3.11.2011

pensamentos catatónicos (237)

A guerra em tempo de Amor

Mais ninguém. Quando penso na mulher que amo, é sempre o quem depois: mais ninguém. Pensar que gosto mais dela do que de outra qualquer pessoa no mundo, seria pouco para definir o que é o Amor. Pode gostar-se mais de uma pessoa pessoa do que outra apenas um bocadinho. No entanto, pensar que ela é como mais ninguém, isola-a de todos os outros. É como mais ninguém.
Amá-la como a mais ninguém torna-a incomparável. Logo, não gosto nem mais nem menos do que quem quer que seja. Só existe ela. Ela é o mundo, porque essa é uma das definições intrínsecas do Amor: ser o mundo.
É por isso que o Amor também é uma guerra ou, se quiserem, um continuado campo de batalha. Os mundos conquistam-se palmo a palmo, trincheira a trincheira. Essa é a História do Mundo e também a História do Amor.
Um amante passa a vida em guerra, disputando um olhar ou um minuto de atenção desse mundo com todas as armas de que dispõe. Às vezes um olhar, outras vezes palavras, outras ainda o próprio corpo. É uma guerra sem tréguas em que às vezes se é certeiro, outras vezes nem por isso. Eu, como um soldado de quase quarenta anos, já dei alguns tiros no pé. Perdi terreno e voltei a conquistá-lo de novo. Teve que ser. Tem sempre que ser.

26 comentários:

Framboesa (uma diva de galochas) disse...

[alerta de lamechice]
o meu marido (que tb é "o" homem da minha vida)...destaca-se na multidão
[/fim de alerta de lamechice]

bagaco amarelo disse...

Framboesa (uma diva de galochas), lol... isso não é uma lamechice. :)

Briseis disse...

Isto dava para enredo de um filme... "A história de um homem que deu uns tiros no pé e continua a arrastar-se, centímetro a centímetro, ora avançando, ora recuando, pelas trincheiras do Amor"! É genial!lol

bagaco amarelo disse...

briseis, :)

memyselfandi disse...

Se calhar, ainda bem que tem que ser. =) Parte do texto vai para o Quinto... ;)

bagaco amarelo disse...

memyselfandi, exactamente. obrigado. :)

Fatyly disse...

e...jamais desistir e deixar de acreditar!

Gostei imenso!

Helena disse...

Como se costuma dizer: "Quem vai à guerra dá e leva..." Que leves sempre a parte boa, ou seja experiência e capacidade de enfrentar outra se preciso for!

bagaco amarelo disse...

fatyly, obrigado. :)

helena, obrigado. leva-se sempre de tudo. tem que ser. :)

Adrenaline Shot disse...

Este teu post lembrou-me uma das frases mais marcantes que me disseram: "Tu não és as outras pessoas."

bagaco amarelo disse...

adrenaline shot, sendo simples, é também uma verdade pouco aceite. :)

Mikashi disse...

e afortunado aquele que apesar das feridas da guerra, continue com a bandeira bem erguida em busca da sua missão... e que encontra o seu abrigo, onde se sente embalado... mais uma reflexão que me "apaixonou2 ;)

bagaco amarelo disse...

mikashi, obrigado. :)

*Mariana Rodrigues disse...

este post faz-me pensar que ter 20 anos e pensar no Amor é infantil. =/
Fico feliz por ti, por teres encontrado alguém que te faz escrever assim. =)
*

bagaco amarelo disse...

mariana rodrigues, não acho que seja infantil pensar no Amor, mas acho que é infantil não pensarmos nele seja em que idade for. obrigado. :)

Rana disse...

O mundo não se resume a dois seres... isso seria puro egoísmo!
Que o Amor tem as suas armas , isso tem! Todos nós sabemos.
Quanto aos tiros no pé isso acontece, faz-nos crescer.

bagaco amarelo disse...

rana, por acaso, "crescer" é mesmo a palavra adequada aos tiros no pé. essa ou "morrer". :)

Estudante disse...

"Na guerra e no amor vale tudo", costumam dizer. Parabéns por conseguires falar deste grande tema sem fazer com que pareça foleiro ou lamechas :)

eueuemaiseu disse...

Só para avisar q é mais um post teu q vai brilhar no meu blog...
(Quando começares a cobrar direitos de autor, páro de roubar.)

bagaco amarelo disse...

estudante, obrigado. :)

eueuemaiseu, na boa. obrigado. :)

Susana disse...

Gosto tanto do teu blog! Gosto mesmo. Parabéns! :-)

Bjinho

bagaco amarelo disse...

susana, e eu gosto tanto que gostes. :)

Red disse...

"mais ninguém". tal como isto: http://www.fotolog.com.br/forbidden_heart/40759491
i believe that's it...

bagaco amarelo disse...

red, exacto. :)

sophie disse...

Sabe tão bem ser o mundo de alguém... E ter alguém que é o nosso mundo!!!
:)


(E eu que tenho andado ausente... :) Só me desculpo, porque tenho andado a aproveitar o meu mundo!!! )

Beijocas

bagaco amarelo disse...

sophie, é o melhor que tens a fazer. :) beijo. :)