5.22.2011

respostas a perguntas inexistentes (151)

Há lugares que são só lugares e há lugares que são aquilo que vivemos neles. Foi o Amor que me ensinou isto. Sozinho tenho visitado lugares onde gostaria de poder voltar com a Raquel, com a Raquel tenho visitado lugares onde sei que não quero voltar sem ela. Essa é a característica dos lugares mais parecida com as pessoas: nunca são a mesma coisa antes e depois de os conhecermos.

28 comentários:

Drinha disse...

Sem dúvida que os lugares nos marcam por aquilo que vivemos quando estamos ali...ou melhor que sentimos!
Há lugares aos quais sei que não seria capaz de voltar com outra pessoa, não me faz sentido...

Cisne disse...

So true...


Cisne.

Fatyly disse...

Tal e qual...

bagaco amarelo disse...

drinha, :)

cisne, :)

fatyly, :)

Joana Neto disse...

Ora nem mais. É isso tudo.

bagaco amarelo disse...

joana neto, :)

*Lili* disse...

Sem dúvida! Às vezes revolta-me ter de passar constantemente pelo mesmo sitio, porque é o caminho casa faculdade faculdade casa e saber que parei tantas vezes por uma razão que eu diria que valia a pena e agora já não mais existe... Enfim... True enough as usual :)

Helena disse...

Correcto! Só te faltou referir aqueles lugares que ainda queres partilhar com ela. :)

Besta Artista disse...

Olha tens uma cena bué (des)interessante para fazer lá no meu blogue! Gostava de ver as tuas respostas =)

Estudante disse...

Lindo :D

Framboesa (uma diva de galochas) disse...

Eu ainda estou na fase ("ainda" há mais de 13 anos...) em que os lugares têm mais sentido quando ele está lá comigo para experimentar, vivenciar, cheirar, sentir."Ainda" estou na fase em que a dois as coisas ganham uma dimensão maravilhosa.
:-)

m disse...

dito.

bagaco amarelo disse...

lili, mas isso muda. :)

helena, são todos. :)

besta artista, vou lá quando chegar a casa. :)

estudante, :)

framboesa, ainda bem. :)

m, :)

Anónimo disse...

é muito romântica, e limitativa a ideia. se assim for vamos ter que deixar de ir a muitos lugares, o q ue parece redutor

Anónimo disse...

pois até é romantica a ideia, mas sim muito limitativa e nostásgica, o que é deprimente

bagaco amarelo disse...

anónimo, o que importa é conseguir lá voltar. :)

lau-lise disse...

óhhhh! é tão verdade... e vindo de um Homem! Wowowow... :) que romanticoo ehhe... mas é verdade, certos sitios tem o poder de nos trazer memórias fantasticas ou não, segundo a pessoa com quem estivemos lá ou nao ^^

Luna disse...

Há lugares e lugares. Alguns são únicos, mas outros conseguimos dar-lhes novos sentidos com o tempo...
Luna
*

bagaco amarelo disse...

lau-lise, a sério que isto podia vir de qualquer homem... :)

luna, exactamente. :)

Cota disse...

Essa bateu mesmo cá dentro

bagaco amarelo disse...

cota, coincidência do tempo. :)

Malena disse...

Concordo, concordo, concordo!!!! ;)

Soraya Azevinho disse...

oh! adorei!
um dia vou sentir o mesmo, ou semelhante (na mesma onda, vá. oh tu percebeste, ou que se lixe xD) :)

bagaco amarelo disse...

malena, lol. :)

soraya, :)

Teté disse...

que coisa mais linda e mais verdadeira. adorei. que alma sensível.

bagaco amarelo disse...

teté, :)

**Lili** disse...

Não poderia estar mais correcto, e por ser tão simples e tão completo não consigo lembrar-me de nada que possa ser suficientemente digno de se dizer perante tais palavras.

:)

bagaco amarelo disse...

lili, :)