4.21.2009

apalpava mulheres


Eu sei que isto hoje está a parecer o jornal das nove da tvi mas, desculpem lá, não resisto. Um mexicano vestido de mulher foi preso por apalpar uma mulher no metro. O homem, segundo a notícia [ler no globo], vestia-se de mulher, entrava nas carruagens de metro para mulheres e apalpava as vítimas. Só tenho duas perguntas:

1] Porque é que no metro da cidade do México há carruagens só para mulheres?

2] Porque é que raio estão dois gajos com a cara tapada e de metralhadora ao lado dum tipo pequenino vestido de mulher?

37 comentários:

joaninha versus escaravelho disse...

Houve algum golpe de estado no México agora, de que eu não tenha sabido??? :)

joaninha versus escaravelho disse...

Agora respondendo às tuas perguntas:
1- Talvez porque os homens cheirem mal dos sovacos... não sei se será... :/
2- Parece que deve ser porque cheiram tão mal dos sovacos que eles próprios já não suportam o cheiro e ao mesmo tempo serve de castigo (o cheiro) para o tal apalpador.

Acertei? :/

Larose disse...

mas macho macho ....é mesmo o pequenino vestido de mulher ....ahahahahaha

Castanha Pilada disse...

Porque ele é muita perigoso! Esses gajos pequeninos e mexicanos são lixados!

bagaco amarelo disse...

joaninha versus escaravelho, se acertaste estou lixado... :)

larose, lol... eu concordo.:)

castanha pilada, a mim lembra-me mais o topo gigio. :)

Missanguita disse...

O México é uma país estranho... o que vale é que compensam com tequilha...

bagaco amarelo disse...

missanguita, podem é compensar demasiado. de vez em quando, pelo menos... :)

Missanguita disse...

:D
Sim, lá isso é verdade... exageram um bocado...

provocação disse...

Isto não será uma nova moda do oriente para as burkas? E a do meio está a ser ridicularizada pelas outras duas...

Clara disse...

No México existem carruagens de metro apenas para mulheres, devido ao mau comportamento dos homens (diga-se sexual) em relação ao sexo oposto. Passa-se o mesmo no Brasil.
Bjks

Salseira disse...

Na Cidade do México há carruagens só para mulheres precisamente porque parece que os homens por lá têm esta tendência a apalpar mulheres que viajam com eles nas mesmas carruagens. A prova está nesta história.

Infelizmente não é só na Cidade do México que há homens com estas tendências.

E, na realidade, não tem grande piada... Um apalpão pode parecer uma coisa insignificante mas não é... é um abuso!

Olga disse...

R1: Para não incomodar as vacas.

R2: Deve ser algum fetiche...

zeni disse...

"Porque é que no metro da cidade do México há carruagens só para mulheres?"

Admira-me que um intelectual de esquerda como tu, atento às questões da situação das mulheres em geral, da condição feminina, faça esta pergunta! É no mínimo ingénua!

Hanokh disse...

:D :D :D :D :D

não consigo parar de rir

:D :D :D :D :D

bia disse...

Também não percebo (e desconhecia) a existência de carruagens genderizadas...

Fabulosa disse...

carruagens só para mulheres? realmente... =P

JBrito disse...

Boas"? A minha estreia nesta "barraca".
Porquê gostei dos primeiros "post's".

Respondendo ás suas questões;
1) Pelo excesso de tarados que existe no México, ou seja o assédio sexual é uma barbaridade naquele país, como existem carruagens existem tb autocarros, já explica muito coisa dessa Pessoa travesti pequeno.
2) Puro Show off, politico/polícia/entidades governamentais, mostrando ao mundo de que estão em prole da defensa dos direitos humanos e tratamos as mulheres como iguais e coiso e coiso.

E é a assim que andamos…

bagaco amarelo disse...

missanguita, :)

provocação, lol... bem visto. burka's fashion :)

clara, admito que estou.... espantado. :)

salseira, eu concordo plenamente que um apalpão é um abuso e deve ser punido... mas, sei lá... um polícia tuga gordinho e de bigode não chega? são precisos estes dois gajos com ar carnavalesco? :)

olga, lol lol. :)

zeni, eu não sou um intelectual de esquerda e sou tão atento às questões das mulheres como a outra qualquer. não gosto é de guettos... e não os acho uma boa política. :)

hanokh, :)

bia, acho um bocado absurdo... :)

fabulosa, yep... :)

JBrito, até pode ser... mas não acho uma boa ideia... a segunda sim, tens razão... é mesmo show off :)

IMP disse...

No Japao tb ha disso: carruagens só para mulheres :)

zeni disse...

Bagaço,

Estás a colocar as coisas ao contrário: Um ghetto deriva de um tratamento discriminatório; as carruagens só para mulheres não têm o intuito de as discriminar e sim de as proteger contra agressões, que pelos vistos são muito frequentes e difíceis de punir. É uma forma de evitar estas agressões, enquanto as mentalidades (dos homens) não evoluem.

zeni disse...

