10.16.2008

fetiches

Há fetiches mais ou menos comuns aos homens. Pelo menos é o que a minha memória selectiva de conversas de café me leva a querer. A saber, e por ordem alfabética:

a dentista
A dentista é um fetiche comum a todos os homens que gostam de sexo oral, por razões que me parecem mais ou menos óbvias, mas no meu caso não é só isso. Quando era adolescente andei no consultório duma dentista que, para além de ser extremamente bonita era também pequenina. Como a cadeira não baixava o suficiente ela, instintivamente e para me tratar a boca, tinha que a trepar. Normalmente acabava com ela nitidamente em cima de mim. Para além disso tinha a mania de falar muito e de me fazer perguntas a que eu nunca podia responder porque estava com a boca aberta e cheia de coisas. Nunca mais fui o mesmo...

a enfermeira
A enfermeira é o fetiche dos fetiches. Nenhum homem me venha dizer que nunca teve um sonho húmido com uma enfermeira que eu não acredito, e desenganem-se aqueles que pensam que o fetiche por enfermeiras tem apenas a ver com a bata branca. Não, também tem a ver com a credibilidade que qualquer enfermeira tem na forma carinhosa como trata os outros. Eu, pessoalmente, comecei o meu fetiche por enfermeiras quando tive que levar, aos 14 anos, três injecções de penicilina no rabo. Lembro-me de ohar para a agulha e começar a suar. Ora, uma mulher que é capaz de me dar aquela injecção sem dor...

a militar
O fetiche pela militar é óbvio. Ao contrário do que se possa pensar, não tem a ver com o facto de de ser activou ou passivo na cama e por isso gostar de dar ou levar ordens. Eu, depois de uma aprofundada pesquisa, acredito que tem a ver com a... máquina zero. Não vou explicar mais porque... para bom entendedor meia palavra basta.

a professora
A professora é um fetiche de adolescente. Não acredito também que nenhum homem chegue à idade adulta sem se apaixonar pelo menos uma vez por uma professora. Eu, pelo menos, perdi-lhes a conta. Este fetiche adolescente é, a meu ver, facilmente explicável: um tipo está numa sala de aula a ter geografia depois de já ter tido Matemática, Educação Física, Português e História. A professora é uma mulher de trinta e tal anos toda giraça para quem o aluno tem que estar a olhar durante uma hora. Não se conseguindo já concentrar no que ela diz, vai pensar no quê?

12 comentários:

Fermelanidades disse...

ai a professora a professora! ai a enfermeira a enfermeira! ai a militar com pente zero com pente zero!

selita disse...

Sim, também há fetiches mais ou menos comuns às mulheres, quase tudo o que envolva fardas (polícia, bombeiro, mecânico...), não preciso explicar porquê, não é?! Ah e depois há o anúncio da coca cola, o das 4h30, o tal que limpava vidros, pelos vistos isto também quer dizer que gostamos do perigo e de ser observadas! ;)

bagaco amarelo disse...

fermelanidades, lol. :)

selita, lol, lembro-me desse anúncio. :)

Richard disse...

e colegiais não? :D

abraço

bagaco amarelo disse...

richard, de colegiais, actualmente, é melhor não falar. ainda vou preso, lol. abraço. :)

poeta de rua disse...

e com duas mulheres, não? tenho a ideia que a maioria dos homens tb deseja a três. não sei. :-)

jp disse...

estás a esquecer-te da reacção vagal a seguir, não é para qualquer uma
;)

bagaco amarelo disse...

peta de rua, dada a escassez... eu contento-me a dois. lol :)

jp, lol... :)

poeta de rua disse...

sim, mas pergunto se não é uma fantasia masculina comum? :-)

bagaco amarelo disse...

poeta de rua, não te sei responder... no meu caso não é. :)

Anónimo disse...

ai ai ai..
adooroo esse assunto de feitiches..
sou estudante de enfermagem ..
i pode crê .. a enfermeira é a melhor ..

bagaco amarelo disse...

anónimo, se eu soubesse o que sei hoje também tinha ido para enfermagem. :)