2.13.2009

conversa 1159

Ela - Dás-me a tua morada?
Eu - Tu sabes onde eu moro...
Ela - Mas preciso mesmo da morada. Vou enviar-te um postal.
Eu - Ena, que giro.
Ela - É que tenho lá montes de postais numa gaveta e não tenho coragem de os pôr no lixo.

12 comentários:

Lúcia disse...

loool ok... hoje os meus comentários são muito originais...já disse? LOL

RPM disse...

Ena, bem pensado! Bagaço, dás-me a tua morada?

Cisne Negro disse...

Estou boquiaberto com a subtileza (ou a falta dela) do círculo de mulheres que te rodeia, bagaco :|

Juky disse...

Bela maneira do despachar os postalecos! :)

sara disse...

Por breves instantes tive esperança. Mas já devia estar habituada. É cada tiro, cada melra! ;)

[Ainda assim, confesso, ler as "elas" como ficção torna-se divertido. Gosto destas mocinhas... demasiado francas? Pouco delicadas? Desbocadas?...:P]

Blue Mayfly disse...

Loool... parece que tudo se aproveita. É a crise, a culpa é da crise...

Catarina disse...

Ahahahahah tu tens umas amigas... E um jeitinho para te fazeres de Calimero!!! Mas fazes-me rir, tens umas muito bem apanhadas :-)

bell disse...

Precisa de um intermediário.

bagaco amarelo disse...

lúcia, nem têm que ser. :)

rpm, já sabes onde moro. :)

cisne negro, é tudo uma questão de hábito.:)

juky, e eu já nem recebo postais há tanto tempo... por causa da internet. :)

sara, melhor do que eu. não cheguei a ter esperança. :)

blue mayfly, lol. eu acho que a crise e a consequência e não a causa. :)

catarina, :)

bell, lol. é como eu com a cerveja. sirvo de intermediário entre o balcão e o wc :)

pieces of me (Luna) disse...

se me deres a tua morada posso mandar-te uma caixa com um metro e tal? é que ja nao sei em que gaveta me enfiar.. (maus momentos)

pieces of me (Luna) disse...

se me deres a tua morada posso mandar-te uma caixa com um metro e tal? é que ja nao sei em que gaveta me enfiar.. (maus momentos)

bagaco amarelo disse...

pieces of me (Luna), lol... depois não sei eu onde me enfiar. :)