10.06.2008

guardo o telemóvel no bolso

É só uma mulher mal casada, penso. Só que esse é o primeiro problema: uma mulher nunca é só uma coisa. É várias coisas. Ainda bem. Rio-me, dou mais um gole na cerveja enquanto guardo o telemóvel no bolso. Ela acabou de me mandar uma mensagem a informar que não pode sair porque o marido, ao contrário do que estava previsto, voltou para casa mais cedo.
Pouso a cabeça na ma palma da minha mão, cujo braço tremula no balcão, como se quisesse acalmar o turbilhão de pensamentos que se agitam no meu cérebro. Não sei se devo responder. Dou outro gole. Sim, respondo. Eu sou o gajo que responde sempre. Nem sabia que tinhas marido, teclo. Bloqueio de novo o teclado. Guardo o telemóvel no bolso.
Agora são os meus olhos que pousam num aviso cansado. As bebidas expostas são para consumo da casa. Então agora quero um uísque. Mais uma mensagem: Não sabes porque eu nunca te disse. Amanhã falamos. Beijinho. E o beijinho transforma-se numa borboleta que mergulha no copo. É um beijo este próximo gole de uísque. Só não sei se me vai saber bem. Guardo o telemóvel no bolso.

23 comentários:

Di disse...

Ops!!!!!!
Isso dói.. :(

heidy disse...

Dois é bom... três é demais. :) Sempre fui adepta deste lema... passe bem obrigado. ;P

Liana disse...

E essas conversas são tão interessantes ;)

Beijo

Anónimo disse...

1º NÃO A MULHERES/HOMENS CASADOS
2º NÃO A MULHERES/HOMENS NÃO CASADOS, MAS A VIVEREM JUNTOS

;) É muitooooo complicado, mas o lado esquerdo não faz essa leitura (é pena) e quando se dá conta já está!
Eu contra mim falo ( mas isso são outros quinhentos).
Olha boa sorte ;)

Dori.

Liliane disse...

Se isto acontecer novamente, me liga. Por favor.

Posso ser uma companhia melhor que um copo de uísque... mesmo que seja para colocar os nossos diálogos no blogue depois. :D

Beijos e cuide-se!

Pax disse...

A tua capacidade para fazer visualizar cenários é fantástica. Possivelmente já to tinha dito, mas apeteceu-me dizer-to de novo.

Beijos :)

L u i s P e s t a n a disse...

"Eu sou o gajo que responde sempre"

Isso é mau...muito mau...

bagaco amarelo disse...

di, não dói assim tanto. depende... :)

heidy, eu estou contigo, mas há quem tenha opiniões e tendências diferentes... :)

liana, beijinho. :)

Dori, o lado esquerdo nunca soube ler... o problema é esse. :)

liliane, ias ficar surpreendida com a forma como ponho diálogos no blogue. :)

pax, :)

pestana, pois é... mas sou. :)

heidy disse...

Deixa lá... há mais marés do que marinheiros. Foi-se uma gaivota... vais ver que um dia te vai bater à porta uma caravela... daquelas que estão cheias de tesouros. ;P

bagaco amarelo disse...

heidy, eu sempre gostei de barcos a remos. :)

heidy disse...

hum... dão muito trabalho!Estou mais habituada aos semi-rigidos, mas não dizia um não a uma bela caravela... eu bem tento... mas ela não apareceu ainda... lol

Pax disse...

...e a forma como :) também.

bagaco amarelo disse...

heidy, é mesmo por darem trabalho. :)

pax, mais ou menos. :)

heidy disse...

depende... depende... da ondulação... por ex... :)

bagaco amarelo disse...

heidy, eu estava a dizer que há trabalhos de que gosto. mas tens razão: depende da ondulação. :)

[e]vil disse...

Não consigo compreender esta duplicidade que algumas pessoas constroem, escondendo uma parte da vida de uns, outra parte de outros. Será que conseguem dormir bem com isso?

bagaco amarelo disse...

[e]vil, conseguem sim. a sério. :)

heidy disse...

São pessoas que não são felizes com aquilo que construiram. Então precisam destes artefactos... esquecem que cada um tem o poder de escolher... e tentam fazer isso pelos outros. E acontece destas... nunca digo desta água não beberei, porque posso ter "pecado" sem saber... ou vir a acontecer... mas nesse dia o carro dele vai ficar em mau estado. Ui... hoje não vou dizer mais nada. lololol Estou má! Já meti um gajo na estrada a gritar comigo, tudo porque não o deixei passar quando estava na fila dos xico espertos... veio o caminho todo a chamar-me nomes nitos. Pois claro. lol Se calhar este é dos tais que também é infeliz... lol e lá estou a divagar. lol

bagaco amarelo disse...

heidy, eu devo dizer que não tenho nenhum altruísmo moral relativamente a caso nenhum. No fundo acho só que as pessoas têm o direito de tentar ser felizes da forma que mais lhes convém. Às vezes as coisas não são tão simples como parecem... :)

heidy disse...

Pois não... mas o outro interveniente deveria poder escolher. A simplicidade reside nesta questão...

bagaco amarelo disse...

heidy, aí concordamos. :)

kaila disse...

È bom saber,que existe no planeta um "gajo que responde sempre"!È uma novidade para mim.
...a vida arranja-nos cada uma,não é?

bagaco amarelo disse...

kaila, olha que deve haver mais... bastantes, até. :)