3.23.2009

conversa 1194

Ela - Desde que o meu filho nasceu deixei de distinguir a palavra mamã e mama.
Eu - Porquê?
Ela - Como mamã não passo de uma mama...
Eu - Estás cansada?
Ela - Estou cansada de homens: É tão fácil ser homem, não é? Manda-se uma queca, os putos nascem e as mulheres que os aturem...
Eu - Talvez estejas com um depressão pós-parto.
Ela - Eu estou é com vontade de começar a correr e só parar na Nova Zelândia.
Eu - Não podes... tens pelo menos um oceano pelo meio...
Ela - E se te calasses, não era melhor?

19 comentários:

Closet disse...

Bom, a sensibilidade não foi o teu forte... maspelo menos não lhe este o endereço da Tap :)

pieces of me (Luna) disse...

Não era a melhor altura para divagares sobre a existencia de oceanos..lol

Tony Talhante disse...

São 2 oceanos pelo meio. :))

Alexandra disse...

Realmente, devia ficar calado!

bagaco amarelo disse...

closet, é que a TAP não voa para a Nova Zelândia, acho eu. :)

pieces of me (Luna), por acaso tenho uma pequena dúvida sobre os oceanos... mas vou tirá-la na net. :)

tony talhante, penso que se for pela Ásia pode fazer só um mas não tenho a certeza. Ou o Índico ou o pacífico. :)

alexandra, ela é que começou. :)

Girilim disse...

Já dizia a minha avó... come e cala-te! :)

Maguita disse...

Hum... realmente a Tap não voa para a Nova Zelandia mas voa a British... mas realmente essa dos oceanos não foi a melhor... e digo já que desta minha boquinha linda também já saiu uma frase do genero... "Estou aqui, estou a fugir para a Austrália!" que por acaso também foi ao pé de um amigo do sexo oposto que me disse... "olha a qualidade de vida lá sempre é melhor que aqui" grrr HOMENS!!!

bia disse...

e se tivesse nascido uma menina?

bagaco amarelo disse...

girilim, a minha só dizia "cala-te". :)

maguita, tenho um amigo na austrália... se for preciso. :)

bia, sei lá... :)

sem-se-ver disse...

tu às vezes perdes excelentes ocasiões para estar calado, pázinho.

Red disse...

consta que quando eles nascem é que é o diabo. ainda me falta, espero eu. lol

Closet disse...

ahhh, boa! E para a selva, voa?

calamity disse...

:)
Só posso falar por mim...
Tive vontade de correr, voar, descolar num foguetão. Desconfiei que me ia desintegrar, desfazer em pó ou queimar os (poucos) neurónios que me restavam...
Hoje, voo a espaços (embora não prefira a TAP) e a única casa que tenho a que voltar é ...Ele.
Cada vez acho mais que a natureza é sábia.
Beijo, Bagaço.

bagaco amarelo disse...

sem-se-ver, se eu ficasse calado ela podia pensar que a estava a desprezar. :)

red, quando nascem assusta... mas depois passa. :)

closet, para os Açores, por exemplo. A mim parece-me bem que nunca lá fui. :)

calamity, a mim parece-me bem... e também não prefiro a TAP. :)

Fabulosa disse...

ahahaha! =D ganha ela!

sem-se-ver disse...

nada: sentiria a tua compreensão, manifestada pelo teu silêncio (de ausência de uma réplica infeliz)

há alturas em que o humor não desanivua, só complica - e magoa.

bagaco amarelo disse...

fabulosa, e eu dou-me por vencido: :)

sem-se-ver, depende do sentido de humor de cada um... quando não se tem, é verdade. :)

sem-se-ver disse...

mesmo quando se tem, meu caro, mesmo quando se tem...

chama-se sentido de oportunidade, e esse, infelizmente, muita gente não tem

bagaco amarelo disse...

sem se ver, eu tenho... a falta de oportunidade é uma oportunidade. :)