3.04.2009

carta de amor

Encontrei esta carta de amor no chão. Percebi que já não escrevo uma carta de amor há mais de vinte anos e fiquei com uma pedrinha na alma. Mesmo assim... é de mim ou, na altura em que eu andava no liceu, o pessoal tinha mais cuidado a escrever cartas de amor? Bem, se o destinatário percebeu tudo o que está ali escrito, dou-lhe os meus parabéns...


[clicar na imagem para ver maior]

Amt mt Issac
Eu amt mt e tu sabes disso, mas não me qero mostrar n vou te mandar mts cartas até descobrires qem sou. Eu sei que mt criança, mas tem que ser. Em cada carta vou te dar uma pista. Nao mostres a ninguem, eu sei toda que fazes. te amo sabias


pista - sou uma amiga tua
Quando soberes quem sou anda ter qomigo.

33 comentários:

joaninha versus escaravelho disse...

OMG que é como quem diz Oh my God!!!

Fermelanidades Leite de Matos disse...

Tão ternurento o coraçãozinho!!!

E onde estão os quadradinhos onde preenchiamos o NÃO, SIM ou TALVEZ????

Pax disse...

A menos que todas as amigas dele escrevam assim tão mal, vai ser fácil descobri-la!
Alás, deve ter descoberto logo, por isso deitou a carta fora :)

pedro disse...

Bem........
das duas uma:
- pelo maneira como está escrito, ele de certeza descobre depressa quem é (imagino as pistas que ela vai-lhe dar! "o m nme cumexa pr A i akba em a i tm 3 ltrs")
- se o gajo estiver ao nivel intelectual dela, nunca descobrirá, tadinha...

toma lá Fresquinho disse...

qero?!
amt?!
qomigo?!

fosga-se!! será que é difícil escrever bem? Nas cartas, ao contrário dos sms, não se paga mais se ultrapassarmos os 140 caracteres porque numa carta escrevemos as folhas que quisermos!!!
interrogo-me ...será que escrevem assim nas composições que fazem nas aulas?!...ou melhor, será que ainda fazem composições e ditados?!

Neni disse...

"Eu sei toda que fazes". Me-do. :p

bagaco amarelo disse...

joaninha versus escaravelho, ensinar a escrever cartaz de amor nas escolas talvez não seja má ideia. :)

Fermelanidades Leite de Matos, lol... eu só punha o sim... por isso é que nunca me responderam. :)

pax, não está mal visto, não senhora. :)

pedro, e se estiver ainda a um nível intelectual mais baixo, vai pensar que foi a Luciana Abreu. :)

toma lá Fresquinho, eu acho que isto é para deprimir o rapaz e não para o engatar... :)

neni, lol. :)

Olga disse...

Nem tenho palavras...é de ir às lágrimas... ;)

bagaco amarelo disse...

olga, concordo... só não sei se vou às lágrimas por estar a chorar ou a rir. :)

Canuck disse...

Assim se compreende a amargura generalizada dos professores...

Me disse...

Com tanto erro ortográfico... aposto que é estudante universitária

Joana disse...

Isto é o que dá começarem desde pequenos a fazer abreviaturas no tlm e no msn. Estão tão habituados a isso que deixam de saber escrever português.

bagaco amarelo disse...

canuck, tens razão... eu acho que já andava no prozac, se fosse professor. :)

joana, sim mas isto não são só abreviaturas... é mesmo escrever mal. :)

Amarrotada disse...

Xiii! A carta de amor que escrevi foi um trauma... A minha madrasta descobriu a carta fiquei para morrer! Sim mas de certeza que era mais romântica e com poemas e sem(ou quase sem) erros...

Tenho saudades dessas cartas de amor... ai (suspiro)

bagaco amarelo disse...

amarrotada, e a tua madrasta lia as tuas cartas? phónix! :)

Bruno Micael disse...

Desculpai-me lá... Mas isto é uma pugente carta de amor...
Já toda a gente (ou apenas alguns!) escrevem assim!

bagaco amarelo disse...

bruno micael, ainda bem que estou mais cota... se me escrevessem cartas destas quando eu andava no liceu, acho que ia ser um solitário a vida toda... :)

Amarrotada disse...

Pois... já viste! Como é que me descuidei ;) Já nem sei se a carta chegou ao destino...

joaninha versus escaravelho disse...

