2.22.2011

conversa 1720

Ela - Estou a ficar flácida.
Eu - Estás a ficar o quê?
Ela - Flácida.
Eu - Desculpa lá, mas assim de repente não me parece nada.
Ela - Isso é porque só me conheces vestida. Aos quarenta anos uma mulher começa a esconder-se atrás da roupa.
Eu - No Afeganistão é aos doze. São obrigadas a andar de burka.
Ela - Lá estás tu e a tua insensibilidade.
Eu - Era só uma piada.
Ela - Não tem piada nenhuma. Tenho quarenta anos, não tenho namorado e sinto-me mal com o meu corpo.
Eu - No Afeganistão têm namorado mesmo que não queiram. São obrigadas. Aliás, os namorados são mais donos delas do que namorados delas.
Ela - Outra vez uma piada?
Eu - Estava a tentar relativizar as coisas...
Ela - A minha flacidez não tem nada de relativo. Cala-te!

22 comentários:

Framboesa disse...

...sabes que há assuntos assim mais flác...sensíveis!

bagaco amarelo disse...

framboesa, lol. :)

Janine Bettencourt disse...

Olá Ivar, detesto a falta de tempo para te visitar.

Não dá mesmo para relativizar a passagem dos anos e os seus efeitos nefastos no corpo de uma mulher, mas fazer o quê?! Só gostava de ter um amigo como tu que brincasse com a situação e não como os meus que quando eu digo: "sinto-me gorda" concordam comigo: "bem tens razões para sentir".
Um beijão!

bagaco amarelo disse...

janine bettencourt, o tempo também passa pelos homens. :)

Olga disse...

Relativizar é bom. Faz encolher os nossos problemas...às vezes. ;)

bagaco amarelo disse...

olga, bom ou mau, é sempre justo. :)

CurlyGirl disse...

Não percebo essas mulheres que não têm sentido de humor, mas ao menos o resultado continua a ser engraçado! =)

bagaco amarelo disse...

curlygirl, eu também perco o sentido de humor quando o Beira-Mar perde, ou seja, quase sempre. :)

jmdamas disse...

Respostas na mouche! Sinceramente Bagaço, não conheço resposta possível a estas frases em que elas fiquem satisfeitas... Se brincas com a situação, dá nisto; se concordas com elas, és insensível; se discordas delas, é porque não estás a ver bem... enfim, um caso em que o nome do teu blog assenta na perfeição. abraço!

bagaco amarelo disse...

jmdamas, exacto. abraço. :)

Malena disse...

Todas as mulheres passam por momentos desses... Mas logo, logo passa! Isso digo eu que já não tenho 40!! ;))

Briseis disse...

Relativizar é uma treta. Relativiazr não se faz quando uma senhora está numa crise destas... Relativizar é querer olhar o mundo inteiro pela mesma lente e com mesmo peso e medida e,Bagacito, amigo, isso não é justo...

bagaco amarelo disse...

malena, se passa, está tudo bem. :)

bagaco amarelo disse...

briseis, faço minhas as palavras do damas. :)

Lily disse...

Ai Bagaço, nesse campo, não há consenso possível...

bagaco amarelo disse...

lily, :)

Fatyly disse...

Subscrevo totalmente as palavras de jmdamas e sinceramente não tenho pachorra para este tipo de...flacidez!
Mas também há homens assim!
Depois se podem é plásticas atrás de plástica...numa de sorri e levanta a perna! Fogo!!!

Só eu sempre me dei bem com o envelecimento mis que NATURAL do meu corpo e besuntos milagrosos que de milagroso nada têm? jamé:)

Gostei imenso das tuas respostas...aí sim as mulheres valem menos que um burro, culturas que jamais cumpreendo!

bagaco amarelo disse...

fatyly, :)

Salsa disse...

Os olhos são o primeiro a comer.
Mas mal daqueles que comem com os olhos. Sugeitam-se a comer gato por lebre.
PS. Se tivesse sido a minha amiga a dizer-me isso provavelmente teria ouvido: ora aí esta uma boa oportunidade para me mostrares essa rua flacidez.

bagaco amarelo disse...

salsa, :)

Rana disse...

Pena tenho eu de não ter 40. Com essa idade, ó pra mim a preocupar-me com a flacidez!!
Agora, se calhar, a burka até dava jeito...

bagaco amarelo disse...

rana, lol lol lol. eu qualquer disfarço-me de mancha negra. :)