10.16.2008

respostas a perguntas inexistentes (45)

Na estação está uma mulher à espera do último comboio da noite. Ela e eu somos os únicos. Já olhei para ela e ela já olhou para mim. Agora esperamos o comboio em silêncio. Se não fôssemos humanos, se fôssemos por exemplo cães, estávamos a interagir um com o outro até que o comboio chegasse. Talvez eu pudesse aproximar-me dela e cheirar-lhe o nariz ou talvez pudesse simplesmente deitar-me no chão com ela aninhada em mim. Mas não. Estamos os dois a uma distância estratégica um do outro esperando o comboio em silêncio.

17 comentários:

pedro disse...

O mais triste é que muita gente se queixa de solidão (eu inclusive), mas nunca nos atrevemos a fazer uma coisa tão simples como falar com outro ser humano...

Besta bestial disse...

Somos humanos, desamasiado humanos. ;)

Tiago disse...

Vais desculpar-me, mas não me consegui impedir de ter pensamentos menos puros com a frase: "Se não fôssemos humanos, se fôssemos por exemplo cães, estávamos a interagir um com o outro até que o comboio chegasse.". =D

Cheila Pacheco disse...

O pior e que os caes nem sempre cheiram o nariz um do outro... Se fosses um cao, so saberias que ela era uma cadela se lhe cheirasses as partes intimas.. E é isso que nos distingue dos animais xD

bagaco amarelo disse...

pedro, é mais ou menos isso, sim. :)

besta bestial, pois somos. :)

tiago, lol... menos puros. ai que eu difo ao senhor padre. :)

cheila, lol... um cão anósmico deve sofrer. :)

angelasoeiro disse...

Ias cheirar-lhe o rabo de certeza! :S

bagaco amarelo disse...

angelasoeiro, lol. sou anósmico. :)

angelasoeiro02 disse...

Se isso tiver a ver com a incapacidade de sentir o cheiro por causa de cenas como 'rinite alérgica' e 'sinusite', então eu também sou isso! XD

kaila disse...

só para te dar razão;tenho uma frase que uso muito mas que a minha familia(por exemplo)odeia que eu diga.Cá vai:
Quanto mais conheço as pessoas mais gosto dos animais...
(espiritualmente falando,claro!)

RedPill disse...

Podias sempre fazer qualquer coisa parecida com o que a personagem do Michael Imperioli fez no Lovebirds... :D
De uma maneira ou de outra o que descreveste acontece todos os dias com todas as pessoas solteiras (e não só) deste mundo... pensar que ali ao nosso lado pode estar uma pessoa "bem ao nosso jeito" mas que não podemos fazer nada para a conhecer melhor... ou se calhar até podemos...

poeta de rua disse...

bom, também poderia dar-se o caso de se rosnarem mutuamente e se agredirem. tb já assisti a cenas assim. Em todo o caso, há no animal uma "não vergonha-timidez-mente" que os faz socializarem com todos. Nós...vá...por norma temos essa distância estratégica.

Red disse...

toda a gente sabe que o sítio onde os cães se cheiram uns aos outros não é exactamente o nariz... loool

bagaco amarelo disse...

angelasoeiro02, lol... a rinite normalmente é alergia ao pólen das flores, não é? :)

kaila, lol... eu quanto mais me conheço a mim, mais gosto dos outros. :)

redpill, podemos... temos é medo :)

peta de rua, às vezes rosnamos uns com os outros... então quando conduzimos... :)

red, eu cá não sei nada disso. lol lol :)

[e]vil disse...

Talvez pudesses, talvez não. Ela podia não ir na tua conversa. Mas para saber isso precisavas de ter tentado... :)

bagaco amarelo disse...

[e]vil, na minha mesmo não ia de certeza. :)

Cátia Silva disse...

O outro dia estava no Metro a caminho do Vasco da Gama, quando um homem muito simpático me abordou! No final acabamos por falar em poesia e ele recitou-me um poema! =) Gostava que existissem mais pessoas assim!

bagaco amarelo disse...

cátia silva, eu também gostava... :)