3.02.2009

conversa 1173

Ela - Estou possessa.
Eu - Porquê?
Ela - Hoje de manhã a minha filha acordou doente e, como de costume, tive que faltar ao emprego.
Eu - E chatearam-te no emprego?
Ela - Não é isso... o meu marido nunca falta ao emprego. Pisga-se logo mal vê que a miúda está doente.
Eu - Já falaste com ele sobre isso?
Ela - Já... acho que a única maneira é separar-me. Assim, quando for ele que está com a miúda, é ele que tem que faltar e pronto. Nem sequer há discussão...
Eu - Estás um bocado exaltada...
Ela - Cala-te tu também...

17 comentários:

Larose disse...

Dizer a uma mulher exaltada, que está exaltada .... é um erro do tamanho de um camião!

Miguel Ferreira disse...

sim o melhor será certamente a separação, lol

a questão é simples: quem ganha mais?

http://jogosecharadas.com

Lizard King disse...

Ainda nos falta uns bons anos para evoluirmos nesse sentido e apesar da Lei estar criada e regulamentada, inumeras entidades patronais não "veêm" com bons olhos as licenças de paternidade ou o pai tirar dias de assistência à familia e (infelizmente) pode e é usado como pressão para despedimento.

A sua amiga tem razão, é melhor tolerado em homens divorciados com filhos em guarda partilhada...no entanto também já vi acontecer (tipo este fds) o miudo adoecer e o pai no seu fim de semana vir traze-lo a mãe porque "ela sabe melhor o que fazer e a X não quer assumir essa responsabilidade" :/

Vai de cada um, da sua sensibilidade e formação.

pieces of me (Luna) disse...

nah, ela está calmissima como é de denotar..lol

Paula disse...

é uma boa razão para acabar com um casamento, não há dúvida!
hehehehe

lostinthoughts disse...

só tenho pena é da miúda...q haja divergencias entre o casal "tudo bem", mas que a criança sirva de joguete entre os dois!!! Enfim...

bagaco amarelo disse...

larose, ainda há bocadinho passei por um camião tão pequenino... :)

miguel ferreira, lol... aí está uma forma pragmática de ver a coisa. :)

lizard king, isso dos filhos doentes também já vi... e admito que é verdade. há quem depois de anos como pai ainda não saiba o que é um frasco de xarope ou um supositório... )

pieces of me (Luna), lol... calmíssima mesmo. :)

paula, eu até compreendo. :)

lost in thoughts, se chamas a isto servir de joguete, e eu percebo-te, espero que nunca vejas o que é servir de joguete mesmo...

lostinthoughts disse...

é uma forma sim, de servir de joguete, há outras mas nem vou opinar se são melhores ou piores, pq servir de joguete nunca é bom. O mais me indigna aqui é a falta de respeito pela criança. Era suposto tratarem da filha doente por dedicação e não por obrigação!!!!

bagaco amarelo disse...

lostinthoughts, eu costumo ficar mais preocupado com chantagens emocionais sobre a criança e é aí que lhe chamo joguete... neste caso ela nem se apercebe. é uma discussão entre pai e mãe... :)

CCF disse...

Ela tem inteira razão! A responsabilidade sobre a criança é de ambos, mas são as mulheres que normalmente faltam para prestar cuidados às crianças. Depois é ver o parlamento cheio de homens, o governo, as autarquias...não obstante terem sido elas que foram para a faculdade e tiraram as melhores notas!
~CC~

CCF disse...

Ela tem inteira razão! A responsabilidade sobre a criança é de ambos, mas são as mulheres que normalmente faltam para prestar cuidados às crianças. Depois é ver o parlamento cheio de homens, o governo, as autarquias...não obstante terem sido elas que foram para a faculdade e tiraram as melhores notas!
~CC~

lostinthoughts disse...

sim é verdade, é provável q a criança nem se aperceba, mas olha q às vezes os miúdos conseguem supreender-nos. Mas, isto n me deixa mais descansada! Continuo indignada com a forma como usam e desrespeitam a criança.

bagaco amarelo disse...

ccf, as notas não sei mas no resto sim, tens razão. :)

lost in thoughts, eu acho que esta ela tem razão... e não acho que esteja a desrespeitar a criança... mas percebo-te. :)

Metade da Laranja disse...

Lolllloooollllloollooollll.
Fartei-me de rir com esta última frase, lolllooolllllll
Tá boa! :P

bagaco amarelo disse...

metade da laranja, foi exactamente a frase a que achei menos piada. :)

celia disse...

Agora que li o teu texto é que compreendi o que os pobres dos meus colegas sofrem comigo quando estou "naqueles dias" :)
Célia N

bagaco amarelo disse...

celia, é para veres. :)