9.15.2008

conversa 952

(ao telefone)

Ela - Faz um chá e não saias de casa...
Eu - Mas a que propósito?
Ela - Tu sais de casa quase todos os dias. Faz-te bem ficar um bocado em casa.
Eu - Não gosto muito que me digas essas coisas. Parece que queres ser minha mãe ou assim...
Ela - Se eu fosse tua mãe, estavas era a apanhar.

9 comentários:

Teresap disse...

Que idade tem "eu"?

moi chéri disse...

aqui na minha terra, cuja brutidade verbal é conhecida, a frase teria saído mais ou menos assim: "se fosse tua mãe 'mamavazeas'"

Paulo disse...

Bagaço,
Como ela não é tua mãe, "apanhar" até pode ser muito bom... :):):)

Olga disse...

Então? Andas a portar-te assim tão mal? He he!! ;)

bagaco amarelo disse...

teresap, 37. :)

moi chéri, tenho ideia que não deve ser bem assim. Beja não é a cidade mais limpa de Portugal e tudo? Nem sequer escarram para o chão como aqui no norte. :)

paulo, lol... a mim dá-me sempre medo. :)

olga, eu só me porto bem. :)

moi chéri disse...

lá asseadinhos somos, agora brutos... txiii...

bagaco amarelo disse...

moi chéri, eu acho que só estive uma vez em Beja, na minha vida toda. Era criança e não me lembro de brutalidades. :)

Cristina disse...

Hahahahaha... 'tás tramado :)

bagaco amarelo disse...

cristina, sim... já estou há algum tempo... :)