5.26.2011

respostas a perguntas inexistentes (153)

bebedeiras

Bebo pelo mesmo motivo que escrevo e talvez pelo mesmo motivo que Amo: para ficar bêbado. São bebedeiras diferentes, as da escrita, da cerveja e do Amor, mas têm em comum a capacidade de me fazer mergulhar na vida da mesma forma que mergulho numa onda dum dia de Verão. Uma bebedeira é isso. Pelo menos é isso que eu quero que ela seja.
Comecei a escrever antes de começar a Amar e comecei a Amar antes de começar a beber. Talvez por isso tenha aprendido a beber da mesma forma que já escrevia e Amava. Devagar. É que um mergulho sabe melhor quando é lento e nos permite sentir o doce abraço da água salgada. É outro toque e outro sabor. Sobre estes três tipos de bebedeiras diria mesmo que não há uma noite melhor que a escrever quando se está sozinho, a Amar quando se está com quem se Ama, a beber quando se está com amigos. Sempre devagar.
É por isso que sou anti-shot. Shot é aquela bebida num copo pequeno que se ingere em menos de um segundo e bate ainda mais depressa. Não mergulhamos, caímos na água sem controle. Viva a cerveja e o vinho, que o choque é antítese da bebedeira por prazer, seja no álcool, no Amor ou na escrita. É, aliás, o Amor que nos ensina isso mais depressa.

15 comentários:

Salsa disse...

Na bebida assim como no amor deve ser sempre com moderação. As coisas que melhor nos sabem são aquelas que mais duram.

Carla Leite disse...

ultimamente tenho andado bêbada... mas não tão bêbada quanto gostaria. nos próximos tempos vou escrever mais, beber mais e amar mais! mas não garanto que seja por esta ordem.

bagaco amarelo disse...

salsa, exacto. :)

carla leite, fazes bem. :)

Cota disse...

Eu bebo por mil razões mas a principal é porque gosto de ficar "bzano"...

Em relação ao Amor não sei como se pode "beber" o Amor com moderação, mas talvez aprenda um dia...
É que as ressacas de Amor são uma merda =S

**Lili** disse...

O problema da generalidade é levar a maior parte da vida à base de shots*

Archipelago 9 disse...

já vi que não és adepto de rapidinhas, hahahah

Anónimo disse...

Gostei:)
abraço, Daniela

CurlyGirl disse...

Identifiquei-me nestas bebedeiras. =)

bagaco amarelo disse...

cota, pois são... por isso é que se deve beber devagar. :)

lili, concordo. :)

archipelago 9, não sou mesmo. :)

daniela, beijinho. :)

curlygirl, óptimo. isso identifica-nos um bocadinho a ambos. :)

Li disse...

Se os portugueses andassem todos bêbedos de amor, tínhamos um país melhor. Eu já estou a contribuír para um país amoroso!

bagaco amarelo disse...

li, boa bebedeira, então. :)

Fatyly disse...

e depois de ler o que escreves...saio daqui "Bêbada"...e quase sempre é o último espaço que leio...para dormir melhor:) e o livro da mesa de cabeceira fica fechado:)

A sério!

bagaco amarelo disse...

fatyly, obrigado. sais bem... :)

Senhor Geninho disse...

Brindo a todas as bebedeiras de espírito! Tchim, Tchim!

bagaco amarelo disse...

senhor geninho, touché. :)