11.26.2012

respostas a perguntas inexistentes (234)

Por causa da minha cadela ter desaparecido, ontem andei entre as nove e meia da manhã e as onze da noite à procura dela. Com um cartaz na mão, ia perguntando às pessoas que passavam por mim na rua se a tinham visto. Quase todas as pessoas que pararam para realmente olhar para a fotografia, que me pediram o número de telefone para o caso de encontrarem a cadela e me desejaram sorte, eram pessoas que levavam um cão a passear.
Nunca tinha reparado que as pessoas que têm cães formam um grupo com um denominador comum tão forte. Não gostam apenas do seu cão, gostam de todos os cães. Assim, a partir do meio da tarde comecei a perguntar apenas a pessoas que tinham cães. Na Senhora da Hora não são poucas, aquelas que andam com o seu companheiro canino na rua.
Obviamente não estou a dizer mal das pessoas que não têm animais. Eu próprio nunca tive até há bem pouco tempo. Estou a dizer que descobri recentemente esta ligação entre pessoas e que a percebo bem. Perceber bem um certo tipo de ligação entre uns e outros, não é para todos. Houve pessoas que me disseram apenas que não tinham visto a minha cadela, mas todos os que levavam cães pela trela me desejaram sorte. É uma espécie de pancadinha nas costas ou um "eu sei o que estás a sentir".
De facto estou a sentir-me profundamente triste e ainda bem que há pessoas que entendem isso. No Amor, a coisa não é muito diferente. Quando alguém está deprimido porque, por algum motivo, o seu Amor acabou, uns entendem o que se passa, outros não.

25 comentários:

Anónimo disse...

Uma sugestão, talvez um pouco tonta, talvez não...
Já telefonaste para o canil?
EJSantos

Bagaço Amarelo disse...

ejsantos, não é nada tonta... mas ao domingo não há canil. amanhã era para ir para Aveiro e vou ficar em Matosinhos para ver essas possibilidades todas. :)

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

"...Nunca tinha reparado que as pessoas que têm cães formam um grupo com um denominador comum tão forte...."

Não?! Mas tu não tens cão? Não o levas à rua e tens vivido afastado desse "grupo", só pode ser...

Boa sorte na tua busca, e os bebés eram ainda dependentes dela?

Boa sorte, que ela apareça depressa e que esteja bem!!

ass: alguém com cães na família! (no coração se é que me entendes)

Anita Garcia disse...

Como te compreendo... Há dias a minha cadela também me fugiu, assustada com o trabalhar de moto4 que passaram bem longe, mas que ela tem pânico! Perdi-a de vista! Gritei tanto... Ouvia carros a apitar e a travar :( sei que quando a agarrei nos braços, porque ela voltou para trás (se não acho que nunca mais a via...) ia eu caindo para o lado... tremia tanto e chorava como uma desalmada... e ela ali, com aquele ar "que tens tu pah? Tás parva!?? Só fui ali e voltei!"
Compreendo-te perfeitamente e desejo que saibas o que é esta sensação de a recuperar o mais rapidamente possível. Boa sorte! Que tudo corra bem! Fingers crossed.

VerDesperto disse...

Por experiência própria faz um cartaz com uma foto recente da Luna com o teu telefone e cola em pontos cruciais do sitio onde a perdeste e mais alguns alentes metros. Pode ser que alguém a tenha recolhido e não saiba que ela está perdida. vai aos veterinários da zona. Muita gente que recolhe os cães vai ao veterinário ver se tem chip. A cadela tem identificação na coleira? Se não, devia ter Ivan.
O site http://www.encontra-me.org. Praticamente todas as pessoas que têm animais e se interessam por eles estão registados. É muito util este site. Cria um evento no facebook - resulta melhor do que a partilha por amigos.
E por favor não desistas da Luna.

Carmo disse...

E verdade, eu tb só me apercebi disso quando adoptei uma cadela há 4 anos e sempre que posso vou passeá-la no paredão. Quem me sorri e me dirige a palavra são pessoas com cães, ou com crianças que querem tocar na minha bichinha linda.

Antes disso se algum cão se aproximava de mim, era capaz de dirigir uma palavra menos agradavel ao dono. Só porque o cão me vinhar dar uma lambidela.

Figuras tristes, ainda bem que evolui.

Um dia a minha cadela que é muito meiguinha aproximou-se duma senhora que estava sentada num banco a admirar o mar. A senhora disse-me: "tire já daqui a merda do cão". Bom ocorreu-me responder que o cão era um habitante deste Planeta com o mesmo direito de passear no paredão que ela, e que como ela era um ser tb deste Planeta seria tão merda como o meu cão. E segui caminho. Fui impulsiva eu sei :|

Espero sinceramente que a tua companheira apareça rápido.

Verónica Sousa disse...

Já apareceu?

