4.07.2009

conversa 1208

Eu - Não quero ser indelicado mas se quiseres venho aqui ajudar-te a arrumar a tua casa.
Ela - Reparaste na desarrumação?
Eu - Sim... e estou a dizer-te isto porque acho que estás a precisar de ajuda.
Ela - Acho que passei demasiados anos a limpar a casa. Quando me separei simplesmente deixei de o fazer. É triste...
Eu - Não é triste, é normal... às vezes também deixo a minha casa atingir níveis vergonhosos de desarrumação.
Ela - Não é isso que é triste. O que é triste é eu ter chegado à conclusão que limpava a casa, não para mim mas para o sacana do meu ex-marido.

16 comentários:

Tana disse...

Sim sim..isso é que é uma grande tristeza! Nao passei pelo mesmo mas entendo a frustração!


beijos! :)

Larose disse...

"...mas se quiseres venho aqui ajudar-te a arrumar a tua casa."


..... está á vontade, quando quiseres cá vir, deixo-a no ponto para ti ....... a casa é claro!

Joana disse...

Devemos de fazer as coisas por nós e não pelos outros.

Olga disse...

Acho que é frequente (mais até do que desejável) a casa de quem vive só chegar a esses níveis. Mas penso que se pode ver isso de duas maneiras: ou ficar deprimido por se estar só e não ter vontade de fazer nada por nós próprios ou pensar que somos livres e podemos fazer o que nos apetecer sem ter ninguém a cobrar se a casa está limpa ou não!! Pessoalmente prefiro a última! ;)

P.S.: A "Ela" tem sorte em ter um amigo como tu.

Carla disse...

...é triste sim!
Mas há sempre um momento em que se pode fazer inversão de marcha

Gata2000 disse...

Olha não queres fazer isso lá em casa? é que eu estava mesmo precisada de uma ajudinha na arrumação e limpeza da casa!

Stiletto (prev My Space) disse...

Delicioso! Absolutamente delicioso! Que rica gargalhada eu dei agora. Só por isso.. bem hajas!

Anónimo disse...

Palavras para quê, fantástico, fartei me de rir. É por isso que tenho uma Sra em casa, para daqui a uns anos não estar eu a dizer o mesmo, lol.

Blue Mayfly disse...

Pois, quando fazemos as coisas única e exclusivamente para os outros, normalmente temos este tipo de sentimento. Que não é nada agradável.

Girilim disse...

Dá Deus nozes a quem não tem dentes! Se quiseres vir arrumar a minha casa, estás à vontade.
Aqui as limpezas são ao fim de semana. Avisa com antecedência

Red disse...

é mesmo triste. ;)

bagaco amarelo disse...

tana, é uma fase passada. :)

larose, lol. ias ficar espantada. já pensei dedicar-me a empregado doméstico. acho que ganhava mais. :)

joana, devemos fazer por todos, talvez. :)

olga, estou contigo. também prefiro a última. e mais: aprendi a curtir tirar um dia de vez em quando para a casa. :)

carla, exactamente, ainda bem que a vida tem mudanças. :)

gata200, se não fosses de Lisboa. :)

stiletto (prev my space), que isto sirva para alguma coisa. :)

anónimo, lol... bem visto. :)

blue mayfly, pois não é, não... mas é elucidativo. :)

girilim, um T2 com vista para o céu é apetecível. :)

red, prefiro chamar-lhe lucidez. :)

AidaLemos disse...

Não tem mal fazer coisas para os outros - desde que nos faça bem e nos sintamos retribuídas, não?
As que nos fazem ficar tristitas...essas mandá-las àquele sítio :-)
AL

bagaco amarelo disse...

Aida Lemos, boa! concordo plenamente. :)

pieces of me (Luna) disse...

Sim, não é uma boa conclusao

bagaco amarelo disse...

pieces of me (Luna), depende do ponto de vista. pelo menos já concluiu, já pode mudar de atitude. :)