4.14.2008

conversa 668

(no café)

Eu - Um café, por favor.
Ela1 - Eu quero um sumo de laranja natural fresco.
Ela2 - Natural ou fresco?
Ela1 - Laranja natural mas a uma temperatura inferior à do ambiente. Fresco, portanto.
Ela2 - Mas as laranjas estão à temperatura ambiente. Como é que quer que eu as arrefeça?
Ela1 - Já ouviu falar em gelo?
Ela2 - Se eu puser gelo o sumo vai deixar de ser natural. Vai ser uma mistura de sumo de laranja com água.
Ela1 - Isso é um problema meu.

(passado uns minutos, quando a empregada traz o café e o sumo)

Eu - Obrigado. Desculpe lá qualquer coisa.
Ela2 - Obrigada.
Ela1 - És incrível. Ela esteve a gozar comigo e tu ainda lhe pedes desculpa.
Eu - A culpa foi um bocado tua. Um sumo de laranja natural fresco... que merda é essa?
Ela1 - Vou beber o sumo e vou embora. Acho melhor não falarmos mais hoje.

59 comentários:

Anónimo disse...

Lol! Realmente...se é natural, é natural!

Acho que as "Elas" que te rodeiam são muito complicadas! Mas eu farto de me rir!

;)

Cristina

Anónimo disse...

Se se foi mesmo embora pelo simples facto de ter sido indelicada... fez muitissimo bem!
(Se bem que a outra também deve ser de personalidade forte!)
Lol.

Anónimo disse...

:D é só cromas! grande e interessante conjunto de amigas... o teu bau deve ser muito especial ;)

AnaA disse...

Bem, o conceito de sumo natural refere-se ao sumo acabado de sair das laranjas, acabadas de espremer... O fresco refere-se à temperatura... Faz sentido...

Anónimo disse...

Oops lol tpm atacar! =)

Ivar C disse...

cristina, neste caso, mais do que complicada... foi mau feitio. :)

i, eu cá quero paz. só... :)

mi, lol... tem a ver com o fiat lux. :)

anaa, sentido faz... mas daí até chatear alguém por causa disso. :)

inmyplaceblog, lol... pode ter sido... :)

Anónimo disse...

Eu tb peço sumo de laranja natural (acabado de extrair das laranjas e sem aditivos) fresco (arrefecido). Há sitios onde as laranjas estão no fresco e nos outros perguntam-me simplesmente se quero o gelo à parte. A mim parece-me simples e sinceramente o mais provável era eu ter a mesma conversa.

Anónimo disse...

Bagaço, há incompatibilidades a que não há volta a dar...
Por exemplo:
- Ou é natural ou é fresco.
- Ou tens paz ou tens amigas dessas!
Simples! :)

Ivar C disse...

daniela, ui... há mais do que uma? lol lol lol

i, lol... estou tramado. :)

Anónimo disse...

Abdica da paz. É o mais simples de fazer.
Lol.

Anónimo disse...

Eu também percebo a rapariga... Claro que se a menina do café tivesse mais do que um neurónio teria simplesmente perguntado se ela queria o gelo à parte. E eu provavelmente também teria perguntado "já ouviu falar em gelo?", perante a pergunta "como quer que as arrefeça?".

*
mariana

Ivar C disse...

i, já experimentei... e não gostei :)

mariana, ui... temos um clube aqui de mulheres que pedem sumo de laranja natural fresco, lol. :)

Anónimo disse...

Hummmm... assim ficaste sem soluções.
Ou então metes um anuncio tipo:
-Procuro amizade com pessoas com quem se consigam manter três frases de conversa normal.
(Mas esperas sentadito :)

Solo disse...

=)))

tenho cá uma inveja de ti por causa dessas tuas amigas,

ainda agora cheguei cansadíssimo ao escritório, e ainda tenho mais uma hora (no mínimo) pela frente, mas ao menos estou aqui a rir a bom rir.

obrigado!

Ivar C disse...

i, o anúncio tb já tentei. correu mal. :)

solo, pelo menos que sirva para isso, este blogue. como podes ver pelos comentários não são só as minhas amigas que pedem um sumo de laranja natural fresco. abaço :)

Anónimo disse...

