4.15.2008

conversa 670

Ela - Soube-me bem passear contigo de mão dada na praia. Acho que era o que eu estava a precisar.
Eu - A mim também.
Ela - Assim sem pensar em mais nada...
Eu - Pois...
Ela - Não pensaste em mais nada, pois não?
Eu - Pois...
Ela - Não pensaste em mais nada, pois não?
Eu - Ahn? Hum... não, não.

37 comentários:

Luis Pinto disse...

Eh pá, mania de perguntarem "em que é que estás a pensar"... Ainda pior é quando perguntam, um gajo responde "em nada", e dizem "em nada não, tens de estar a pensar em alguma coisa"... É nessas alturas que dá vontade de dizer "Pois, estava a pensar numa ex-namorada minha, e como ela nunca me fazia estas perguntas parvas..."

Anónimo disse...

É impossivel não pensar em nada.
Ainda que sejam futilidades, pensa-se sempre em algo.
... Mas soa-me que os teus pensamentos não eram futilidades...
:)

Ivar C disse...

lol, luis pinto, bem vindo ao clube. :)

Ivar C disse...

i, eu nem sei o que é o 'nada'. é preciso uma capacidade de abstracção superior à minha para imaginar o espaço antes do big bang. :)

Estrelita disse...

Mas como é que, convivendo com mulheres,ainda se acha esse tipo de pergunta estranho?

Luis Pinto disse...

Eh pá, I, claro que é impossível não pensar em nada... Mas a verdade é que com uma pergunta destas, na altura em que normalmente é feita, dizer "estava a pensar no jogo de ontem" ou "estava a reparar naquela miúda tão gira que está ali", são respostas igualmente erradas - mas provavelmente muito mais verdadeiras do que a politicamente correcta "estava a pensar no bem que me sinto quando estou contigo" enquanto na verdade se pensa "mas estava melhor se não fizesses perguntas parvas"...

E o pior é que quando se faz a pergunta de volta, apesar de se ter ouvido antes "é impossível não pensar em nada", a resposta vai ser invariavelmente "nada"...

Anónimo disse...

Hehe, cinco centimos pelos teus pensamentos!
;)

Ivar C disse...

bruxita, é uma questão de natureza. :)

luis pinto, eu subscrevo.:)

i, quanto? lol lol

Afrodite disse...

Eu consigo não pensar em nada....às vezes acho que devia ter nascido homem, compreendo-vos tão bem ;).

Abreijos

Anónimo disse...

10... pronto... e nem mais um!
Que a vida custa a todos e pode ser um mau negócio!
;)

Vitória disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vitória disse...

No fim de ler esta conversa fiquei com uma curiosidade..em que pensavas tu?..;)

Optimista disse...

Pensar em nada equivale a uma paragem cerebral... o nosso subconsciente está sempre a matutar nalguma coisa, nem sempre agradável, nem sempre recomendavel ;)

Kelle disse...

Meus caros

A questão é a seguinte: quando uma mulher faz uma pergunta do tipo "em que estás a pensar?" não quer ouvir a verdade, quer ouvir algo que lhe agrade! Portanto, da próxima vez que a vossa namorada/esposa/amiga colorida vos fizer tal pergunta vocês têm três opções:
1 - dizer a verdade (que possivelmente vai levar discussão e vocês a dormirem no sofá umas noites)
2 - dizer "nada" (que vai levar a uma discussão da qual resultará umas noites no sofá)
3 - dizer aquilo que ela quer ouvir "estava a pensar na surpresa que te vou fazer amanhã", "estava a pensar naquele maravilhoso fim de tarde que passámos em Porto Covo"...inventem, tenham imaginação, vocês safam-se e ela fica contente!! Melhor solução? não encontro!
(Perdoem-me as senhoras pela sinceridade)

Ivar C disse...

afrodite, ainda bem que não nasceste homem. :)

i, nem negoceio mais... :)

vita, lol lol lol, pensava em como seria o espaço antes do big bang: nada :)

optimista, nem mais :)

estrelinha, obrigado por esta oportuna acção de formação. :)

Optimista disse...

"quando uma mulher faz uma pergunta do tipo "em que estás a pensar?" não quer ouvir a verdade, quer ouvir algo que lhe agrade!"

Devemos então concluir que uma mulher não procura sinceridade?

Hummmm...

Anónimo disse...

Estrelinha, subscrevo!
Mas se já sabemos que nos vão dar a resposta politicamente correcta em vez da verdadeira...porque continuasmos a fazer essa pergunta! Será que nos está no sangue? Bem...não sei. No entanto, já tive homens a fazer-me a mesma pergunta! ;)

Cristina

Afrodite disse...

