9.10.2008

todas as bombas de gasolina estão ocupadas

Todas as bombas de gasolina estão ocupadas. Espero a minha vez numa delas enquanto ouço a Rádio Terranova. O condutor do carro à minha frente volta da caixa de pagamento e arranca. É a minha vez.
Todas as bombas de gasolina estão ocupadas. Nunca percebi porque é que praticamente todos os homens que põem gasolina fazem questão de aproveitar uma gota ou duas no final como se estivessem a aproveitar água num deserto. Pelas minhas contas, se o meu carro gasta mais ou menos cinco litros para fazer cem quilómetros, quatro gotas dá para... uns dois centímetros. É com este pensamento que sorrio sozinho, enquanto espero que o marcador chegue aos trinta euros pré marcados.
Todas as bombas de gasolina estão ocupadas. Uma mulher num jipe que espera agora a sua vez, mesmo atrás de mim, apita e diz-me que me despache. Finjo que nem a ouço. Ao meu lado mais um homem que bate com a pistola na entrada do depósito para aproveitar as últimas três gotas. Torno a sorrir. A mulher torna a praguejar. Ainda se ri, diz ela bufando.
Fixe, penso. A gaja está nervosa e eu não tenho pressa para ir a lado nenhum. Devagar, mas mesmo muito devagar, pouso a pistola, vou dentro do carro buscar a carteira, tiro o telemóvel do bolso e desligo-o, abro a bagageira e torno a fechá-la. Depois vou, a passo de caracol, pagar. Claro que primeiro leio todas as capas dos jornais expostos lá dentro e, ao realizar o pagamento, decido ainda tomar um café.
Todas as bombas de gasolina estão ocupadas. A condutora que ainda espera a sua vez faz marcha-atrás e muda de fila. Outro carro mete-se atrás do meu. Bebo o café num só gole, que não gosto de fazer esperar ninguém, e vou embora. Arranco e pelo espelho reparo que o carro atrás de mim já está a pôr gasolina. Ela tem o vidro aberto e grita com alguém na fila onde está agora. Talvez esteja a dizer ao condutor da frente que se despache. Talvez ele esteja a aproveitar as últimas gotas...

14 comentários:

Fermelanidades disse...

É pá tu vai-te lixar que és mesmo mauzinho :))))

Eu por exemplo sacudo a pistola não por causa das 2 gotas que me vão fazer andar 3 centimetros mas sim para não escorrer para fora do buraco. Afinal no sacudir é que está a higiene. É ou não é? Já nem sei bem de que situação é que estou a falar. Sacudir?

abç

STP disse...

Caro bagaço, também já fiz o mesmo a pessoal que tem a mania de refilar.
Isso de aproveitas as gotinhas, são sinais dos tempos e das dificuldades.
Infelizmente, a estupidez humana grassa ... e ter o carro ao ralanti durante não sei quantos minutos (a mulher que estava atrás de ti desligou o carro?), ou fazer arranques poderosos mesmo em pára-arranca ou para ter que parar 20 metros à frente, gasta muitíssima gasolina ...
Essas medidas de sacudir a gotinha são puramente psicológicas e eu até lhes dou valor se fizerem com que as pessoas se sintam melhor, mas... é pena que não se lembrem de tudo o resto que fazem.

Já agora... e aquele pessoal que aparece à tua frente para pagar, com 5 cartões de pontos, e depois não pára de fazer perguntas? - "e quantos pontos é que eu tenho? e dá para transferir para outro cartão? e tenho direito a um saco térmico ou a um colchão de campismo?"...

Até à próxima!

Olga disse...

Gostei do enredo, do suspense e dos requintes de malvadez. Ah e tem cuidado quando atravessares a estrada, nunca se sabe por onde anda a mulher do jipe!! ;)

Anónimo disse...

Tu és do tipo de "gajo" que me tira do sério qd estou a pôr gasolina ... mas ninguém compreende a Sra. do Jipe. LOL
Dori.

Cerejinha disse...

Murphy's law... Ela nunca deveria ter mudado de fila!

Ana disse...

É a lei de Murphy: quando pensas que as coisas não podem correr pior, eis quando se tornam ainda piores.
Infelizmente foi mais ou menos assim que aprendi a ter paciência ihihihi :)

jg disse...

Sacudir a mangueira da gasolina é uma rotina tal como sacudir a pilinha para não pingar a cueca.
Adoro gajos e particularmente gajas cheios de pressa.
Confesso que por vezes sou presenteado com cada espécie de lesma que se não me situo, passo-me. Cismam aparecer sempre nas piores alturas. Em rigor, nunca disse que sou a favor da democracia ou de algo que me retire direitos!

Joana disse...

Haha...
Foste mauzinho, mas acho que estiveste bem! :)

that's all folks disse...

lol eu também tenho o hábito de aproveitar a gasolina que fica no tubo e olha que não são só 2 ou 3 gotas... se já estou a ser roubada, ao menos que seja o mínimo possível...

13EtMundus disse...

Ahhh, ó Bagaço, agora andas a ser mauzinho? ;)

Ainda bem. Deste-lhe o que mereceu.

Abraços,
13

bagaco amarelo disse...

fermelanidades, lol... abç

stp, esses que perguntam por tudo e mais alguma coisa nas filas dão-me ideias para chatear tipas como esta. :)

olga, o meu sonho é morrer atropelado numa passadeira. acho o efeito bonito. :)

dori, se algum dia me vires à tua frente, avisa-me que és tu. :)

cerejinha, neste caso é também a bagaço's law. :)

ana, lol... vês? estou a contribuir para o pessoal aprender a ter paciência. :)

jg, também não gosto de lesmas, a não ser que a lesma seja eu. :)

joana, fui lento... só isso. :)

that's all folks, experimenta ver se fazes menos quilómetros sem aproveitar essas gotas. :)

13etmundus, não é mauzinho... é lento. :)

Olga disse...

Que maluco! Não digas isso nem a brincar. Já bati 3 vezes na madeira! Móss déb!!

Anónimo disse...

Bagaço, será difícil ir a Aveiro. Estou um bocadito longe ;)
Mas, supondo que isso acontecia, acho que ñ teria coragem de me identificar ... depois de tanto praguejar contigo LOL.
Dori

bagaco amarelo disse...

olga, não te preocupes. eu não levo essas coisas a sério. :)

Dori, não praguejas assim tanto. :)