Como era o anúncio?
...
Tipo:
«Com o corpo da J.Lo, a voz da T.Turner, o cérebro do Einstein e, já agora, que tenha conversas normais»
??? :)

Ivar C disse...

lol, i, "procura-se mulher que não discuta para amizade séria" lol lol lol :)

Anónimo disse...

Lol, lol, lol.
Só não percebo o que pode não ter corrido bem com um anúncio assim tão simples e claro!
;)
Estas mulheres de hoje em dia são mesmo dahhh!

(Pelo menos fazes-me rir, o que já não é mau! :)

Vitória disse...

Fartei de rir .;)
Mas olha que eu dizia exactamente o mesmo..com um sorriso e tudo..(ironico).lol

Ivar C disse...

i, sim, já não é mau se pelo menos ris. :)


vita, já percebi que estou em minoria. :)

Anónimo disse...

Lol, à brava! Garanto-te! :)

Ivar C disse...

i, :)

Anónimo disse...

ei!! olha que essa do "desculpe lá qualquer coisa" é lixada... é humilhante para quem esteve ali um bom pedaço a tentar afirmar uma posição que até é entendivel.

Ivar C disse...

that's all folks, eu percebi isso... também é lixado uma pessoa confrontar-se com uma empregada que vês todos os dias e de quem até gostas. :)

moi chéri disse...

acho que o que mais irritou a ela1, nem foi a conversa idiota, foi tu teres pedido desculpa por ela... isso sim. Mas acho que fizeste bem, que situação pateta!
mau feitio... xiii mãe.... e já vi noutro coment teu onde dizes que não te fala... mas deixa lá deve ser de vergonha. numa situação destas, por mais que se queira ter razão, chegando a casa, no silêncio das quatro paredes é inevitável que a sensação do ridiculo ataque e com força!

Ivar C disse...

moi chéri, sim... era só um sumo de laranja... :)

Afrodite disse...

FDX...mas que mal tem em pedir um sumo de laranja natural fresquinho??? Eu peço...é natural porque é verdadeiro, suminho espremido, sem adoçantes nem conservantes mas quero-o fresquinho. Natural de sem aditivos...pede-se como? "Olhe de-me um suminho da laranja espremido fresquinho?". Eta empregadinha estúpida...não sabe servir à mesa vá lavar latrinas...olha agora :). Tás a ver...podia ter sido essa ela, só não me zangava contigo porque não achei que fosse gozo teu..o desculpe, bem, era desnecessário ;).

Abreijinhos...afinal já me identifiquei com uma tua ela... ;)

P.S. - Tinha sido bem mais explicita a chamar burrinha à empregada :).

Ivar C disse...

afrodite, ao meu lado ias amuar ainda mais. :)

Cristina disse...

Para mim, sai um suminho natural natural, sem açúcares, aditivos ou gelo... e que bem que sabe!! ;)

Beijo beijo

Ivar C disse...

cristina, :)

Anónimo disse...

Bagaço, queres ver a Afrodite a zangar-se comigo?

É que há empregadas com personalidades fortes que nem que viesse o Papa dizer que com gelo era na mesma um sumo natural mudavam de ideias!
Nem sob ameaça de despedimento, quanto mais!
É assim mesmo! Lá por a outra ser cliente, disse o que pensava!
:)

Ivar C disse...

lol, i, além disso a empregada é muito simpática e eu gosto dela... :)

Anónimo disse...

Não é por estar a servir às mesas que merece tratamento menos educado ou que tem de ouvir e calar.
Voto nela!
:)
(Mas vai ter problemas se continuar a ter a personalidade forte e a argumentar com os clientes, de certeza. Não tardará que façam queixa ao patrão).

Ivar C disse...

i, eu estou contigo... :)

Anónimo disse...

Já temos uma minoria absoluta! Lol.

Ivar C disse...

i, :)

Afrodite disse...

Eu não amuo Bagacito, eu quanto muito levanto-me e deixo que falem com o meu real rabo...não sou de amuar ;).

i...é o que digo, as opiniões são como as vaginas e quem quer dá-las dá-las portanto não me ia zangar com a tua...deste-a está dada. Não acho que seja um trabalho menor, longe disso mas até a lavar
latrinas há que o fazer com brio...se a senhora não sabe tratar com clientes...pode ir varrer ruas, não tem de ser mal educada, não tem de responder. É claro como a água...poder até pode mas perde clientela na certa. A mim perdia ou levava com reclamação junto do dono do café...ou então todos os dias pedia a mesma bebida ;)...podia ser que aprendesse...ou não, depende do grau de burrice!