Tive um aluno do 11º ano que escrevia Jorge com dois "Gs": Gorge!
E também tinha assim no BI na parte da assinatura, claro. As professoras nunca repararam? Desde o 1º ano??? Eu vi no cabeçalho dum teste.
Quando lhe pedi o BI ficou muito admirado...
Este é um dos casos que não vou esquecer.
Meu querido Luís Gorge Gonçalves! :)

Red disse...

"queres namorar comigo?
_Sim
_Não
_Talvez"


eheheheh

Sérgio disse...

Uma vez mandei uma carta de amor, escrita num papel que amarrotei e 'arremessei' para a minha amada...

...estava eu em plena aula de música, no 1.º ano do ciclo.

Foi a minha primeira expulsão de uma sala de aula...a senhora professora viu e a minha amada nunca chegou a saber do sentimento que por ela nutria.

fj disse...

vá lá! não tem "kapas"

:)


ps: tu querias era receber uma carta assim...ehehehe!!!

Closet disse...

Linnndo o primeiro amor!! Eu escrevi dúzias de cartas e era uma adrenalina colocá-las nas mochilas deles às escondidas, até pagava em pastilhas aos miúdos do ciclo!!

bagaco amarelo disse...

amarrotada, se não sabes é porque entretanto deixou de ter importância. menos mal: :)

joaninha versus escaravelho, lol... eu gosto do nome... Gorge...

red, eu cá só punha sim... :)

sérgio, se pusesses uma pedra dentro do papel e lhe acertasses num olho, garanto-te que ela nunca mais se esquecia. :)

fj, queria sim. lol mas com os tais kapas. :)

closet, bem... mas às dúzias era porque nenhuma tinha grande significado, não era? :)

SierraMaestra disse...

Se eu fosse o gajo, quando soubesse quem era a gaja mandava-lhe com um sapato.
"Aprenda a escrever sua acéfala!"

bagaco amarelo disse...

sierra maestra, eu concordo mas desde que atiraram um sapato ao Bush que o pessoal anda com muito cuidado e desvia-se... :)

redonda disse...

E o resto da história?

Penso que não deveriam importar os erros ortográficos, mas o que se revela. Quando eu andava na escola primária, recebi bilhetes parecidos com este (eu sabia de quem eram). Ainda tenho alguns e mesmo com erros, acho-os lindíssimos.

de Marte disse...

Bagaçoooooooo
Bagacinhoooooooo!!!

Anteontem recebi uma CARTA DE AMOR! Vá, é o mais próximo disso. Foi um postal de um amigo (ex-namoradinho do ciclo) que regressou de um país longínquo! Desde os meus 10 anos só o voltei a ver duas vezes, nos 16 anos seguintes. E a 3a vez que o vi foi anteontem, qdo fui ter com ele ao aeroporto.
Trazia-me um postal giríssimo. Na zona da "escrita" dizia (brevemente, porque o postal é limitado em termos de espaço), entre outras coisas, que eu ainda "mexo" com ele hoje como há 17 anos atrás.
Vontade foi de lhe saltar ao pescoço e dar-lhe um daqueles abraços que tiram o fôlego.

(Imagina uma marciana derretida... era eu!!)

Ai ai... ainda por cima os amores de criança surgem-me sempre como os mais doces, idílicos e bucólicos. Esses sim, valiam a pena... e fazem-me sorrir com uma inocência que deixei lá, presa aos meus dez anos.

:)

(tinha que partilhar isto!!!)

beijooooooooos!!!

bagaco amarelo disse...

redonda, eu encontrei isto depois duma visita de estudo. esta é do nono ano... :)

de Marte, ena... ainda bem. sei o que estás a sentir e é bom . :)

Isa disse...

E é nestas alturas que a minha avó diz: "este mundo está perdido"!
Evolução dos tmps...o k ñ significa k o sja p/mlhr...
Pena!

bagaco amarelo disse...

isa, a tua avó tem razão. :)

Xana disse...

no meu tempo havia o quadradinho do sim,não,vou pensar ;)
tenho pena de não ter guardado as minhas cartas...
lembro-me de ter rasgado uma no patio da escola so porque fiiquei chateada...sim fiquei chateada por ter recebido uma carta de amor...LOL sim Bagaço amarelo...nao me compreendo desde muito cedo ;)

bagaco amarelo disse...

xana, isso foi uma asneira mas deixa lá, há quem nem sequer recebas cartas de amor para poder fazer essa asneira.:)