10.08.2008

favas com chouriço

Há uma mulher por quem sempre tive um respeito enorme. Com alguma razão, há mulheres que se queixam do excesso de trabalho doméstico quando o marido não faz nenhum, outras de ganharem menos nos empregos para fazerem o mesmo que os homens, outras ainda de serem vítimas de algumas bestas que mandam bocas na rua tipo "oh! boa, comia-te toda". Isso é tudo verdade, mas não tem significado nenhum quando comparado com o que passou a partenaire do José Cid, no vídeo A Pouco e Pouco que ficou para a História como Favas Com Chouriço.
Se repararem bem na letra, José Cid revela-se um torturador profissional, com requintes de malvadez capazes de fazer corar qualquer um. Tudo começa na primeira quadra (Acordas-me com um beijo / E um sorriso no olhar / E levantas-me da cama /Depois tiras-me o pijama), em que Cid obriga a vítima a tirar-lhe o pijama depois de a já ter obrigado a dar-lhe um beijo. Ainda assim, como em qualquer câmara de tortura, o processo vai evoluindo a pouco e pouco, e logo a seguir, enquanto ele faz a barba e ela podia ter um pouco de descanso, a obriga a ouvir na rádio o José Cid a cantar (Faço a barba /E dá na rádio / O Zé Cid a cantar).
A tortura psicológica, todavia, vem depois. Ela é obrigada a telefonar-lhe às cinco e meia em ponto e a dizer-lhe que não sabe o que fazer sem ele (Não sei viver sem ti amor / Não sei o que fazer), e ele obriga-a a cozinhar... favas com chouriço (Faz-me favas com chouriço / O meu prato favorito). No fim, quando a porta da liberdade se está finalmente a abrir para ela, José Cid promete nunca mais a deixar em paz (Vou ficar a vida inteira / A viver dessa maneira / Eu e tu e tu e eu e tu e eu e tu).
Por tudo isto, deixo aqui o vídeo numa singela homenagem a esta mulher...

18 comentários:

Red disse...

sem duvida a musica mais pedida dos concertos.

a par de "como o macaco gosta de banana", a mais bela declaração de amor.

looooool

ceptic disse...

LOL

O cid é verdadeiramente uma aberração!

Não sei como é que há quem goste dele e da sua música...

bagaco amarelo disse...

red, esta é mais introspectiva do que a do macaco... :)

ceptic, eu cá adoro. :)

Joana disse...

Bagaço, esta é a minha música preferida do Cid. :)
O videoclip acho genial.

bagaco amarelo disse...

joana, eu gosto mas não é a minha preferida. na verdade acho que cada música do Cid é especial num aspecto diferente. :)

Ska disse...

Estás a exagerar. O Zé trata-a de uma maneira bem respeitosa. "Dou um beijo no escrivão, e não toco na secretária, que é tão boa". Uh? Atenta nisto pá

Luis Pinto disse...

Ela: Soube que amanhã há um concerto do José Cid no Aveirense... Vamos?
Eu: Mas tu não gostas da música dele...
Ela: Mas sei que gostas, por isso vamos lá ver como é.
...
Página do Teatro Aveirense, hoje:
Por motivos de doença súbita do cantor, o espectáculo agendado para o dia 9 de Outubro foi alterado para o dia 16 de Outubro.
Eu (só em pensamento): Foda-se!

bagaco amarelo disse...

ska, isso é para ter um álibi. :)

luis pinto, ena... nem sabia. :)

heidy disse...

já me recordo porque raio não gosto dele... lol

bagaco amarelo disse...

heidy, lol. :)

MYA disse...

Nada melhor que Jose Cid no "percurso" de uma bela noite de copos na Praça ... ou entao uma rapsodia de musica ligeira portuguesa; é uma animaçao.
Ninguem gosta mas todos sabem as letras. E essa agora ?
É ve-los aos saltos na Estaçao da Luz, tambem. Mas NINGUEM gosta.

bagaco amarelo disse...

mya, eu até tenho um cd e tudo... :)

MYA disse...

empresta-mo :))) tbm kero

bagaco amarelo disse...

mya, ele é difícil de gravar porque está protegido... mas com algum trabalho consigo fazer uma cópia... :)

MYA disse...

Tas a ver como és um gajo do karaças... tas a ver !!

bagaco amarelo disse...

mya, do caraças sou... mas isso é bom ou mau? :)

MYA disse...

Epá... ja te respondi a isso! Pra mim é bom, agora para ti nao sei.

bagaco amarelo disse...

mya, pois... é a dúvida eterna. :)