3.14.2011

conversa 1738

(no café)

Ela - Como é que é estar apaixonado? Já nem me lembro...
Eu - Só te separaste há meio ano, não foi?
Ela - Foi, mas já não estava apaixonada há uns dez anos no mínimo.
Eu - E entretanto ainda não te ocorreu nada?
Ela - Nada. Acho que treinei demasiado a minha forma de ser para conseguir viver sem paixão. Houve uma determinada altura na minha vida em que pensei que isso era normal, percebes?
Eu - Percebo, acho que percebo.
Ela - Mas como é que é estar apaixonado? Dá-me uma dica.
Eu - Olha, no meu caso é estar aqui a beber uma cerveja contigo e a pensar na minha namorada.
Ela - O quê? Estás a falar comigo e a pensar na tua namorada?
Eu - Quer dizer... sim.. mas também estou concentrado na nossa conversa.
Ela - Merda para isto. Pior que estar divorciada aos quarenta é só ter amigos e amigas casados.
Eu - Mas eu estou a ouvir-te...
Ela - A ouvir-me e a pensar na namorada. Muito obrigado.
Eu - Mas...
Ela - Ao menos diz-me que estou bonita.
Eu - Estás bonita.
Ela - Com essa entoação artificial não acredito. Tens que ser mais natural.
Eu - Contigo a pedir-me para o dizer, não consigo ser natural.
Ela - Então e se eu não pedir mais?
Eu - Já pediste.
Ela - E agora?
Eu - Agora é melhor deixares de sair só comigo. Uma mulher que sai com um homem não tem hipótese nenhuma de ter um romance.
Ela - Porquê?
Eu - Achas que algum homem aqui te ia fazer olhinhos comigo ao teu lado? Claro que não.
Ela - Estás comigo enquanto pensas na tua namorada e ainda por cima és um obstáculo à minha felicidade esta noite, é isso?
Eu - Bem... na verdade acaba por ser um bocado isso.
Ela - Socorro!
Eu - Já pensaste em pedir ajuda?
Ela - Acabei de o fazer.
Eu - Estava a falar de um psicólogo.
Ela - Onde é que está um psicólogo?
Eu - Não está aqui nenhum, ou melhor, se estiver eu não sei. Isto é um café. Estava a falar de teres uma consulta num psicólogo. É uma coisa normalíssima, procurar ajuda dum especialista quando estamos tristes.
Ela - Boa ideia. Vou fazer isso. Espero que ele seja giro.

19 comentários:

EJSantos disse...

Já pensaste escrever um guião para um filme surrealista?

Isis disse...

Ehehehehehe. Estar a viver com um homem 10anos sem estar apaixonada, é algo que não concebo. Mas nem todos gostamos do amarelo, certo? :)

Helena disse...

A amizade é o melhor remédio para a tristeza! :)

Salsa disse...

Começa a ser recorrente no género fémenino saberem o que querem mas ao mesmo tempo não o quererem e viverem do passado.

memyselfandi disse...

Oh! Acho que vou ali deprimir... :/
Um psicólogo é bem capaz de não ser má ideia... lol!

Fatyly disse...

Muito tenho aprendido e dou-te razão mas ela que te pague a ti a consulta, porque procurar um especialista quando estamos tristes? olha lá rapaz então não havia especialistas que chegassem já que a maioria dos portugueses fazem de uma caganita uma tempestade e são lamechas de barriga cheia, embora também saiba que aquilo que eu acho que seja uma caganita para muitos pode ser uma ... de elefante.

Oxalá que ele não seja nada giro porque muitas das vezes procura-se o envólucro sem sequer olhar o interior.

bagaco amarelo disse...

ejsantos, por acaso já. :)

isis, também não concebo... mas lá está, nem tudo é óbvio nesta vida. :)

Helena, por acaso é. :)

salsa, lol. :)

memyselfandi, não me parece nada deprimente esta conversa, parece mais surreal. :)

fatly, sempre achei um psicólogo como outro médico qualquer. Mas tens razão numa coisa: alguns abusam... :)

HydraFlama disse...

Será muito difícil perceber a diferença entre paixão e amor?
É perfeitamente possível uma relação perdurar sem que estes sentimentos ocorram cumulativamente.

redonda disse...

Esta Ela está mesmo numa situação complicada...espero que o psicólogo seja giro, ou que encontre na sala de espera um Ele giro...

bagaco amarelo disse...

hydraflama, claro que é possível. :)

redonda, acho que um psicólogo giro podia ajudar bastante, sim. :)

Maite disse...

Well...o seu blog continua a ser excessivamente (no bom sentido) pedagógico :) Nem imagina o que tenho aprendido consigo :)

bagaco amarelo disse...

maite, aprendemos todos uns com os outros. :)

Briseis disse...

Eu conheci um psicólogo que era lindo de morrer... Não era meu médico mas, se fosse, não me importava nada de ir a 20 consultas por mês... Não sei é se melhoraria alguma coisa...lol

bagaco amarelo disse...

briseis, melhorarias com certeza, lol. :)

Paula Galego disse...

loooooool realmente as vezes esquecemo nos :s

Anónimo disse...

não estar apaixonado não significa não amar...

bagaco amarelo disse...

paula galego, perde-se-lhe o jeito, é só isso. mas recupera-se num instante. :)

anónimo, pois não. :)

eu, que tenho alguém igual a mim. disse...

e beeeeeeeeeem!! ;) as mulheres vão sempre um passo mais à frente ;)

bagaco amarelo disse...

eu, que tenho alguém igual a mim., isso é verdade. :)