5.17.2010

pensamentos catatónicos (206)

Não gosto de auto-estradas. Ponto final. Prefiro as velhas estradas nacionais, ruas, caminhos e vielas. A sensação de liberdade que uma auto-estrada nos dá, de podermos em pouco tempo sair de um sítio e chegar a outro, é uma ilusão. É que de facto podemos fazer isso mas sem nenhuma possibilidade de improvisação. As vias são fechadas e nem encostar à direita para esticar as pernas podemos. Numa auto-estrada não nos é possível parar fora daquele ambiente hermético das estações de serviço nem nos é possível mudar de percurso com facilidade.
Este fim de semana fiz uma viagem mais ou menos longa. Perto de Coruche, a minha companheira pediu-me para parar dez minutos junto de uma fonte na nacional 114 (acho eu) só para espairecer. Durante esses dez minutos senti-me feliz. Agora estava a pensar que, tal como na condução, também na vida prefiro estradas e ruas a auto-estradas.

31 comentários:

Ana disse...

Finalmente alguém que pensa o mesmo que eu. Também odeio auto-estradas e pelo mesmo motivo que tu. No entanto, quando eu digo isto, fazem sempre aquele olhar de "quem é que no seu perfeito juízo prefere estradinhas a auto-estradas?"...

Anónimo disse...

Querido bagaco, eu hoje gostava de qualquer estrada!

A porcaria do carro esta a verter gasolina por tudo quanto é lado, e eu aqui perdida sem puder mexer me para lado nenhum.
O "Joao" da oficina tenta a todo o custo me tranquilizar...
-Já já...já te o levo...diz ele.
E pensas tu que tens problemas...ate podes te dar ao luxo de escolher !!!!
Bem vindo a casa :)
Beijo x
P.S.

Jil disse...

Sempre preferível! Pela possibilidade de improvisação, pela constância do livro aberto, sem a obrigação de seguir determinada via. O pequeno gostinho de se experienciar a verdadeira liberdade :)
É nas ruas que nos encontramos e nos perdemos. Uma vida feita em ruas é sempre melhor que pela auto-estrada :)
Belo post!

Malena disse...

Tens toda a razão!

Ps: E que tal a fonte, hein? Tinha uma vegetação frondosa ao lado? Dez minutos não foi curto? :P

Gasosa disse...

Compartilho da tua opinião.
Numa estrada comum podemos apreciar melhor a viagem que nos dispusemos a fazer, e em oposição à suposta demora, acaba por não ser verdade perante a beleza que podemos apreciar.

bagaco amarelo disse...

ana, exacto, as auto-estradas são um stress. :)

anónima, bem... nem te vou falar do meu Fiat Seiscento qie ainda este fim de semana andou mais de mil quilómetros... :)

jil, exactamente. :)

malena, na verdade só tinha lixo. estamos em Portugal... :)

gasosa, sim, por exemplo. :)

Eli disse...

Eu gosto mesmo muito de auto-estradas, pois facilitam-me imenso a vida. Ainda bem que temos a alternativa.

É óbvio que para um passeio tuli-tuli, piquenique e tal, escolheria outra coisa.

No entanto, vivam as auto-estradas! Quanto mais melhor!

:)

bagaco amarelo disse...

eli, lol. :)

L u i s P e s t a n a disse...

Eu gosto é de pessoal cheio de tempo livre:)

bagaco amarelo disse...

pestana, e sem dinheiro para portagens, gostas? lol. :)

marie disse...

Então já somos dois com a mesma opinião. :)

bagaco amarelo disse...

marie, mais do que dois, até. :)

Fatyly disse...

Também não gosto nada e sempre que posso numa de "descomprimir e passeio" vou sempre pela nacional, ficando a conhecer terras e terrinhas, parando para apreciar etc. Mas numa viagem longa e com as estradas nacionais num total "esquecimento e cheias de buracos que metem medo ao susto"" o gasto de pneus, suspensão e o desalinhamento da direcção...vai lá vai, também poderá sair ainda mais caro que o custo de uma auto-estrada que é uma mais valia para quem quer chegar mais rápido.