Continuação do meu comentário anterior:

Já as salas só para mulheres, nas mesquitas, por exemplo, essas sim, são resultantes de um tratamento discriminatório em relação às mulheres.

bagaco amarelo disse...

imp, pelos vistos há em montes de sítios. :)

zeni, não estou não. podemos ter aqui uma discussão semântica sobre a palavra gueto mas acho mais simples ir ao dicionário. No dicionário on line da priberam, por exemplo:

gueto
(italiano ghetto, do hebraico guet)
s. m.
1. Bairro em que outrora os judeus eram obrigados a residir, nas cidades da Itália.
2. Fig. Local onde uma minoria está separada do resto da sociedade: Em Nova Iorque, Harlem é um gueto negro.
3. Carência de liberdade; isolamento.

Num contexto mediático utiliza-se muito a palavra gueto para isolamentos voluntários ou legítimos à face da lei de diferentes grupos sociais, dái a expressão "fechou-se num gueto".

RPM disse...

Mas, havendo carruagens só para mulheres, significa que elas não podem andar nas outras (dos homens/mistas), se quiserem?

zeni disse...

Eu também consigo encontar uma definição na wikipédia que sirva o meu argumento! Ora vê aqui: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ghetto
(Por extensão, designa todo estilo de vida ou tipo de existência resultante de tratamento discriminatório.)

Achas mesmo que as carruagens são getos? Equipara-las a getos? Ou agora dá-te jeito, em resposta à minha provocação?

bagaco amarelo disse...

rpm, não sei... mas suponho que podem se forem vestidas de homem. a manuela ferreira leite, por exemplo, não precisa. :)

zeni, acho que é mais ou menos óbvio que, naquele contexto em que eu escrevi, gueto é uma metáfora social. metáfora essa, como já te disse, muito usada no contexto mediático. mas isso sou eu, que acho óbvio... tu podes não achar. :)

Salseira disse...

RPM e Bagaço, pelo que sei podem andar nas outras carruagens. Há é carruagens que são exclusivas para mulheres. Exclusivas mas não obrigatórias.

E, por isso mesmo, é que na minha opinião não pode ser considerado um gueto. É sim uma protecção para as mulheres.

Não será a melhor forma mas... é uma forma e talvez a única neste momento.

bagaco amarelo disse...

salseira, lol... nesse caso é um gueto para mulheres atraentes. :)

RPM disse...

Bom, se assim é, elas circulam livremente e eles não, são os homens que estão no gueto, não?

Eh! Eh!

Pedaços de Mim disse...

1- Mulheres concentradas dá mais sensualidade ao metro? LOL

2- Para mostrar ali quem é que manda! lol

Salseira disse...

What?!?!

No comments...

joaninha versus escaravelho disse...

Ah! Depois de ler estes comentários todos já percebi a coisa: não passa tudo de uma palhaçada e aqueles são os palhaços de serviço. Só não consigo entender ainda como se pode defender essa atitude como solução. Mas isto sou eu a falar, como de costume... :/

Anónimo disse...

hey o pequenito e danado para a bricadeira, dai os dos soldados devidamente tereinados e artilhados, nao va o pequenito querer apalpa-los tambem, a cara tapada e para no caso de serem realmente apalpados nao serem reconhecidos na rua, se nao sao lixados.
Anonima Catarina

Bichana disse...

Lolololol! Só tu para teres acesso a estas informações!
Também não entendi porque é que o anãozinho é visto como um terrorista qualquer, ahah!

bagaco amarelo disse...

rpm, estão os dois. :)

pedaço de mim, lol. :)

salseira, lol lol. :)

joaninha versus escaravelho, eu estou contigo. em vez de se pensar em integração, pensa-se em desintegração: :)

anónima catarina, eu pensava que a cara tapada era para o caso de serem mulheres. :)

bichana, tenho contactos... lol. :)

lostinthoughts disse...

De acordo com o teu post anterior...talvez porque no méxico matar uma mulher, seja tão banal...

Salseira disse...

Desculpem se levo este assunto demasiado a sério... mas já sofri na pele duas situações muito desagradáveis e talvez por isso não aprecie este tipo de humor negro.

Só sofri duas situações porque vivemos num país em que, apesar de tudo, há respeito entre as pessoas e as mulheres ainda não são vistas totalmente como objectos sexuais (apesar de começar a achar que afinal tenho uma visão idílica da nossa sociedade).

Num país em que esse respeito não existe têm que ser tomadas outras medidas (espero que não sejam únicas como é óbvio). Uma dessas medidas passa por dar às mulheres a LIBERDADE de viajarem sem serem apalpadas. Elas têm a LIBERDADE de viajarem onde quiserem.

Provavelmente preferem viajar numa carruagem só de mulheres porque acham que um apalpão é um abuso físico e psicológico que ninguém tem que aguentar.

Por isso não digam que eu advogo a desintegração porque eu sei muito bem o que advogo e defendo o que necessito de defender sem precisar que os outros coloquem rótulos nessa defesa.

bagaco amarelo disse...

lost in thoughts, lol. :)

salseira, não te zangues. eu também acho que um palpanço é um abuso físico e psicológico. aliás, também acho que quem o pratica deve ser presente à justiça e não ser tratado de ânimo leve. agora, de facto, não me parece que as carruagens de metro só para mulheres resolva esse assunto, uma medida legislativa mais dura e que se ponha em prática é que talvez sim. :)