9.24.2008

terapias para ser feliz mesmo quando ela passa por nós e nem nos cumprimenta (4)

Primeiro barra-se a bolacha com doce de tomate. Depois exerce-se uma ligeira pressão entre bolachas até que o doce passe pelos orifícios da bolacha. Morde-se a gosto.

[terapia roubada descaradamente ao blogue Ovo Zero]

16 comentários:

selita disse...

Pois eu ando em terapia há anos e é tão bom! ;)

Joana disse...

E o meu doce de tomate é uma especialidade...

Olga disse...

A receita parece boa. Experimenta com chocolate que também resulta.

bagaco amarelo disse...

selita, eu também ando... só não sabia, lol. :)

joana, ena... nunca fiz doce de tomate. compro feito. :)

olga, sim... já experimentei, lol. :)

pimpinela disse...

:)
esperemos que resulte.

bagaco amarelo disse...

pimpinela, resultar até resulta... mas não sei por quanto tempo. :)

tienhuan disse...

lol.. eu pensava que só as mulheres é que tentavam afogar desgostos em doces.. pelos vistos enganei-me

pimpinela disse...

se não resultar passa para o plano b.

Anónimo disse...

Terapias quando queremos mt uma pessoa e ela nos deixa em banho maria?
Estas tuas terapias estragam a dieta LOL
D

Red disse...

bolacha com tomate?! na na na. sandes de bolacha com manteiga.

bagaco amarelo disse...

tienhuan, enganaste-te sim. :)

pimpinela, eu sou mais clandestino... porque o plano b fica no Porto e um bocado fora de mão. às vezes, no entanto... :)

D, não te preocupes com dietas quando estás em banho maria... é uma máxima a não esquecer. :)

red, com doce de tomate, que é diferente. :)

pimpinela disse...

:)sê radical!

Joana disse...

Bagaço se quiseres a receita diz ;)

bagaco amarelo disse...

pimpinela, ainda ontem andei por lá. :)

joana, já agora... quero :)

Helenikon disse...

Não consigo evitar lembrar-me deste post sempre que saio de casa. Está mesmo na mouche.Parece que o melhor é ter sempre um pacote de bolachas e uma embalagem de compota ou Tulicreme à mão de semear.

bagaco amarelo disse...

helenikon, :)