3.23.2009

coisas que fascinam (83)

Os abraços não são todos iguais. Os abraços das mulheres ainda são menos iguais do que os abraços só por si. Tinha acabado de comprar o jornal para aproveitar dez minutos livres da manhã durante um café quando ela me chamou da mesa do canto. Não lhe reconheci imediatamente a face nem a voz mas reconheci-lhe imediatamente o abraço. Colocou-me a mão no ombro e depois deslizou-a até ao pescoço como se fosse o princípio de um beijo. Há mais ou menos quinze anos também eram assim, os abraços dela. Os dez minutos transformaram-se em cinquenta e acabei por não ler o jornal.

10 comentários:

Maike disse...

abraços>jornal

CCF disse...

Bonito. Ela devia gostar de saber que o abraço dela te faz bem.
~CC~

bagaco amarelo disse...

maike, certo. :)

ccf, soube sim. :)

bia disse...

eu já aqui expressei a minha "panca" por abraços... e a sério, sou mesmo viciada, adoro abraços! e é incrível como podemos identificar alguém através do seu abraço, do seu cheiro...

Sandra disse...

Um abraço transmite sempre muito mais emoções do que palavras.

Hmm...adoro abraços :)

Closet disse...

A mim também me fascinam, mãos que deslizam até ao pescoço como se fosse o princípio de um beijo! Golpe duro, não??

pieces of me (Luna) disse...

Abraços....

bagaco amarelo disse...

bia, eu lembro-me... :)

sandra, sem dúvida. :)

closet, é uma dor que dá na alma... :)

pieces of me (Luna), :)

Maguita disse...

Há abraços que valem a pena ;)

bagaco amarelo disse...

maguita, sim. :)