10.23.2008

conversa 1022

Eu - Tenho trinta e sete anos. Não me vou meter numa relação qualquer. Há pormenores que eu não dispenso...
Ela - Quais?
Eu - Preciso de viver com alguém que tenha um certo equilíbrio. Tem que ser alguém que esteja presente e, ao mesmo tempo, me permita alguma privacidade. É mais ou menos isso.
Ela - Se eu não fosse casada, eu servia.
Eu - Pois.

14 comentários:

Pax disse...

Vê a coisa pela positiva:
Existem pessoas como tu imaginas
...
podem é estar momentaneamente indisponiveis.
;)

Paula disse...

pois, é o drama dos "ses"...

MFP disse...

"Preciso de viver com alguém que tenha um certo equilíbrio. Tem que ser alguém que esteja presente e, ao mesmo tempo, me permita alguma privacidade." Ora aí está algo que procuro há muito, mas em vão.Quando o consigo é sempre à custa de alguma confusão verbal. Quero privacidade para estar "comigo" com o meu tempo, no meu espaço. Mas há quem não aceite e não compreenda.
(desculpa estar sempre a melgar-te, mas gosto deste "meu espaço")

Papinha disse...

ora aí está!!!

Isa disse...

Esses "pois" :/

poeta de rua disse...

Bagacito, mas tu só tens amigas casadas? :-)

bagaco amarelo disse...

pax, eu sei, lol. :)

paula, exacto. :)

mfp, só que essa confusão verba, só por si, já é má demais e castradora. :)

papinha, :)

isa, é um pois normal... :)

peta de rua, não... lol. mas tenho algumas, sim, o que é normal quando se tem quase 40 anos. :)

Naturezas disse...

Às vezes dá-me a sensação que anda tudo a procurar o mesmo, ou seja acho que há falta de pessoas que respeitem o espaço do parceiro.

bagaco amarelo disse...

naturezas, isso quer dizer, se calhar, que quer respeito não se dá muitas vezes ao respeito. :)

Pax disse...

Então se sabes, já é um bom começo para essa procura :)

mfc disse...

37 de novo?!
Agora é que vou apontar. Deve ser um número cabalístico!

bagaco amarelo disse...

pax, é sim. :)

mfc, é o meu... :)

MYA disse...

Ele - Precisava mesmo duma namorada, pá, mas tu não serves.
Ela - Já agora posso saber porquê?
Ele - Tem que ser uma gaja que faça e me deixe fazer tudo o que eu quero .
Ela - Isso é capaz de ser difícil.
Ela - Não é nada. Há algumas assim. É só encontrá-las.


UUiiiiii, AAiiiiiiii, Peixe morre pela boca........

Nao resisti. Sorry :)

bagaco amarelo disse...

mya, lol :)