2.09.2011

pensamentos catatónicos (235)

Um homem cansa-se duma relação e entra num poço de dor em que sofre porque ela nunca mais acaba. Até um dia em que acaba mesmo e descobre que ainda sofre mais por isso. Amar parece, nesse momento, ser uma maldição, um presente envenenado da mãe natureza. Isola-se, bebe demais às vezes e bebe de menos outras, tem sexo a mais uns dias e sexo a menos outros. É um processo digestivo em que se tem continuamente vontade de vomitar. E o tempo vai passando até um dia em que acorda e parece que finalmente está tudo bem. Finalmente, pensa antes de prometer a si mesmo que "mulheres nunca mais". E promete-o a sério.
Promete-o a sério mas também se engana a sério, já que não leva muito tempo a sentir que se pode meter noutra, e é a partir desse momento que um homem deixa de ter certezas sobre seja o que for, e talvez a partir desse momento que o Amor deixa de ser uma questão regimental e passa a ser apenas aquilo que de facto é: a vontade de estar com outra pessoa. Às vezes demais, outras vezes de menos.

18 comentários:

Vitamina C. disse...

Bagaço...Eu sou gaja e acho que este post é para mim.

Será isto indicador que afina tu já compreendes as mulheres? Ou sou eu que sou especial... :)

Acho que nunca compreendi tanto os homens... :/

C.S.

bagaco amarelo disse...

vitamina c, acredito bem que sim, que isto não é uma questão de género. :)

Jo disse...

agrada-me saber que há homens que também passam por esse processo.

pois disse...

"o Amor... facto é: a vontade de estar com outra pessoa" e às vezes com a mesma.

bagaco amarelo disse...

jo, passam todos. olha que passam todos. :)

pois, :)

Salsa disse...

a famosa travessia do deserto.
uns conseguem chegar ao oásis mais cedo que outros e temos aqueles que nunca lá chegam.

bagaco amarelo disse...

salsa, sim... alguns acho que nunca chegam... :)

Fatyly disse...

Se houvesse certezas em tudo, que chatice que seria e ainda bem que existe este balançar!
Parabéns e subscrevo!

maria disse...

Afinal já aprendeu que algumas promessas não são para cumprir...:)

Rana disse...

Mulheres nunca mais?!
“O que seria dos homens”.
O amor acontece, vai e vem, e o desejo é estarmos com alguém.

memyselfandi disse...

Bolas! Tu és do catano! E a facilidade com que ele reproduz tais verdades??? Estou que nem sei... =)))

Xs disse...

Se mudares o masculino para feminino neste texto parece que o escreveste para mim...
e quando a vontade é estar com a pessoa que sabemos que é mais que errada por um lado mas também mais que certa ...ainda complica mais!

bagaco amarelo disse...

fatyly, obrigado. :)

maria, também eu. :)

rana, tens razão. ainda bem que não cumpri. :)

memyselfandi, :)

bagaco amarelo disse...

xs, pois é... mas acontece tanto. :)

Nawita disse...

Já foi tudo dito.
deixo-vos com isto.

bagaco amarelo disse...

nawita, gosto... :)

Sol disse...

:) gostei.

bagaco amarelo disse...

sol, obrigado. :)