6.08.2011

respostas a perguntas inexistentes (156)

comer

"Comer uma gaja" ou "comer um gajo", se não é a forma mais bonita de se dizer que se fez Amor com alguém, é pelo menos a forma mais justa. Algumas mulheres, a quem a expressão "comer uma gaja" enoja, até reagem com um "blhac!", exactamente como se estivessem a afastar de si um prato de comida estragada. Tem, portanto, tudo a ver.
A língua é, aliás, fundamental no acto de fazer Amor, talvez porque nela estão presentes a maior parte das papilas gustativas do nosso corpo. É através da língua que um homem pode dizer se uma mulher é doce ou salgada, tanto para a provar como para o dizer.
O Amor faz-se como se come. Às vezes prefere-se uma suave saladinha de Verão, outras vezes uma picante francesinha que faz suar. Tudo depende de como e quantas vezes se quer comer por dia. Também há alturas em que preferimos comer às trinquinhas e outras à glutão. Seja qual for a versão, produzimos sempre mais saliva que o normal. A saliva é a seiva do Amor e da fome.
Por falar em fome, existe uma solidão sexual em cada um de nós, e essa mata-se com sexo, tal e qual como se mata a fome com comida. Estas duas formas de saciar o corpo complementam-se na sua necessidade: uma engorda e a outra emagrece. Se não quiserem dizer assim, não o digam. Mas enquanto aqui andam, comam.

23 comentários:

Cota disse...

Grande analogia bagaço... Sempre sem facilitar =]

E seguindo a tua temática, neste momento, realmente faria uma daquelas jantaradas a dois em que eu e a convidada comeríamos sofregamente xD

bagaco amarelo disse...

cota, neste momento eu também fazia. :)

Isis disse...

Muito bom. Só por acaso...já comia um soberbo pequeno almoço ;)

bagaco amarelo disse...

isis, lol. :)

$hort disse...

Comam e deixem comer-se...

Não ter mais olhos que barriga...

E

Comer para viver ou viver para comer...


;D

bagaco amarelo disse...

$hort, quando era puto, essa coisa dos olhos e da barriga fazia-me uma confusão que nem imaginas. :)

EJSantos disse...

Gourmet!

TLD disse...

E c(f)oder é tão bom, pá! Tão bom!

AVÊ BAGAÇO!!!

bagaco amarelo disse...

ejsantos, :)

tld, lol. coder?! :)

ana disse...

este post faz crescer água na boca :)

Pintas disse...

Mas que comparação maravilhosa. Honestamente neste campo também não percebo as mulheres.Se gosto que me diga "és tão boa" porque não "vou-te comer"? Se pensar bem podia ser dito o mesmo sobre uma francezinha. Vou linkar-te ok?

bagaco amarelo disse...

ana, :)

pintas, mainada. :)

Olga disse...

No fundo tudo se resume ao prazer que se pode ter a comer ou a fazer amor.

Fatyly disse...

ai o caraças que nem vejo as teclas de tanto rir...oh rapaz tu és o máximo dos máximos e tens razão e à moda dos putos...prontossssssssss vou comer, mas o jantar, porque cansada como estou, ir agora à procura de um gajo para o comer, não passaria do prédio e os que aqui moram...fujam... que são tão lindos, tão bons, tão gostosões uma montra de horrores e mal cheirosos...que perdia a pica toda porraaaa deus me livre loll

Parabéns uma vez mais...e maisnada!

bagaco amarelo disse...

olga, sim... bem, e ao que se come. :)

fatyly, também já me estou a rir, lol... horrores e mal cheirosos. :)

m disse...

a razão do nojo é porque quando se usa normalmente essa expressão, quer dizer que depois de se comer, vai-se cagar, e por analogia as pessoas nao gostam de ser descartadas. Não querendo dizer todas.

bagaco amarelo disse...

m lol lol lol. a sério que vou ter isso em conta. :)

Joy disse...

O que a mim me enoja não é a expressão comer, porque nisso dou-te razão, mas sim a parte da "gaja" porque é de um desprezo...

Malena disse...

Eu adoro comer!! ;)

memyselfandi disse...

=) é só o que me ocorre!

ela disse...

É mesmo isso m.

bagaco amarelo disse...

joy,, não acho... mas depende do contexto. normalmente podem-me chamar gajo à vontade. :)

malena, e eu. :)

memyselfandi, :)

ela, :)

Anónimo disse...

Na minha terra, comer uma gaja e fazer amor são coisas diferentes...