acredito que muitas das vezes inevitável sim, mas também pode ser uma escolha, um tipo de liberdade pela qual se luta... é que isto, leia-se, o amor, pode ser muito cansativo também... é uma fase, diz Ela, pois então que seja a melhor enquanto durar :-)

bagaco amarelo disse...

obagagem, sim... no fundo o que importa é sentir-se bem. :)

Lisa P. disse...

não será apenas uma fase, é uma forma de estar na vida, ou opção.... mas somos todos diferentes e quaisquer sejam as filosofias de vida, todas elas carecem de investimento pessoal moral, físico e de espírito ;)

bagaco amarelo disse...

lisa, eu até acho que seria melhor se fosse uma fase. :)

Lisa P. disse...

Let if flow ;)

bagaco amarelo disse...

lisa, e deixo... :)

m disse...

ahah, identifico me ao máximo com isto xD

bagaco amarelo disse...

m, :)