A minha estrada da vida já é longa e composta por tantas estradas e algumas que nem tu (nem os da tua geração) conheces e espero que nunca venhas a conhecer!

Celeste disse...

e passaste em vendas novas para o festival da bifana? adoro bifanas!
Bagaço as auto-estradas poupam tempo mais nada...não à nada como a descoberta de um recanto diferente!

milkadreams disse...

eu conduzo cerca de 200km por dia sempre por estradas nacionais as vezes pode ser chato porque apanha-se muitos camiões e tratores e infelizmente não estão tão bem conservadas como as auto-estradas, mas perder o ar puro e perder a vista, perder a oportunidade de ver animais que não vemos na cidade não obrigado prefiro andar atrás de um tractor

Anónimo disse...

Isto de auto-estradas ou caminhos velhos nao e bem uma questao de gosto,pelo menos para mim, porque claro que eu gosto de ir la pelo meio das vilarecas e dos caminhos de kilometros que so se veem terras ao abandono, e mais fontes secas e camioes de 8 rodas a buzinar na nossa re, e ultrapassagens perigosas, e idas para as valetas, todas essas coisas que fazem a historia de uma viagem, claro que no auto-estrada chegas ao destino sem historia para contar. Mas tal como na vida, auto- estrada e a opcao mais pratica. E assim como um casamento de muitos anos, quando mais rapido chegar-mos ao ponto melhor.Penso eu.lol

Ps. gostava mais o velho look,este esta meio seco.

Anonima Catarina

EJSantos disse...

E Pá. Pode ser. MAs quando saio do Cartaxo e vou para VNG, visitar a minha familia, dão muito jeito.

bagaco amarelo disse...

fatyly, na verdade também fiz aveiro-santarém de auto-estrada e depois é que fui pelas nacionais e IP2 até serpa. :)

celeste, acho que não passo em Vendas Novas... passo lá perto mas não passo lá mesmo. Faço Aveiro-Santarém-Montemor-Évora-Beja-Serpa... :)

milka dreams, eu também faço muito isso, sim... e gosto. :)

anónima catarina, em passeio é uma questão de gosto. quando se está atrasado, de facto, nem por isso. :)

ejsantos, acredito bem que sim, sim... eu também as uso, só não gosto delas. :)

Celeste disse...

xi bagaço dei um erro do caraças, é há de haver!!! Olha lá mas sempre desviavas para as bifanas ;)

bagaco amarelo disse...

celeste, eu reparei... é um erro tão comum... ainda bem que viste. Eu sei que Vendas Novas é a terra das bifanas, sim... mas tenho que ter cuidado com o colesterol. :)

Maria Albertina disse...

concordo plenamente ;)

bagaco amarelo disse...

maria albertina, :)

EJSantos disse...

Sim, compreendo o que queres dizer. E concordo em muito do que foi dito.

bagaco amarelo disse...

ejsantos, :)

Celeste disse...

bagaço eu não posso dar erros desses, enfim já tou a perder qualidades! digo-te que para quem come francezinhas tb pode ir às bifanas, até porque era dia de festival!

bagaco amarelo disse...

celeste, lol. apanhaste-me. a esse festival não podia mesmo ir, senão parece que tinha que ouvir a Mafalda Veiga. Mas um dia destes passo em Vendas Novas e como uma bifana, sim. :)

Celeste disse...

Ok Bagaço, se quiseres fazer 700km este fim de semana há o festival do caracol em Castro Marim ;)

Myann disse...

Nunca tinha visto isso dessa perspectiva. Concordo plenamente contigo :)

bagaco amarelo disse...

celeste, é mais barato ir de avião a faro que a lisboa de carro. :)

myann, :)

Celeste disse...

è verdade Bagaço! 3€ vê lá isso que eu dou-te boleia!

bagaco amarelo disse...

celeste, 3 euros é difícil... a média é 25. Castro Marim é mais para dentro, não é? já quase em Espanha... :)