4.21.2008

pensamentos catatónicos (129)

E quando descobrimos que uma amiga nos mentiu desnecessariamente só porque não lhe apetecia estar connosco no fim de semana?

11 comentários:

Ricardo disse...

Eu não levaria muito a peito… Nem todas as coisas que fazemos têm algum fundamento racional. Não lhe apetecendo estar contigo (e provavelmente não lhe apetecendo estar com quem quer que seja) inventou uma desculpa qualquer… Simples, simples…

Ivar C disse...

ricardo, yep, não deixas de ter razão... nem é importante. só que é estúpido e não foi bem uma desculpa qualquer. :)

moi chéri disse...

e tens a certeza que foi por causa disso? na volta pode haver outra razão. Se não há, então... ainda que se possa querer relevar a coisa... dói um bocado, n'é? eu por mim prefiro que me digam "não me apeteces!" às vezes tb não tenho apetite de alguns amigos... acho que isso é normal, a forma de lidar com isso... é que pode deixar um bocadinho a desejar...

Ivar C disse...

moi chéri, também prefiro que me digam "não me apetece". :)

sem-se-ver disse...

não se dá qualquer importância ao facto. minoriza-se e releva-se.

(a dorzita fica connosco mas depois passa)

se for mesmo amiga.

Ivar C disse...

sem-se-ver, yep... é sempre naquela... a questão é só a decepção que fica... mas, sim, tens razão: não se liga. :)

Sandrine disse...

Mesmo não se ligando ... a mágoa fica sempre... Sei o que é isso!!!
Beijoca

Pedro disse...

Se é amiga há que lhe perdoar e tentar compreender o seu lado!

Abraço

Ivar C disse...

sandrine, é mais uma certa desilusão... mas no meu estado. :)

pedro, admito que não gosto da palavra 'perdoar'. é muito judaico-cristã. :)

iTec(A) disse...

diz-lhe que sabes, e que de uma próxima vez, que simplesmente o diga, que é assim que preferes!!!

a não ser claro que sejas tipo os melgas que nao largam!!!!Aí aguenta e não chora!

bjs

Ivar C disse...

ceptis, às tantas até sou... os melgas nunca têm essa noção, pois não? :)