5.03.2010

conversa 1507

Ela - Sempre que se diz que um homem e uma mulher são namorados supõe-se que eles têm sexo.
Eu - Sim, supõe-se.
Ela - Mas eu acho que é possível considerar um homem meu namorado antes, muito antes até, de ter sexo com ele.
Eu - Possível é capaz de ser... mas não acho que seja assim muito normal.
Ela - Não?
Eu - Não, para ser sincero não.
Ela - Os homens e as mulheres são mesmo muito diferentes.

20 comentários:

Jacek disse...

Nao quero com talvez uma exepcao confirmar uma regra, mas a relacao mais bonita que tive, ja' em adulto, foi uma em que nos assumimos como namorados antes de ter havido sexo. Nao consciente ou propositadamente, apenas assim foi.

Gasosa disse...

Já para não falar no pedido oficial. Pessoalmente eu pensei que a partir do momento que 2 pessoas se apaixonam, dão uns beijos, começam a andar juntinhas para todo o lado e têm sexo, são namorados. Mas afinal parece que não...se não houver uma conversa ou pedido de namoro, são "ficantes" ou "curtes" e esta situação pode durar até anos, se não houver uma conversa esclarecedora....
Realmente este mundo está muito evoluído...

Fatyly disse...

eu também acho que não e felizmente que são diferentes porque se fossemos todos iguais eu bazava deste planeta:)

Neuronio Perdido disse...

Desta vez até posso concordar com ela... mas só nos primeiros 15 dias! :)

bagaco amarelo disse...

jacek, eu acredito perfeitamente nisso. Aliás, o que eu não compreendo aqui, é a necessidade duma método para formalizar uma relação. :)

gasosa, é isso sim. aliás, as pessoas acabam sempre inevitavelmente por conversar sobre elas próprias, não acabam? :)

fatyly, exacto. :)

neurónio perdido, lol. é como eu mas nos primeiros quinze minutos. :)

GiGi disse...

Ela quis dizer, "eu e você somos mesmo muito diferentes".

A experiência ensinou que sexo pode ser simplesmente uma demonstração de carinho e grande afeição por uma outra pessoa, um grande amigo, por exemplo. Namorado, noivo, marido são designações e imposições sociais, mas o sentimento é sempre o mesmo. A não ser que as pessoas permitam que tais imposições influenciem nas suas relações de afeto e isso sim é perfeitamente normal.
Nisso homens e mulheres são iguais.

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Ou tua amiga é estranha ou eu sou anormal por não chamar namorado a alguém que apenas me tenha levado a jantar um par de vezes...

Gasosa disse...

Sim bagaço, é verdade.
Aqui há tempos vi num programa de TV uma bacana que estava com um gajo há 6 anos e ele não se considerava namorado dela porque nunca a tinha pedido em namoro, assim tinha uma desculpa para não estar ligado a ela e poder estar com outras gajas. Enfim, se calhar seu eu que sou muito antiquada XD

Faintrap disse...

Vou ter de concordar, também não percebo a "necessidade" de um pedido oficial, ou coisa do género.
Claro, pode sempre proporcionar um momento bonito, mas continua a não ser "necessário" como pintam, visto que o que realmente importa é aquilo que a relação significa para ambas as partes!

bagaco amarelo disse...

gigi, o sexo pode ser isso, sim... mas antes de tudo é uma questão biológica, uma necessidade física e emocional. :)

pipoca dos saltos altos, eu também não chamaria. :)

gasosa, lol... que argumento cool. gostava de ter visto. :)

faintrap, exacto. :)

GiGi disse...

Sim, sim! Não abordei isso no meu comentário porque acho um pouco óbvio, LOL

Beijinho

MrsRedWoman disse...

Acho que...Sempre que se diz que um homem e uma mulher são namorados não se supõe, necessáriamente, que eles (já) têm sexo. Além disso, há sexo e sexo...se é que me compreendem!!
Ou será que para se ser namorado de alguém tem de se ter sexo 1º?!? Se calhar o sexo será, então, o 1º requesito ou o 1º passo... Se calhar...isto há lá cada coisa...modernices! ;D
Onde começa afinal um namoro...no sexo?? Ou no sentimento??
Realmente, ainda bem que somos todos diferentes, homens e mulheres...

Olga disse...

Quando o sentimento é verdadeiro de ambas as partes e ambos sabem o que querem as coisas acontecem naturalmente sem pressões e sem essa ideia do ter sexo antes ou depois ou de ser ou não namoro.
Este é o lado cor de rosa.

O lado negro é quando um sacana da pior espécie vem com falinhas mansas e depois arranja a conversa do "sem compromisso" que é como quem diz "posso comer quem quiser que tu não tens nada que me cobrar".

C'est la vie...

bagaco amarelo disse...

gigi, para mim é óbvio, sim. :)

MrsRedWoman, ainda bem que somos todos diferentes, sim. :)

olga, lol... também não tem que ser um sacana do pior, pois não? :)

B. disse...

Parece-me que cada caso é um caso. E, acima de tudo, cada qual (e cada casal - sendo casal no sentido de duas pessoas, do mesmo sexo ou não, que partilham momentos), faz as suas regras. Só é preciso encontrar alguém que aceite negociar connosco. É como dizes, chega sempre um momento (15 dias depois ou meses mais tarde) em que falamos com o outro/a sobre o que estamos a partilhar.

bagaco amarelo disse...

B., sim... cada caso será um caso. :)

Pintas disse...

bem.....cada caso é um caso...
mas eu acho que primeiro surge o sentimento, o encantamento e depois o sexo....embora cada casal tenha o seu tempo :)

bagaco amarelo disse...

pintas, pois... mas a ordem não é sempre bem essa, até porque o sexo faz parte do encantamento, às vezes... :)

Celeste disse...

e há-os casados sem o admitirem que estão! Não terá havido anel de noivado? Há, também, aqueles que são eternos namorados ainda que vivam juntos há uma eternidade! enfim!

bagaco amarelo disse...

celeste, exacto. :)