Bagaço Amarelo disse...

maria sem frio nem casa, os bebés comem ração embebida em leite ou agua, mas tem que se lhe dar na boca... :)

anitagarcia, obrigado. :)

verdesperto, ela tinha uma coleira com o número, mas ao fugir conseguiu tirá-la. Tem chip e ando a distribuir cartazes. :)

carmo, a minha cadela assusta-se com quase toda a gente. esse é o problema... :)

Verónica Sousa, não... :)

So_risoIncógnito disse...

É mesmo assim, uns entendem outros nao. Eu como tenho cão em casa e não imagino quando eles desaparecem, desejo-te sorte.
Que a Luna apareça o quanto antes e bem.

Mam'Zelle Moustache disse...

Espero que encontres a Luna o mais rápido possível! Força e não desistas. Há-de aparecer!
Não tenho cão. Nunca tive. Sempre sonhei ter. Entendo perfeitamente o que sente. Acho eu. :)

Fernanda disse...

Nem quero imaginar o que sentiria se tal me acontecesse. Concordo com tudo o que escreveste, de facto quando temos um animal passamos a pertencer a uma Irmandade. Espero sinceramente que a cadelinha apareça o mais rapidamente possível. Boa sorte! :(

Filipa disse...

Vivo na zona!
Já partilhei no meu facebook e tenho andado atenta.
Se é verdade que ela pode andar perto, também pode ter corrido e só parado quando se cansou.
Conheço um cão que fugiu e andou c. de 10 km, mas repararam que ele não sabia andar na rua e levaram-no ao canil. Por sorte tinha chip...

Façam também buscas à noitinha, uma vez que há pouco movimento, e chamando-a pode ser que seja encontrada.
Muito boa sorte!

Bagaço Amarelo disse...

So_risoIncógnito, obrigado. estou a fazer mesmo tudo o que posso e sei... :)

Mam'Zelle Moustache, a acrescentar ao facto de me ter afeiçoado à Luna, há também cinco cachorros aqui em casa que estão à espera dela... :)

fernanda, obrigado. isto, na verdade, serve-me de lição. :)

filipa, já perdi a conta aos quilómetros que fiz a pé pela zona, tanto de dia como de noite. também já colei uns cem cartazes... obrigado. :)

redonda disse...

Espero que ela apareça rapidamente...

Coisas e Cenas disse...

Ela tem chip, certo? Continuo a apostar na 'tese' de que está escondida algures, confusa, assustada, sei lá... Vai aparecer. Tem de aparecer. Gaita para isto. :(

Olga disse...

Estou solidária contigo. Também sei o que é perder um "cãopanheiro". Espero que a encontres depressa. :)

Bagaço Amarelo disse...

redonda, e eu... começa a ser desesperante. :)

coisas e cenas, tem... já alertei todos os veterinários da zona... :)

olga, estou a fazer tudo o que posso. :)

S.o.l. disse...

É desesperante... e uma sensação de impotência tramada...

Veterinários, tenta aí... se ainda não o fizeste.
Dizes nos cartazes que ofereces recompensa? Infelizmente o mundo só se mexe quando acham que vão ganhar alguma coisa com isso. É triste e estupido, mas é verdade. Se houver recompensa até olham para a foto a ver se a veem.

Boa sorte.

Never Told Words disse...

Espero que já tenha aparecido!!!! e percebo bem essa ligação de que fala... Desde que adoptei a minha Bianca que presto muito mais atenção aos cães dos outros...

coisas da Nadya disse...

Eu nao tenho mas ja tive dois que morreram recentemente infelizmente . DEsejo te a maior das sortes . Eu sou da zona , ja foste procurar em direção ao Viso? tem pra lá aqueles jardins e assim , pode ser que tenha andado por lá .


coisasdanadya.blogspot.com


Bagaço Amarelo disse...

s.o.l., não digo porque estou desempregado, mas se calhar terei que ir por aí... vamos ver... :)

neve told words, já aprendi alguma coisa com isto... e também vou prestar. :)

coisas da NAdya, no Viso até já pus anúncios nos postes e numa paragem de autocarro junto ao metro. )

Pintas disse...

Isso é verdade quem tem bichos tem sentimentos comuns e a unica coisa que posso dizer é força!! Se o meu Fusco me fugisse achoque me dava uma coisinha má .

Bagaço Amarelo disse...

pintas, eu não desisto. :)

Fatyly disse...

Tal e qual, muitos não compreendem, mas eu que não tenho cão, entendo perfeitamente.

Só não atino com quem passeia o seu cão e não apanha a merda que vão deixando pelos passeios. Desculpa amigo e vais ver que ela ainda te aparecerá à porta de casa...porque ela sabe bem que tem os filhotes e vai fazer o que te disse anteriormente.

Bagaço Amarelo disse...

fatyly, eu apanho sempre. tenho dezenas de saquinhos para isso. :)