Porquê??? :)

Abreijos

Ivar C disse...

optimista, é essa a conclusão, sim :)

Cristina, :)

afrodite, estás muito bem assim, como mulher. :)

Afrodite disse...

Uiii um elogio...muito agradecida!

Abreijinhos muito sentidos

Carla disse...

no fundo o que ela queria saber era se pensaste no mesmo que ela pensou, entendes?
Não, não és mulher eheheeh

Anónimo disse...

Hehe, valem mais 10 na mão que 20 no pensamento...:)

Kelle disse...

Cristina, há homens que parecem gajas pelas perguntas que nos fazem. Nunca te aconteceu um homem perguntar-te "Já não gostas de mim?" Ora em condições ditas normais, isso seria uma pergunta típica de mulher! Não quero generalizar os sexos, mas sim, acabei de o fazer. Cada pessoa tem a sua quota de sentimentalismo e às vezes acontece uma mulher pouco sentimentalista juntar-se com um homem mais sentimental em que os papéis se invertem: ela é o gajo da relação e ele é a menina! :p
E quanto à questão da busca da sinceridade das mulheres, não, nem sempre as mulheres querem que os homens sejam totalmente sinceros, apesar de sempre dizerem que querem! Há coisas que nós mulheres preferimos não saber...trust me...

Kelle disse...

Quando sabemos que vamos ouvir algo que não nos agrada, é preferível nem perguntar! Mas isso é só a minha opinião...

Anónimo disse...

Ela não perguntou no que é que o Bagaço estava a pensar. Cá para mim ela estava a sondar se o passeio de mãos dadas na praia não lhe teria suscitado outras ideias como... humm, sei lá... sexo? Eheheheh...

L u i s P e s t a n a disse...

Estavas a pensar quem devia jogar a estremo-esquerdo no Beira-Mar?

Anónimo disse...

Podias sempre dizer 'tava a pensar na pub... aquela do natal... do sapo' lol

Vitória disse...

Oh..mas essa é facil..nem precisas pensar..;)

"Segundo muitos cientistas o tempo "antes do Big Bang" não existia, nem o espaço, nem nada do que conhecemos hoje. No primeiro instante, surgiu o tempo, o espaço e a energia. A partir da energia surgiu matéria e antimatéria que se convertiam constantemente em energia. Mas logo nos primeiros instantes a matéria predominou sobre a antimatéria e o Universo começou a ficar cheio protões, electrões e neutrões. Mais tarde quando o Universo já estava suficientemente frio para gerar átomos, os electrões juntaram-se aos protões e neutrões e fizeram os primeiros átomos na história do Universo."

Portante se pensavas nisto não pensavas em nada..logo a tua resposta seria o tradicional nada!!
;))

Pedro disse...

Há que não estragar o momento!LOL

moi chéri disse...

a verdade, é que por vezes, tenho esta vontade quase irrepremivel de perguntar... mas com medo da resposta... calo-me!

Ivar C disse...

estrelinha, sim, se não queremos ouvir algo desagradável... :)

sandra, por acaso era isso, sim. :)

pestana, lol, lol lol... andas distraído. :)

mi, eu n vejo televisão, de maneira que... :)

lol, vita, foi a primeira vez que li uma explicação científica com uma estética bíblica. ;)

pedro, lol, eu n estrago nada. :)

moi chéri, a repressão é tramada... lol :)

Ivar C disse...

i, lol... nope :)

kashcheii disse...

lol, o meu namorado pergunta muitas vezes 'em que é que estás a pensar?'. E a minha resposta é muitas vezes nada, e ele não acredita, mas é verdade. Ele não percebe como é que eu consigo não pensar em nada. E ás vezes não percebo mesmo se nao estava a pensar em nada ou se me esqueço no momento em que ele me interrompe. Espero que haja mais pessoas assim,ou então tenho algum tipo de atraso mental =X

Gosto muito deste blog.

Afrodite disse...

Lendo o diálogo outra vez...chego à conclusão que esta conversa deveu-se ao enorme desejo dela que a possuísses à bruta na praia, com areia por todo o lado, enquanto lhe puxavas o cabelo e lhe chamavas nomes...

:) Abreijinhos :)

Ivar C disse...

kascheii, não te preocupes, já seríamos dois com um atraso mental :)

afrodite, está tudo bem contigo? :)

Afrodite disse...

Eheheh porque é que perguntas isso??? ;)

Abreijos

Ivar C disse...

afrodite, sei lá, pareceu-me que podias estar um bocadinho de nada... impulsiva :)