Abreijos :)

P.S. - E não chamo a isso personalidade i, chamo estupidez...erro na profissão escolhida...

Afrodite disse...

E só mais um pequenino apontamento...se eu for a um café e pedir tremoços dentro de um copo de água com açucar e 7up...a empregada ou empregado só tem de me dizer se tem ou não tem...não tem o direito de criticar ou de me chatear acerca do que me apetece beber ou comer. Por chocante que possa parecer, eles estão ali para servir e agradar o cliente...faz parte das funções...não faz parte questionar o que bebo ou como é bem bebido ou bem comido...traz se houver, se não houver não há e finito, sem grandes conversas. Não é normal que assim seja? Que bonito se aqui me dissessem, ah quero apanhar um avião de Lisboa para Cuba (Alentejo)...a resposta seria "minha senhora, não temos essa opção mas se estiver interessada pode ir até ao Algarve que ali há aeroporto e de seguida terá um outro transporte até ao destino que pretende"...lá ia eu responder "apanhar só no cu que aqui não se apanha nada e não sabe que não há aeroporto no Alentejo???"...que bonito se todas as pessoas respondessem como essa empregada de mesa...

É a minha opinião...pago um serviço exijo ser bem tratada...nem mais nem menos...

Mais abreijos

Ivar C disse...

afrodite, pronto, pronto... lembra-me só de não ir àquele café contigo. :)

Afrodite disse...

Podemos ir...que eu ensino-lhe umas coisitas...ainda acaba a beber o sumo de laranja natural COM GELO...à força :).

Abreijinhos ;)

Ivar C disse...

afrodite, ui. :)

Anónimo disse...

Afrodite,
Looooooooool
Gosto de ti!
:)
Vais lá e pedes um copo com tremoços embebidos em 7up, mas secos!
Beijos para ti.
:)

Ivar C disse...

i, lol lol lol... um copo com tremoços embebidos em 7up, mas secos! lol lol lol lol :)

Afrodite disse...

i...

Até sou capaz de gostar de ti também, quando perceber essa dos secos ;)...até lá te digo que seja onde for só desejo ser bem servida, se pago para isso...nem que peça a coisa mais absurda, que não é o caso do sumo de laranja natural fresco. ;)
Insisto que podia ter sido essa Ela e muito mais sarcástica e arrogante...sei se-lo quando o são para mim...sem problema algum. Não permito ser gozada nem por uma empregada de balcão nem por um juiz ;)...caguei para o cargo que ocupam...se querem gozar levam com a famosa "mete o dedo no cú e chupa" e se não gostarem têm bom remédio...experimentem o meu livro de reclamações :)...queixem-se a quem quiserem...eu mantenho que se pago quero ser bem servida...tremoços secos, estando eles embebidos, parece-me um pouco dificil mas poderia pedi-los sem sal por exemplo...como fresco num sumito que é naturalmente natural do suminho retirado directamente e naturalmente da laranjita. Não foi um pedido descabido da Ela...perdoem-me se não concordo ;)!

Abreijos e fico a pensar se a Ela pedisse um whisky on the rocks...será que a gaja diria que não podia por pedras na bebida???? Imagino aquele shot tão famoso "pontapé na cona"...será que a Ela ia ser brindada com um verdadeiro pontapézito???? A mim não me faz confusão a ignorância, só me incomoda acreditarem piamente nela e não quererem evoluir :). Experimentem já agora pedir no chinês um sumo de lalanja natulal flesco :)...não são de cá, falam mal (girissimo ouvi-los a repetir o pedido) e servem o dito sumo sem questionar...isto sim é um bom serviço ;).

Mais uns abreijos que me estendi nas despedidas....

Ivar C disse...

afrodite, não gosto dessa frase "só desejo ser bem servida, se pago para isso...". é incrível como o dinheiro tomou conta dos nossos valores mais básicos... somos o que temos e não o que pensamos ou fazemos. até a simpatia e educação se compram. eu desejo ser bem atendido em todo o lado porque também desejo atender bem os outros... :)

Anónimo disse...

Afrodite,

"Até sou capaz de gostar de ti também, quando perceber essa dos secos"

Pois és bem capaz, sim... ;).

