2.24.2011

o homem como um cão

A Voodoo publicitou assim, penso que em 2009, a sua lingerie de Inverno. A mensagem, penso eu que mais ou menos clara, é que uma mulher que use roupa interior Voodoo consegue trazer os homens pela trela como se fossem cães.
Esta publicidade criou uma celeuma enorme em diversos países, sempre por causa do desrespeito que alegadamente demonstra pelo género masculino. A Voodoo, na altura, respondeu que a publicidade tem o hábito de desrespeitar o género feminino e que isto não era mais do que um equilibrar da balança.
Pessoalmente não acho a imagem ofensiva, talvez porque a vejo apenas pelo seu lado humorístico, e de certeza porque eu já me senti como aqueles homens da imagem, atrelado e a salivar. No entanto, a resposta da marca deita tudo a perder. Os géneros devem ser iguais no respeito e não no desrespeito. Isso é incontornável.

22 comentários:

Fatyly disse...

Gosto imenso de publicidade, mas esta e outras do género acho uma perfeita estupidez e subscrevo o que dizes:

Os géneros devem ser iguais no respeito e não no desrespeito. Isso é incontornável.

maria disse...

Incontornável! :)

bagaco amarelo disse...

fatyly :)

maria, :)

jg disse...

Bagaço, gabo a tua luta a favor de direitos, igualdade e respeito pelo próximo. O problema é ter que lutar logo ali na passadeira para peões, na busca desenfreada de lugar para o carro e no atropelamento alarve na bicha do supermercado.
Um gajo tem se se impor na vez de pregar. E enquanto houver gente disposta a vender a dignidade (que supostamente deveria ter) não há nada a fazer. Nem se pode regular por decreto.
A esmagadora maioria é completamente desprovida de cérebro e de vontade própria.

Uma Rapariga disse...

Eu acho de muito mau gosto...haja respeito, que parece que nos dias que correm (não devia, tendo em conta a suposta evolução dos tempos e mentalidades) anda pelas ruas da amargura. :/

bagaco amarelo disse...

jg, a questão é que os escravos nunca o foram por vontade própria mas sim devido à pressão do poder vigente. e isto é mais ou menos a mesma coisa. :)

uma rapariga, concordo que o respeito está em crise, mas talvez eu tenha outra definição de respeito. :)

Framboesa disse...

Assim á primeira vista, vem-me mais á ideia a imagem de escravidão, independentemnete do sexo em causa, do que de homens a salivar por roupa interior.Mas isso sou eu que sou um pouco lentas nestas coisas da publicidade.
Concordo contigo...é como a história do colega d etrabalho que se queixa ao chefe porque o outro colega ganha mais e o chefe baixa o ordenado do que ganhava mais para ficar igual...

Anónimo disse...

"Os géneros devem ser iguais no respeito e não no desrespeito. Isso é incontornável"
Sem dúvida. E é pena que algumas pessoas não atinjam isso.

Mas à mesma a publicidade em questão é porca. É pena que algumas pessoas não atinjam isso.
EJSantos

Briseis disse...

Ah, este Bagaco tá cada vez melhor! ...finíssimo, a alegar compreender a parte humorística da imagem mas condenar a resposta despropositada da marca... =)
Chamem-me puritana ou coiso e tal, mas acho a imagem de uma badalhoquice tremenda! Ele há maneiraze maiz dignaz de fazere publicidade, oh meuzamigoze...

Eli disse...

Não há mal, desde que eles gostem!

:)

LM disse...

Não achas a imagem ofensiva porque és um tipo superior, e é por isso que te curto tanto.
(E gosto de pensar que sou parecida contigo, modéstia muiiiito á parte.)
A foto lembrou este video

http://www.youtube.com/watch?v=2NhbkYbUMD4&feature=related

,e já em 2002 o grande George dizia "Come on kids, don't be scared
It's a tits and ass world you gotta be prepared."
;)

Rana disse...

A boa publicidade fascina-me porque, para além do que nos transmite, por detrás estão pessoas com muita imaginação e criatividade.
Inteiramente de acordo com a tua opinião.

Cota disse...

há pessoal que vende a alma ao diabo só para estar na moda... o respeito está em vias de extinção

bagaco amarelo disse...

framboesa, mas que tem alguma piada, tem. e só enfia o barrete quem quer. :)

ejsantos, não é genial, não, a publicidade. :)

briseis, lol. :)

eli, lol. de facto... :)

lm, não queiras ser parecida comigo. só perdes. :)

rana, eu tenho sentimentos contrários. gosto de publicidade mas, ao mesmo tempo, sou contra ela. :)

cota, eu até vendo a alma mas para não estar. :)

LM disse...

Ai ai ai ai ai!!
Eu é que sei!
;)

bagaco amarelo disse...

lm, lol. :)

Joana disse...

É verdade que a publicidade continua a ser bastante machista, basta ver os anúncios de certas marcas de cerveja. Mas isso não significa que a maneira de colmatar esse erro seja cometendo outro, humilhando o género masculino...

"Os géneros devem ser iguais no respeito e não no desrespeito"; não poderia estar mais de acordo!

bagaco amarelo disse...

joana, plenamente de acordo, embora para mim o desrespeito da publicidade comece muito antes e é-o por todos nós, ao fazer-nos pagar a própria estratégia de convencimento de um produto ou serviço. :)

Gasosa disse...

Se as pessoas aprendessem a ver as coisas pelo lado humorístico, como tu mencionas,não haveria tanta discussão inútil e viviam mais.
Há coisas que não vale a pena dar crédito, e até acho a mensagem bastante engraçada.
É uma mensagem sexual, não sexista.

bagaco amarelo disse...

gasosa, olha... isso é verdade. :)

Lima e Tequilla disse...

Concordo plenamente com o que disseste...foi mesmo a resposta da marca que estragou tudo...

bagaco amarelo disse...

lima e tequilla, pois foi. mais valia estarem calados. :)