9.08.2008

conversa 942

Ela - Acho que isto contigo está a ser uma merda. A sério...
Eu - Porquê?
Ela - Vou acabar por te perder e vou ficar triste com isso.
Eu - Não percebi. Vais perder-me como, se nós já falámos sobre isso e chegámos à conclusão que é melhor sermos só amigos?
Ela - Mas se tu arranjas uma gaja nem amigos continuamos. É só por isso que, mesmo sem estar assim apaixonada por ti, já pensei em ser mais do que tua amiga.
Eu - Continuamos amigos pois. Porque é que não havemos de continuar?
Ela - Porque é assim. Se eu começar a andar com um gajo, achas que vou continuar a ter tempo para ti? Claro que não.
Eu - Ah!

14 comentários:

Olga disse...

Claro. Então quando se arranja um "gajo" põe-se de parte toda a nossa vida anterior, amigos, família e só se vive em função desse dito "gajo". Quando a relação acabar não sei como será uma vez que se deixou de ter vida própria...

elisa disse...

Lá está uma coisa que me transcende: antecipar os problemas.
Mas porquê?

13EtMundus disse...

Ela - Porque é assim. Se eu começar a andar com um gajo, achas que vou continuar a ter tempo para ti? Claro que não.
Eu - Qualidade, não quantidade.

Anónimo disse...

Ora aí está uma mulher como tantas outras ... quer ter a tua atenção enquanto não tem ninguém.
Não sei porque motivo a maioria de nós (homens e mulheres) não sabe manter as boas amizades e coloca os "amores" à frente de tudo. Há espaço para ambos ;)
Bj
Dori

Joana disse...

Ela está um bocadinho indecisa.

bagaco amarelo disse...

olga, a expressão "arranjar um gajo" já me transcende. :)

elisa, para ter assunto, por exemplo. :)

13etmundus, :)

Dori, isso vem mais com a idade, parece-me. :)

joana, o mundo inteiro anda indeciso, é o que me parece, pelo menos. :)

sem-se-ver disse...

posso responder à olga?

não: arranja-se novo gajo. e o ciclo repete-se.

sei do que falo, a minha anterior relação amorosa demonstrou-o plenamente. eu era a única (sem nunca o ter pedido nem sequer esperado, note-se). deixei de o ser, a nova passou a ser a única.

descobri que isto deve ser assim desde o início dos tempos, com aquela criatura...

(porque falo nisso? não só porque não entendo - nem que seja porque eu não sou assim -, mas porque me dói. claro. parece-me evidente que qualquer um/a se doa de ser arrumado numa gaveta qualquer que nem na categoria de amigo/a continue a ser aberta, com naturalidade e regularidade. e porque me entristece: pelas pessoas passadas na vida desta, pela pessoa presente na vida desta e pelas pessoas futuras na vida desta, que a máquina trituradora há-de-se manter!!)

donde: espero que essa tua amiga seja só e por enquanto, como intuo, gaiata, e não desta estirpe.

bagaco amarelo disse...

sem-se-ver, sim, eu percebo-te... uma coisa é o desgaste duma relação a dois, outra coisa é esse desgaste ter implicações até na amizade entre ambos. Também não percebo. :)

sem-se-ver disse...

não, nem falo disso, querido. falo mesmo de algo que transcende, porque nunca tinha conhecido alguem assim. alguem, como a olga descreve: 'Então quando se arranja um "gajo" põe-se de parte toda a nossa vida anterior, amigos, família e só se vive em função desse dito "gajo".' (bem, com excepção da familia, nao exageremos).

e descobres, assarapantada, que aquilo é a regra quando te apercebes que não foste a excepção quando a relaçao terminou. entendes?

há pessoas assim! esquecem e deixam de ligar a todos os outros, por mais importantes que tenham sido nas suas vidas, tenham que estatuto presente tiverem - amigos, pelo menos -, para se dedicarem em exclusivo à paixao que vivem.

e essa paixao, a pessoa dessa paixao, terá igual destino quando a relaçao terminar and so on.

eu nao pensava possivel, mas que las hay, las hay.

bagaco amarelo disse...

sem-se-ver, ok... percebo. não creio que isso traga muita felicidade. :)

sem-se-ver disse...

eu também não. :-)

(qt à conv la de cima da praia de seixo de mira, tu foste cada tiro cada melro, rapaz... nao estavas mesmo nos teus dias... ou será que estavas? :D

bagaco amarelo disse...

sem-se-ver, acho que há aspectos da minha vida em que nunca estou nos meus dias: :)

pieces of me (Luna) disse...

eu tive exactamente a mesmissima conversa ontem.... :s

so k foi mais soft:
Ela: se encontrares uma gaja ela vai ter ciumes da relaçao que temos...e pronto, vai-se tudo pelo cano a baixo...
Ele: tens razao...

bagaco amarelo disse...

pieces of me (Luna), isso é mesmo mais soft. :)