Eu estava apenas a usar a tua frase para fazer uma comparação entre coisas incompativeis.
A empregada pode ter um sentido de profissionalismo tal, que ao verificar a incompatibilidade entre o natural e o fresco, tentou perceber de qual a cliente abdicaria mais facilmente... se do bem que faz ou do bem que sabe.
Agora imagina que ela não perguntava nada e ao chegar com o sumo aguado a cliente lhe dizia:
-Porque é que não me avisou que as laranjas estavam naturais e me enfiou gelo no copo? Eu prefiro um sumo 100%, ainda que seja à temperatura ambiente!
Não achas que seria pior?
A cliente sentiu-se gozada, mas não acho que a pergunta fosse tão ilógica assim.
Possivelmente até quis mostrar o seu poder de cliente de "quero, posso e mando" e, por isso, ficou molestada pelo pedido de desculpas seguinte... sentiu-se humilhada.

Mas isto é a minha opinião, que (até) tenho bom feitio e se a conversa fosse comigo e com um sorriso, até tinha tido brincadeira de volta e gratificação condizente.

Beijos para ti :)

Ivar C disse...

i, a minha opinião é que a repressão não é nunca uma forma de conseguirmos o que queremos. :)

Anónimo disse...

Pois não.
Mas é muitas vezes (ab)usada como sendo a mais eficaz (infelizmente).

O meu problema com esta conversa é que, apesar de achar que ambas foram incorrectas no modo de falarem com a outra, em caso de empate (que considero foi o caso) tenho tendência para defender o lado que está na posição mais frágil (que será, por motivos obvios, a empregada).

Na minha vida profissional, embora de um modo completamente diferente, também lido com o público e sei dar o valor a quem tem de o fazer.
Tento respeitar do mesmo modo toda a gente (estando em ambas as posições) mas sei que há pessoas que quando estão na posição de "exijo", o fazem levantando o nariz.
Pode nem ter sido essa a intenção da cliente... nem vou fazer julgamentos de caracter, mas também já vi muitos casos do género.

Beijos.

Ivar C disse...

i, exacto...e a forma como se trata normalmente, quem está do outro lado do balcão quer dizer muito sobre a pessoa. :)

Afrodite disse...

Pois...recuso-me a ser carneirinha...

Já me parece as conversas que tenho com aqueles senhores que me batem à porta munidos da biblia :)...portanto...dou a minha opinião e vagina quando achar que vale a pena ;)...

See you...

Palavras levam-nas o vento...e como tenho sempre razão e já acho que estão só na casmurrice...fiquem lá com o sumo natural sem gelo que eu bebo água das pedras sem pedras...e não sou eu que estou com azia!

Abreijos

Ivar C disse...

afrodite, eu também me recuso a ser carneirinho... mas temos uma definição diferente de carneirinho... é na política que nos recusamos a ser carneiros e não na mesa dum café. :)

Anónimo disse...

Afrodite,

Lol, não te chateies, a Biblia até é um livrinho de ficção bem interessante!
(Também é uma opinião, mas se viesse agora aqui um padre excomungava-me... é a tal coisa, cada um tem as suas ideias e é com a troca de ideias que se aprende (ou não) alguma coisa.
:)
Está bem, vou beber o meu sumito sem gelo (que o frio faz-me mal à goela :)
;) BEIJOS ;)

Ivar C disse...

i, só não acho a Biblía interessante, apesar da ficção. Mas deve ser de mim, claro... com tanto pessoal que leva aquilo a sério... lol lol :)

Anónimo disse...

"não acho a Biblía interessante, apesar da ficção"

Ahahah, ... e a ti excomungava-te em duplicado!

Ivar C disse...

i, lol :)

redonda disse...

A Ela1 tinha toda a razão!
Tenho uma amiga a quem acontece o contrário: gosta do sumo natural à temperatura ambiente e é muito difícil porque ou lhe metem o gelo, sem ela querer ou são as laranjas que estão geladas :)

Ivar C disse...

redonda, eu admito que nunca vi laranjas geladas... normalmente são aquelas máquinas amarelas de fazer sumo e estão já cheias de laranjas à temperatura ambiente... este era o caso, pelo menos. :)

nat disse...

Ahahahahahahahaha! Adoro!

Ivar C disse...

nat, :)