3.23.2011

conversa 1744

Ela - Com a minha idade cheguei a uma conclusão muito simples.
Eu - Tu tens a minha idade. Qual é a conclusão?
Ela - Uma mulher tem que se apaixonar pelo menos duas vezes na vida.
Eu - Porquê?
Ela - Uma que é para arranjar um companheiro que venha a ser o pai dos filhos dela, outra para arranjar um companheiro que não seja o pai dos filhos dela.
Eu - Estás a falar a sério?
Ela - Nunca falei tão a sério na minha vida.

32 comentários:

Cristina disse...

O_O
Fiquei um bocado confusa....

micróbio disse...

Um selo para ti em:

http://vidademicrobio.blogspot.com/2011/03/para-me-animar-o-dia.html

TaViTa disse...

Isso é quase dizer: um marido e um amante! xD

Xs disse...

Não sei que idade é que ela tem mas com a minha não é nada que não tenha ouvido... sem me sentir minimamente chocada... infelizmente por vezes até faz sentido

MM disse...

Estou estupefacta!

Salsa disse...

e depois os filhos é que sofrem.

Isis disse...

Vou pensar um pouco sobre esta temática...volto já ;-)

cristina disse...

Entendo e não aconselho .

Fatyly disse...

Tá bem filha...embora respeite a opinião, cantas bem mas não me adormeces... porque na prática por vezes as conclusões são o que são!

$hort disse...

Não há paixão mais egoísta do que a luxúria


Doantien Sade

bagaco amarelo disse...

cristina, eu não fiquei confuso... mas não acho que seja para levar à letra. :)

micróbio, obrigado. hoje ao fim da tarde vou lá. :)

Tavita, quer dizer dois maridos. um antes e outro depois. :)

mm, eu não... por acaso não. :)

xs, 39. tem 39... :)

salsa, sofrem mais quando têm pais juntos que não se gramam um ao outro. :)

Isis, lol. :)

cristina, não aconselho nem deixo de aconselhar. em alguns casos será próximo da verdade. noutros nem por isso. :)

fatyly, lol. :)

bagaco amarelo disse...

$hort, yep... mas não é bem isso, neste caso. acho eu. :)

Brandie disse...

Percebo perfeitamente. Nem sempre o melhor namorado é o melhor para ser o pai dos filhos. Faz ela muito bem:)

xarmus disse...

Tudo é relativo... mas pode fazer todo o sentido.

CurlyGirl disse...

Por essa ordem ou a inversa?

maria disse...

Não está mal pensado, não senhor. Assim, quando ela quiser ir sair com o companheiro que não é o pai dos filhos dela, tem sempre a quem deixar os miúdos.

Helena disse...

Desde que seja Feliz das duas vezes...isso é que importa!

bagaco amarelo disse...

brandie, acho que te acabas de explicar melhor do que ela o fez. :)

xarmus pois pode... :)

curlygirl, por esta. :)

maria, olha... a ideia era mesmo essa. :)

helena, exacto. :)

Briseis disse...

Eu espero perceber a teoria quando chegar à idade dela... =)

bagaco amarelo disse...

briseis, pode ser a que compreendas mesmo. ou não... :)

Besta Artista disse...

Fiquei chocado e acho a ideia absolutamente absurda...
Queria compreender mas, por mais que tente, não consigo...

bagaco amarelo disse...

besta artista, a mim nada me choca. :)

EJSantos disse...

Relações wash and wear?
Não me choca. Infelizmente.

Logica da conversa:
O que é o outro? Um objecto. Para usar. Pouco importa o que sente...

Infelizmente o egoismo apossou-se de muita gente. Acha que esta sua amiga conseguirá ser feliz? Eu aposto que não. Escapa-lhe a compreensão da essencia do que é uma relação amorosa...

EJSantos disse...

Hmmm, acho que fui um pouco agressivo. Mesmo assim não retiro o que disse.

EJSantos disse...

Hmmm, acho que fui um pouco agressivo. Mesmo assim não retiro o que disse.

bagaco amarelo disse...

ejsantos, se toda a agressividade do mundo fosse essa, estávamos todos bem.
Mas eu acho que ela pode ser feliz, sim. Não estou a dizer que o é, estou a dizer que o pode ser. Afinal de contas, cada um de nós é feliz à sua maneira. :)

Maya Gaarder disse...

"Uma mulher tem que se apaixonar pelo menos duas vezes na vida." e porque não três ou quatro. pelo pai do primeiro filho e depois pelo pai do segundo.... e por ai fora.
Alguém ainda acredita em para sempre? Estamos todos assim tão convencidos da durabilidade das relações? Bem pior do que se apaixonar por alguém que não é o pai dos filhos é ficar com o pai dos filhos não estando apaixonada por ele e limitar a vida a um mundo cinzento sem paixão e amor por bem dos filhos. Garanto, que os filhos não vão agradecer o "sacrificio". Não falo com conhecimento de causa, mas não me choca de todo a ideia. E não vejo egoismo nenhum no facto de alguém buscar aquilo que a completa, nem que isso seja uma "nova" paixão.
A tua amiga tem é bom senso :)

bagaco amarelo disse...

maya gaarder, exacto. o "pelo menos" quer dizer que até podem ser cem. :)

Maya Gaarder disse...

Haja coração que aguente os cem :)
E tempo também :)

bagaco amarelo disse...

maya gaarder, coração arranja-se. tempo é que é mais difícil. :)

Sónia disse...

Posso roubar?!?! Posso?!?!
GENIAL!!

bagaco amarelo disse...

sónia, claro. :)