2.16.2011

pensamentos catatónicos (236)

O fim duma relação entre duas pessoas é sempre triste. Tão triste, que essa tristeza é certa mesmo quando o fim da relação beneficia ambos, que é o mesmo que dizer quando ambos a desejam. Talvez o fim duma relação seja o único exemplo nesta vida em que entristecemos ao mesmo tempo que damos um passo para ter uma vida melhor.

25 comentários:

Crystal disse...

é verdade...cá para mim é um pouco de saudosismo misturado com a incerteza do amanhã.

Mas isso passa ;-)

Samurai disse...

É a pura verdade!!! E faz-me lembrar algo que passei há bem pouco tempo ;)

Cindy disse...

Estou a passar por isso. Não é fácil, mas consegue-se!

Ana, Dona do Café disse...

...às vezes penso que, mesmo sem nos conhecermos ou falarmos, andas a ter conversas comigo.
estava ontem a aplaudir o meu primeiro dia sem lágrimas, li agora isto e estraguei a comemoração.
dói.
beijo

Stiletto disse...

É devido ao sentimento de frustração por teres investido em algo que falhou. Independentemente de o querermos, acabamos sempre por ver o fim como um insucesso pessoal.
Desde que se aprenda qualquer coisa, não é mau, apesar da tristeza...

bagaco amarelo disse...

crystal, por acaso não ando numa fase de incertezas... :)

samurai, :)

cindy, pois consegue. consegue-se e é um passo que nos torna melhores. :)

ana dona do café, não estragues comemoração nenhuma por causa disto. comemorar é sempre oportuno. :)

stiletto, talvez... já pensei assim. hoje em dia, por acaso, não utilizo a palavra falhar para o fim duma relação. :)

hug * disse...

amigo Bagaço escreves de uma forma tão acertada e nos momentos mais propicios e por isso deixo aqui o meu obrigado e muita força para continuares.
um abraço

bagaco amarelo disse...

hug*, obrigado. um abraço.

Framboesa disse...

o fim do que quer que seja traz sempre sentimentos ambiguos. Uma vez numa situação que não vem agora ao caso, mesmo um pouco a contra-gosto da minha parte, lançaram-me as cartas. perguntei relativamente á relação que tinha na altura. saiu-me a carta da morte.Do fim. Fiquei triste apesar de serem meras cartas.A senhora explicou-me que a carta da morte n significa mesmo o fim, que na maior parte das vezes significa o principio.Não percebi.passados uns dias terminei essa realação.Cá esta.o fim.para me animar fui sair á noite a um bar.Conheci um rapaz e não lhe liguei nenhuma pq ainda estava ferida. Inexplicavelmente começámos a namorar passados uns dias.fazemos hoje 9 anos de casados, quase 13 de namoro.
Afinal o fim foi o inicio.

LM disse...

É importante assumir que falhamos, seja lá por que raio foi, mas que falhamos e depois sim, seguirmos em frente. Acho que o que dói é isso. O pôr um pé à frente do outro nunca se esqueçe (como andar de bicicleta), a consciencia que se falhou é que mói.

Fatyly disse...

é de facto e subscrevo!

bagaco amarelo disse...

framboesa, lá está. estavas a mudar para melhor. :)

lm, não sei se é falhar ou se é evoluir. :)

fatyly, :)

Anónimo disse...

Não concordo que seja o único exemplo, mas é um exemplo sim!
CR

bagaco amarelo disse...

cr, :)

TM disse...

Mudar nem sempre é fácil... e terminar algumas etapas da nossa vida também não.... mas a inércia é bem pior...

memyselfandi disse...

Oh! =)

Cota disse...

começa a ser cliché concordar contigo camarada

uma das três disse...

é verdade... e há algumas dessas tristezas que nos ficam guardadas vida fora:)
talvez sejam as tais pedras do caminho, blabla:)

bagaco amarelo disse...

tm, a inércia é a desistência. :)

memyselfani, :)

cota, um dia destes já discordamos em qualquer coisa. :)

uma das três, yep. :)

Mikashi disse...

acertadíssimo...é como se estivessemos perante um precipício e atrás de nós um bicho mau (o fim do amor)...custa saltar...mesmo que lá em baixo estejam águas calmas de um mar azul...

bagaco amarelo disse...

mikashi, sim, é isso e o facto de gostarmos sempre mesmo de quem já não amamos. :)

Pearl disse...

OMG!
Não acredito que estou a ler isto!
Vivo uma relação condenada e no entanto a palavra "terminou" é tão dificil...
Tal e qual como disseste, mesmo quando beneficia ambos!
Mais uma vez obrigada!

bagaco amarelo disse...

pearl, cada um é que sabe o que deve ou não fazer... boa sorte. :)

yuri disse...

Uma relacao entr duas pessoas e sempre um investimento. Investimos tudo ou quase tudo que temos misturamos as nossas vidas os nossos sdangues (qdo ha criancas envolvidas) ao fim de algum tempo se e obrigado a reconhecer que as coisas nao estao a dar certo, a empresa comeca a dar prejuizo, primeiro e dificil assumir anda-se a fingir que nao se ve por algum tempo. mas qdo ja nao da mais. entao eu nao sei. Eu ando entre a fase de fingir que nao vejo e em busca de uma saida airosa.

bagaco amarelo disse...

yuri, é isso. mas como eu acho natural esse processo, em vez de lhe chamar falhanço, prefiro chamar-lhe evolução. não me arrependo nada de ter tido a relação que tive, muito menos da minha filha. :)