5.21.2012

os adeptos de futebol

Os adeptos de futebol são muito parecidos com as testemunhas de Jeová ou com os operadores de telemarketing, isto é, são uns chatos. Na verdade, eu até acho que são os mais chatos e palermas de todos. As testemunhas de Jeová chateiam-nos porque nos querem salvar a alma, os operadores de telemarketing querem vender-nos robôs de cozinha porque têm que ganhar a vida, os adeptos de futebol é porque gostam de um clube de futebol.
Não há nada mais egoísta do que passar a noite a buzinar um penduricalho qualquer só porque uma equipa qualquer ganhou um jogo. Pior, enchem as redes sociais na internet com fotografias e frases baratas, centram a discussão pública na porcaria dum fora-de-jogo que não foi e devia ter sido, alimentam uma indústria milionária que não produz nadinha.
A má notícia para os adeptos de futebol é que só é assim porque o futebol é fácil, e quem não consegue discutir mais nada porque não chega lá, acaba mesmo a pensar no que é mais fácil e não tem interesse nenhum:  o futebol. Estava tudo bem, desde que não chateassem mais ninguém.
A Rita é uma amiga minha que, a mim não me engana ela, sabe tão pouco do que passa no futebol como eu. Provavelmente sabe os resultados dos jogos porque o marido dela lhos diz. Mais nada. Mesmo assim mandou-me uma dessas frases feitas, com uma imagem azul por trás, a dizer que Ama o Futebol Clube do Porto. Não faltava mais nada do que agora virem dizer que Amam um clube qualquer, que normalmente até já nem é um clube mas sim uma Sociedade Anónima Desportiva, da qual fazem parte vários accionistas que só pensam no valor das suas acções.
Mas percebi. Finalmente percebi. Quem acha que pode Amar um clubezeco qualquer é porque anda mesmo alheado da vida. Tão alheado que nunca se apercebeu do que quer dizer a palavra Amor. Por mim podem continuar assim mas, por favor, não me chateiem.

13 comentários:

PauloSilva disse...

As pessoas nas redes sociais, infelizmente, não têm mais nada de interessante para fazer.

Bom texto! De verdade.

Bagaço Amarelo disse...

paulosilva, obrigado. :)

Liliana Costa disse...

Eu concordo a 100% contigo. Os adeptos ate nem me chateiam muito, mas os fanaticos dao-me comixao. Amam o clube? Amam? mas porque? sao os clubes que precisam de parvos como nos para ir ver os jogos e gerar dinheiro as nossas custas, eles a nos nao nos trazem nada nem produzem nada pro pais.
Va pronto e giro ver os jogos da seleccao ou era giro ver um bom jogo de futebol tal como quem assiste a um match de tenis. Fanatismos, nao obrigado :)

Henrique disse...

"As pessoas nas redes sociais, infelizmente, não têm mais nada de interessante para fazer."

Este comentário não faz sentido. É como dizer que quem escreve cartas ou quem usa o telemóvel não tem mais nada de interessante para fazer. Uma rede social é um meio de comunicação como os outros e, tal como os outros, há quem as use de forma interessante e há quem não as saiba usar.

"Quem acha que pode Amar um clubezeco qualquer é porque anda mesmo alheado da vida."

Na minha humilde mas sincera opinião, quem se acha em posição de educar os outros sobre o que merece a pena Amar é que anda alheado da vida.

Anónimo disse...

Ah, ah, ah! Gostei. Eu gosto muito de um clube de futebol. Mas aquilo que amo fazer é estar com a minha mulher, cozinhar, jantar. Um bom vinho. Treinar. Convivio com amigos.
Ler. Ah, aquilo que amo fazer!
EJSantos

Anónimo disse...

Concordo plenamente

Fatyly disse...

Subscrevo inteiramente tudo o que dizes! Quanto às redes sociais não sei porque não ando em nenhuma.

Miss Keatch disse...

Que injustica...Eu gosto de futebol e nao chateio ninguém... Verdade seja dita, gosto, nao amo, que uma coisas assim tao grande reservo para os quens e quais que me merecem essa atencao toda; mas também nao sou menos por gostar de futebol e nao dou dinheiro nenhum a accionistas marotos que só pensam em dinheiro, gosto do desporto e ponto.

C disse...

Fizeste-me lembrar o pessoal com quem tenho de lidar diariamente no trabalho. Já deixei de ir almoçar às 13h, porque o que devia ser uma hora de almoço sossegada tornou-se num debate em forma de grito sobre foras-de-jogo e afins. N é que eu seja intolerante, um dia ou outro ainda vai. Mas é todos os dias. E exaltam-se mesmo, ficam vermelhos e com as veias do pescoço todas a notar-se.

No outro dia, também à hora de almoço, exaltei-me de igual forma por causa de um colega meu que fez um elogio velado aos partidos neonazis, insinuando que a liberdade de expressão e de associação não tem limites e fazendo, desta forma, gala da sua estupidez da sua ignorância.

Pois o que ouvi desses revoltados da bola, que berram como animais por dá cá aquela palha, foi "que mau feitio" e "pareces doidinha pá, acalma-te".

Não há paciência.
:)

Olga disse...

Assino em baixo.

Bagaço Amarelo disse...

liliana costa, é mais isso, os fanáticos. :)

henrique, faz sentido sim, se soubermos ler o que lá está. :)

ejsantos, é que às vezes perco a paciência... :)

anónimo, obrigado. :)

fatyly, boa. :)

miss keatch, já vi uma ou duas pessoas normais a gostar de futebol, já. :)

c, isso não há mesma paciência. aliás, não deixa de ser interessante como os "descerebrados" da extrema direita se interessam tanto por futebol. :)

olga, :)

O Sexo e a Idade disse...

Amén!

Bagaço Amarelo disse...

o sexo e a idade, :)