4.14.2009

amo-te hoje



Estas três placas, colocadas sequencialmente em árvores numa rua de Espinho, chamaram-me a atenção e fotografei-as. Amo-te hoje / Mais que ontem / Menos que amanhã. Dois dias depois já não estavam lá. A questão do amor é sempre a mesma: Amo-te hoje / Mais que ontem / Menos que amanhã / Além de amanhã é que já não sei...

31 comentários:

Gata Kika disse...

Está descansado, eu amo-te hoje menos que depois de amanhã, tá? E muito menos do que o ano que vem, e o seguinte, e o seguinte...

joaninha versus escaravelho disse...

Conseguiste tirar o romantismo todo à coisa :/

Olga disse...

Palavras...leva-as o vento...

L u i s P e s t a n a disse...

Embora só vá ao Norte uma vez por mês, este sábado ao descer a R19 ainda as vi...chama mesmo a atenção...

Amarrotada disse...

Bem pensado...

Cherry disse...

Gostava que as placas tivessem sido para mim... Foi um gesto muiiiiittto romântico!

Paula disse...

gostei...
será que o destinatário da mensagem a recebeu?..espero que sim. são sempre palavras boas demais de se ouvir!

bicho do mato disse...

chegou ao fim a novela? a adolescência corre atrás do momento, que é muito limitado.
ontem, hoje e amanhã, e depois logo se vê.

bagaco amarelo disse...

gata kika, e se não for verdade, pelo menos que me arranhes. :)

joaninha versus escaravelho, às vezes dá-me para ser realista. :)

olga, leva... e as intenções também :)

pestana, estas estavam na 19, sim... não sei se é alguma loja ou se é uma mensagem pessoal. :)

amarrotada, :)

cherry, a não ser que seja publicidade. :)

paula, eu nem sei bem se havia um destinatário ou se era publicidade a qq coisa... :)

bicho do mato, não é a dolescência. são todos... :)

Beco Escuro disse...

Concordo ctg no que toca a "Além de amanhã é que já não sei", e com a Olga, plenamente...

Cumprimentos

Sérgio disse...

ahahaha

Também passei por elas! Ainda estou a pensar se não seriam para mim...

angelasoeiro disse...

Ainda existem essas placas em algumas ruas. Na 19 (antes da rotunda com a 32) e na própria rua 32, até à Nacional.
:D

angelasoeiro disse...

ok, agora reparei que tiraste essas fotos na rua 19 antes da rotunda com a 32, lol
Trabalho aí perto, vê se da próxima pagas um cafézinho, heheheeh

bagaco amarelo disse...

beco escuro, não há como não concordar. :)

sérgio, para mim não são de certeza. menos um... :)

angela soeiro, um café ainda posso pagar. mas as placas já não estão aí... pois não? :)

Paula disse...

não faz mal!
pensemos que sim, que tinha destinatário...é bem melhor!

Mutante disse...

Mmmm... eu cá acho que é só fazer as contas:
amo-te hoje => hoje = dia 2
mais que ontem => ontem = dia 1
menos que amanhã => amanhã = dia 3

Em suma: é amor para toda a vida e mais um dia. Ou será que a vida são três dias e o Carnaval é que são dois?

Digo eu, que mal sei contar e não andei à escola ;o)

Miguel disse...

Tens toda a razão.
Até porque a esmagadora maioria das pessoas usa essa palavra sem qualquer significado.
Talvez porque não saibam o que é o amor...

Beco Escuro disse...

Pois, não há mesmo:(

Lizard King disse...

O ontem, hoje e amanhã são o suficiente de saber...quando se tenta saber se se vai amar no depois de amnhã começam-se a perder pormenores importantes...além disso tudo é finito mas eterno enquanto dura.

Clara disse...

Que lindo! Fez-me lembrar uma frase que vinha nos pacotes de açúcar Nicola: "Qualquer dia beijo-te a meio de uma frase" wow!
Bjk

bagaco amarelo disse...

paula, é melhor sim... :)

mutante, contas realistas. :)

miguel, é uma espécie de democratização apressada do amor. :)

beco escuro, :)

lizard king, sim, o que importa é acreditar agora... mesmo que não se venha a verificar. :)

clara, gira, essa frase... :)

AidaLemos disse...

Vou repetir-me, repetindo Mourão-Ferreira:"nunca o amor foi fácil, nunca,também a terra morre." - escusava era de viver tão curtamente :-)
AL

LURBA disse...

Vidas!!!

Sayuri disse...

Arte contemporânea? Exposição temporária? Instalação?...

Vera disse...

Eu também as vi. No Sábado... Eu vi mesmo no cimo da 19 antes de chegar a rotunda pequena, quem vai para o picoto (que filme...).

Bj

bagaco amarelo disse...

aida lemos, tenho dúvidas sobre a morte da terra e sobre as vidas curtas. sobre o amor não ser fácil não tenho. :)

lurba, :)

sayuri, instalação é de certeza... só não sei que tipo. :)

vera, também vi essas... é por aí que chego a Espinho quase todos os dias. :)

mariana disse...

as placas encontram-se na avenida 32 (a avenida onde se encontra aquele monumento do 25 de abril), mais precisamente quando se chega à industrial (a escola)

pieces of me (Luna) disse...

bah, podem ter sido roubadas.. ou ela pode te-las querido para ela... ou a camara pode te-las tirado de lá. Porque é que tens de ser tão pessimista?

bagaco amarelo disse...

mariana, eu vi-as na rua 19... na avenida 32 não passo assim tantas vezes... mas percebi que colocaram várias... :)

pieces of me (Luna), lol... não é pessimismo. a sério que não. :)

Denise disse...

Lindo!

bagaco amarelo disse...

denise, :)